ūüö® O Tempo Est√° se Esgotando: Reserve Seu Lugar no Sorteio e Resgate Recompensas! COMECE AGORA
Aprenda para ganhar recompensas reais

Aprenda para ganhar recompensas reais

Colete Bits, aumente seu Degree e ganhe recompensas reais!

Novo
Cursos de Vídeo
Cursos de Vídeo
Descontinuado
Expanda sua carreira com cursos em vídeo on-line. Mergulhe em sua aventura de aprendizado!
Cap√≠tulo 7:  Trading & Investimentos
Ebr 24, 2023 |
atualizado C'hwe 26, 2024

O Que é Arbitragem de Criptomoedas: Princípios Essenciais

Curiosidade:
Sabia que existem bots de arbitragem que lucram com as diferenças de preços de ativos que existem entre exchanges de criptomoedas, sem a necessidade de interferência humana?
médio
13 minutos

Nesta seção, falaremos sobre como fazer arbitragem de criptomoedas!

Para os recém-chegados, a arbitragem de criptomoedas pode parecer desanimadora, até mesmo assustadora. Mas não há necessidade disso. Depois de entender a essência das coisas, torna-se intrigante. A arbitragem de criptomoedas é sobre ser o mais inteligente e o mais rápido na sala. E você verá que tipos de desafios aguardam aqueles que desejam entrar no território dessa imprevisível estratégia de troca.

Muitas pessoas adiam o aprendizado sobre como fazer arbitragem de criptomoedas simplesmente porque têm medo de não entendê-la. Mas até os profissionais já começaram do zero! E hoje, estou prestes a te apresentar este tema de forma acessível e ajudá-lo a descobrir como ele pode ser cativante!

Nesta seção, vamos dar uma olhada mais profunda não apenas nos fundamentos teóricos da arbitragem de criptomoedas, mas também em comparações e exemplos da vida real. Em seguida, abordarei como encontrar oportunidades de como fazer arbitragem de criptomoedas e quais desafios aguardam aqueles que participam dela.

Sem mais delongas, vamos ao que interessa!

What is Crypto Arbitrage? (Risks & Tips Explained With Animation)

Vídeo Explicativo

Vídeo Explicativo: O Que é Arbitragem de Criptomoedas: Princípios Essenciais

Não curte ler? Assista o vídeo explicativo 'O Que é Arbitragem de Criptomoedas: Princípios Essenciais'

What is Crypto Arbitrage? (Risks & Tips Explained With Animation)

What is Crypto Arbitrage? (Risks & Tips Explained With Animation) What is Crypto Arbitrage? (Risks & Tips Explained With Animation)

O Que é Arbitragem de Criptomoedas?

Então, o que é arbitragem de criptomoedas?

Simplificando, a arbitragem de criptomoedas é uma estratégia de troca. Refere-se a traders que aproveitam as diferenças de preço nos preços dos ativos em diferentes exchanges de criptomoedas. Em termos práticos, significa comprar criptomoedas em algumas plataformas por um preço e vendê-las em outras plataformas por um preço mais alto. A diferença entre os preços é o lucro que os arbitradores de criptomoedas conseguem.

Como fazer arbitragem de criptomoedas: O que é

Que tal um exemplo realista? Imagine o Tony. O verão está chegando, então seus colegas de trabalho começam a falar sobre comprar uma bicicleta nova. Tony sente uma nova oportunidade de lucrar. Então, ele examina o mercado e descobre que há uma loja de bicicletas menos popular, a cerca de 160 quilômetros de distância. E aqui está a questão: as bicicletas são mais baratas por lá, quando comparadas com as lojas locais na área onde Tony mora.

Então, em vez de pagar $ 500 por uma bicicleta localmente, Tony vai até este ponto e compra uma por $ 400. Ele a traz de volta e o vende pelo preço local de $ 500, obtendo assim um lucro de $ 100.

Este é o conceito básico de como fazer arbitragem de criptomoedas, que pode ser aplicado a diversos mercados e setores. É possível até dizer que Tony acabou de participar de uma espécie de “arbitragem de bicicletas”. Agora, troque “bicicleta” por “criptomoedas” e você ficará mais próximo de o que é e como fazer arbitragem de criptomoedas.

Seguindo em frente, vamos para um exemplo relacionado a criptomoedas. Imagine que o Bitcoin está sendo negociado a $ 22.000 na Exchange X e $ 23.000 na Exchange Y. Então, um trader compraria 1 Bitcoin na Exchange X, transferiria para a Exchange Y e venderia. O resultado é um lucro de $ 1.000.

Tenha em mente, porém, que existem custos que não são evidentes à primeira vista. Assim como é essencial pensar nos custos de transporte, armazenamento e impostos ao comprar uma bicicleta, também é importante não esquecer as taxas associadas ao participar da arbitragem de criptomoedas. Mas mais sobre isso mais tarde.

Oportunidades de Arbitragem

A próxima coisa a discutir é a questão de onde e como encontrar oportunidades de como fazer arbitragem de criptomoedas. Se fosse assim tão fácil, todos estariam apostando tudo na arbitragem de criptomoedas. Mas quanto mais você conhece sobre esse estilo de troca, mais você percebe porque definitivamente não é uma estratégia de negociação de criptomoedas para iniciantes.

Então, por que é esse o caso?

Como fazer arbitragem de criptomoedas: CEX

As taxas de exchanges, por exemplo, são suficientes para tornar quase impossível o envolvimento em como fazer arbitragem de criptomoedas em exchanges de criptomoedas centralizadas. As variações de preço de moedas e tokens em diferentes CEXs são pequenas e, ao comprar ativos, transferi-los e vendê-los, você teria que lidar com várias taxas de exchange, o que poderia matar todos os seus ganhos financeiros potenciais.

Portanto, a arbitragem de criptomoedas requer mais foco em algo um pouco mais complexo do que as CEXs. Por exemplo, DEXs ou exchanges descentralizadas.

A propósito, se acha que seu conhecimento sobre CEXs e DEXs pode ser atualizado, verifique esta seção. Ela abrange tudo o que é preciso saber sobre plataformas de exchange de criptomoedas!

Como fazer arbitragem de criptomoedas: DEX

Agora, vamos voltar às oportunidades de arbitragem. Os traders de criptomoedas vão para DEXs porque, geralmente, eles têm pools de liquidez diferentes daqueles das exchanges centralizadas. Isso é importante, pois afeta o preço do ativo pelo qual está sendo vendido na DEX. Assim, diferentes pools de liquidez levam à possibilidade de o mesmo ativo ser negociado a preços diferentes em diferentes DEXs. E preços diferentes significam oportunidades de arbitragem.

Além disso, as DEXs costumam ser menos organizadas e menos monitoradas do que as exchanges centralizadas, o que torna mais provável que surjam diferenças de preços.

E vale ressaltar que, ao contrário das exchanges centralizadas, as exchanges descentralizadas têm maior probabilidade de aplicar comissões mais baixas.

Naturalmente, essas oportunidades não duram muito. Se durassem, todos apenas capitalizariam sobre eles até que os pools de liquidez secassem. Portanto, é preciso um trader de arbitragem habilidoso para identificar essas oportunidades, tomar uma decisão informada e agir rapidamente.

Mas há mais do que apenas exchanges descentralizadas. Outra maneira de procurar oportunidades de arbitragem de criptomoedas é ir para plataformas Peer-to-Peer (ou, mais comumente conhecidas como “P2P”).

Como fazer arbitragem de criptomoedas: P2P

Ao contrário das exchanges de criptomoedas, centralizadas ou descentralizadas, as plataformas P2P permitem que os indivíduos troquem criptomoedas diretamente entre si sem a necessidade de um intermediário. Isso significa que os traders podem realizar negócios por preços diferentes, o que pode criar discrepâncias de preços para o mesmo ativo.

Por outro lado, se acha que aprender mais sobre plataformas P2P não faria mal, certifique-se de verificar esta seção sobre diferentes formas de trocar criptomoedas - isso te ajudará a desenvolver uma melhor compreensão de como fazer arbitragem de criptomoedas também!

Ok, voltando ao assunto. Então, a arbitragem P2P acontece quando um trader encontra um vendedor em uma plataforma P2P oferecendo um criptoativo a um preço menor que a taxa de mercado, o compra e imediatamente vende a mesma criptomoeda em outra plataforma P2P a um preço mais alto.

No entanto, as oportunidades de arbitragem P2P vêm com alguns riscos. Em primeiro lugar, leva tempo para encontrar esses traders que estão dispostos a vender ativos por um preço inferior à taxa de mercado.

Além disso, os traders precisam ser muito rápidos ao identificar tais situações, porque, em momentos de hesitação, outros traders simplesmente agarram essa oportunidade bem na frente de seus olhos.

O risco de fraude em plataformas P2P também deve ser mencionado. É um tipo de acordo um a um, então você nunca sabe que tipo de truque a outra parte está prestes a tirar da manga. Assim, a arbitragem P2P requer cautela extra.

Finalmente, as plataformas de troca P2P costumam ter volumes de negociação mais baixos do que, digamos, exchanges centralizadas ou descentralizadas. Você pode comprar tanto quanto o vendedor oferece, não mais. Isso, portanto, impõe limites aos possíveis ganhos de arbitragem.

Mas há uma grande desvantagem quando se trata de pesquisa manual de oportunidades de como fazer arbitragem de criptomoedas. Isso leva muito tempo. E, quando se trata de localizar, identificar e executar um negócio... Os humanos não podem vencer as máquinas. Se os novos traders confiassem inteiramente em si mesmos, eles logo teriam perdas e se perguntariam “o que há de errado com a negociação de arbitragem em criptomoedas?”.

Claro, os traders de arbitragem inteligentes empregaram tecnologia de ponta para serem imbatíveis neste jogo. Estou falando de bots de arbitragem.

Como fazer arbitragem de criptomoedas: bots de arbitragem

Como o nome sugere, os bots de arbitragem referem-se a programas de troca automatizados projetados com um objetivo específico em mente: aproveitar as diferenças de preços de ativos entre diferentes exchanges de criptomoedas. Se ocorrer uma pequena diferença de preço, é possível ter certeza de que um bot vai detectar mais rapidamente do que a média do operador de arbitragem humano.

Os bots de arbitragem usam algoritmos sofisticados para identificar essas oportunidades e executar trocas de forma rápida e automática, sem a necessidade de intervenção humana. Isso não apenas elimina a necessidade de pesquisa manual, mas também remove o elemento de hesitação. Em muitos casos, a lentidão na tomada de decisões simplesmente resultaria em uma oportunidade perdida de arbitragem. Os bots resolvem esse problema, pelo menos até certo ponto.

Uma vez localizada a diferença de preço, o bot executa o negócio. O dinheiro recém-ganhado vai parar no bolso de quem empregou ou, em muitos casos, criou o próprio bot de arbitragem.

Para colocar as coisas em perspectiva, aqui estão alguns exemplos da vida real de como esses bots podem ser eficientes.

Dmitrii Ushakov, um trader russo, supostamente ganhou US$ 1,8 milhão em lucro em apenas um mês usando bots de arbitragem. Ele usou esses bots precisamente para monitorar as diferenças de preço nos mercados de Bitcoin e Ethereum nas plataformas de exchange.

Ou considere isso: um grupo de traders da Universidade da Califórnia fez fortuna graças aos bots de arbitragem. Eles desenvolveram os bots, os soltaram e, ao longo de vários meses, acabaram com mais de US$ 50.000 no bolso.

Então surgem perguntas. Por que se preocupar em aprender como fazer arbitragem em criptomoedas? Por que não aprender a fazer um bot de arbitragem de criptomoedas sozinho? Por que nem todo mundo está usando? Sim, os traders podem comprar um bot ou dois. Mas, naturalmente, os melhores bots não estão à venda.

Por que vendê-los por dinheiro, quando o próprio bot pode continuar e gerar esse dinheiro por conta própria? É por isso que todos os bots de arbitragem prontos para o mercado são versões diluídas daqueles que não estão à venda.

Desafios e Riscos

No entanto, há algo que conecta todas as formas de comoo fazer arbitragem de criptomoedas. Sejam oportunidades em DEXs, plataformas P2P ou até mesmo acesso a bots de arbitragem, conforme aprende como fazer arbitragem de criptomoedas, você logo começará a perceber: todas elas enfrentam os mesmos desafios. É isso mesmo, a arbitragem de criptomoedas está cheia de obstáculos que podem arruinar até mesmo as chances mais promissoras de ganhar lucro.

Para começar, o mercado de criptomoedas é hipervolátil. Isso significa que as discrepâncias de preços, que são a razão pela qual a arbitragem de criptomoedas é possível, desaparecem rapidamente. E, às vezes, nem mesmo uma ação imediata é suficiente.

Por que? Bem, por exemplo, às vezes, uma ponte entre blockchains, uma solução para trazer tokens de uma blockchain para outra, pode ter problemas técnicos ao processar tais transações. Os tokens podem ficar presos nele, deixando o trader com seu dinheiro pendurado no ar. E o tempo gasto para recuperá-lo resultaria em uma oportunidade de arbitragem desperdiçada, pois as diferenças de preço flutuariam nesse meio tempo.

Como mencionado antes, os ganhos de arbitragem geralmente podem ser eliminados pelas taxas de transação. É por isso que os traders optam por opções mais baratas e mais fáceis de serem encontradas em DEXs ou plataformas P2P. Mas, mesmo assim, o problema das taxas não é totalmente evitado.

Veja bem, cada transação é um evento tributável, na jurisdição do imposto estadual. Isso significa que a negociação de arbitragem de criptomoedas está sujeita à supervisão regulatória, que costuma variar em diferentes regiões do mundo.

Portanto, os traders de diferentes países precisam se certificar de que cumprem todas as leis e regulamentos aplicáveis e que estão cientes dos impostos que terão de pagar sobre todo o dinheiro que estão prestes a ganhar. Se isso for ignorado, tais “taxas inesperadas” podem realmente prejudicar os ganhos de um trader.

Finalizando

Resumindo, como é possível ver, a arbitragem de criptomoedas pode ser uma maneira realmente lucrativa de abordar criptomoedas, e não há uma maneira correta de como fazer arbitragem de criptomoedas. Mas, para executar essa estratégia de troca com sucesso, os traders de criptomoedas realmente precisam intensificar suas habilidades, estar bem preparados, ficar bem informados e ter muita experiência prática e consciência sobre os riscos envolvidos na arbitragem de criptomoedas.