🚨 O Tempo Está se Esgotando: Reserve Seu Lugar no Sorteio e Resgate Recompensas! COMECE AGORA
Aprenda para ganhar recompensas reais

Aprenda para ganhar recompensas reais

Colete Bits, aumente seu Degree e ganhe recompensas reais!

Novo
Cursos de Vídeo
Cursos de Vídeo
Descontinuado
Expanda sua carreira com cursos em vídeo on-line. Mergulhe em sua aventura de aprendizado!
Um Guia para Iniciantes sobre Como Usar Crust Network

Crust Network é um projeto baseado em blockchain preocupado com hospedagem de arquivos e compartilhamento de dados. A rede está focada em fornecer a capacidade de armazenar arquivos a usuários individuais e a opção de hospedar dApps e dados de usuário a desenvolvedores. Neste tutorial, veremos como usar Crust Network e todos os seus principais recursos.

Para ser um pouco mais específico, este tutorial será focado nos donos de CRU token (o token nativo do Crust Network) e entusiastas de criptomoedas que desejam armazenar seus arquivos em uma rede descentralizada e que preserva o anonimato. Embora sem dúvidas haja menções aos recursos do desenvolvedor, esse não será o foco deste artigo.

Se for um novato completo no Crust e não tem ideia de o que é Crust Network, antes de mais nada, você deve começar lendo minha análise dedicada do projeto - é possível encontrá-la aqui. Depois que estiver um pouco mais familiarizado com os conceitos e funcionalidades do Crust, poderá começar a aprender como usá-lo!

Where to Trade Crypto: 3 Best Approaches Explained (Animated)

Did you know?

Quer ficar mais esperto e rico com criptomoedas?

Inscreva-se! Nós publicamos novos vídeos explicativos sobre criptomoedas toda semana!

Where to Trade Crypto: 3 Best Approaches Explained (Animated)

Where to Trade Crypto: 3 Best Approaches Explained (Animated) Where to Trade Crypto: 3 Best Approaches Explained (Animated)

Como Usar Crust Network: O Básico

Para começar, antes mesmo de chegarmos ao “feijão com arroz” da coisa, há alguns pontos que precisamos cobrir para começar a usar o Crust Network em todo o seu potencial. Especificamente, esses pontos incluem criar uma carteira específica, bem como obter um pouco do CRU token. Contudo, discutiremos o último em um momento posterior do tutorial.

Oferta Mais Recente Ativa Nesse Exato Momento:

No entanto, apenas para reiterar algo mencionado na introdução, permita-me dizer: não irei me aprofundar em o que é Crust Network e a quais recursos ele oferece suporte, neste artigo específico. Ao explicar como usar Crust Network, vou presumir que já leu minha análise sobre o projeto - só avisando!

Agora, enquanto certas ações podem ser feitas a qualquer momento, para manter este tutorial "como usar Crust Network" consistente, vamos começar com o processo de criação da carteira.

Como Criar uma Crust Wallet?

O processo de criação da Crust Wallet (carteira Crust, em português) é uma parte crucial do uso desse projeto de criptomoedas, antes de tudo, pois ela será necessária para qualquer coisa que queira fazer no dApp. Se quiser transferir tokens, pagar taxas de armazenamento ou só interagir com a rede, no geral, uma carteira Crust conectada ativa a todo momento será obrigatória.

Vamos ver como criar a carteira primeiro e, em seguida, abordaremos algumas das dúvidas comuns em torno do armazenamento de CRU token.

A Crust Wallet pode ser baixada e instalada como uma extensão do navegador Chrome. Como mencionei na minha análise do Crust Network, há duas maneiras de fazer isso: a abordagem super simples e a amigável ao desenvolvedor. Começaremos com a primeira.

Etapa 1: Primeiro, é preciso visitar a Chrome Web Store e encontrar o aplicativo Crust Wallet nela. Em vez de procurar manualmente pelo aplicativo, você pode clicar aqui. Clique em “Usar no Chrome”.

Como usar Crust Network: adicionando Crust Wallet ao Chrome.

Etapa 2: Após as confirmações, a carteira será adicionada à sua lista de extensões. Clique nela e um novo pop-up será aberto, solicitando que crie uma senha.

Como usar Crust Network: crie uma senha.

Etapa 3: Depois de criar uma senha, você será solicitado a responder se deseja gerar uma nova carteira ou importar uma mais antiga. Como esta é a primeira vez que usa o Crust, escolha a primeira opção.

Como usar Crust Network: processo de geração de carteira.

Agora, o que verá à sua frente é a sua frase inicial. ANOTE ELA E GUARDE COM SEGURANÇA! Esta é a informação mais importante associada à sua carteira - se perder sua senha, sua frase inicial será a única maneira de recuperar sua carteira!

Também será preciso criar um apelido para si. Mas, lembre-se que, mais tarde, depois de criá-lo, não é possível alterar esse apelido!

Etapa 4: Depois de criar um apelido e anotar sua frase inicial, é basicamente isso: você será redirecionado para o painel da sua carteira, onde poderá começar a trocar CRU token, bem como interagir com o Crust Network, no geral.

Como usar Crust Network: painel da Crust Wallet.

Portanto, é óbvio que o processo de criação da carteira é bem simples e lembra carteiras como MetaMask (exceto talvez a parte de criação do apelido). Contudo, existe um método alternativo para criar a carteira: criando ela com um pacote de instalação.

Primeiro, é preciso baixar e descompactar o pacote de instalação - vai encontrá-lo aqui. Com o navegador Chrome aberto, será preciso digitar “​​chrome://extensions/” na barra de pesquisa e pressionar “Enter”.

No canto superior direito da página, verá a opção de “Modo do Desenvolvedor” - clique nele e escolha “Carregar sem compactação”. Tudo o que resta fazer agora é escolher a pasta e instalar a carteira - é isso! 

Agora, vamos abordar uma pergunta comum que as pessoas que desejam aprender como usar Crust Network têm - uma questão relacionada ao armazenamento de tokens.

Como usar Crust Network: trocando CRU por ETH no Uniswap.

Na Wiki oficial do Crust, a equipe afirma que a carteira NÃO oferece suporte ao CRU token baseado no padrão de token ERC-20. Então, em outras palavras, se comprar tokens CRU pela, digamos, carteira MetaMask (na Uniswap ou qualquer outra exchange que ofereça suporte ao CRU) e enviá-los para a carteira Crust, eles francamente desaparecerão. Observe que, de uns tempos para cá, também é possível comprar o CRU tokens via Gate.io e SWFT.

Então… A carteira oferece suporte a quais tokens?

Bem, é muito simples, na verdade. O Crust opera por conta própria em uma rede nativa chamadaRede Principal (mainnet) do Crust Network”. Além disso, também oferece suporte à rede de teste Maxwell. Em essência, os tokens CRU baseados na rede principal do Crust Network serão compatíveis com a Crust Wallet enquanto tokens baseados no ETH não. Porém, os tokens localizados na rede principal (mainnet) ainda podem ser conectados ao ERC-20.

Resumindo, ao aprender como usar Crust Network, deve estar ciente de que a Crust Wallet só oferece suporte a tokens CRU baseados na rede principal. Agora que criou sua carteira, este é o momento perfeito para falar do armazenamento de arquivos da plataforma.

Como Usar Crust Files?

O Crust Files é uma parte do Crust Network onde os usuários armazenam seus arquivos pessoais próprios. A equipe se refere a ele como o “primeiro armazenamento pessoal da Web 3.0”, sugerindo sua natureza descentralizada e de preservação do anonimato.

Se estiver apenas procurando armazenar alguns arquivos de forma a preservar os dados, então o Crust Files será o local do Crust Network onde vai passar a maior parte do seu tempo. Dito isso, certifique-se de estudar como usar Crust Network por completo, já que é provável que queira usar muitos outros recursos além deste!

Etapa 1: Primeiro, é preciso visitar o site oficial do Crust Files - de novo, pode encontrá-lo aqui. Quando estiver na página inicial, verá uma variedade de diferentes carteiras de criptomoedas que podem ser usadas para fazer login. Como acabamos de criar a Crust Wallet, vamos usá-la, mas também pode optar por fazer login com MetaMask, WalletConnect, uma das várias carteiras Web 3.0 e assim por diante.

No entanto, lembre-se de que, se optar por fazer login no Crust Files com carteiras de terceiros, só poderá usar os recursos de armazenamento padrão da plataforma. Se quiser a funcionalidade Premium, precisará estar logado com sua carteira Crust.

Como usar Crust Network: página inicial do Crust Files.

Etapa 2: Após confirmar seu login com sua Crust Wallet, será imediatamente solicitado que crie outro apelido - desta vez, para sua conta no Crust Files. Mais uma vez, este apelido não pode ser alterado e será vinculado à sua conta. Então, crie com cuidado!

Como usar Crust Network: escolhendo um apelido.

Etapa 3: Depois de inserir seu apelido e confirmá-lo, você será direcionado para a página inicial do Crust Files. É aqui que todo o upload e armazenamento dos seus arquivos vai acontecer!

Como usar Crust Network: página inicial do Crust Files.

Uma coisa que vai notar quase de imediato é que existem dois tipos de contas de usuário - uma versão de teste do Crust e uma Premium. Para atualizar para uma conta Premium, será preciso depositar alguns tokens CRU em sua carteira - falaremos mais sobre isso mais tarde.

A boa notícia aqui para quem está pesquisando como usar Crust Network é que tudo na plataforma é bem simples de navegar. Na página atual, você pode começar a enviar arquivos públicos - esses arquivos serão visíveis por qualquer pessoa, já que não serão criptografados após o upload.

Usuários Premium poderão começar a enviar arquivos para seu próprio Cofre pessoal. Cada arquivo carregado aqui será criptografado com uma chave armazenada localmente e só você terá acesso ao que enviar. Em um futuro próximo, o Crust pretende lançar o SecureShare - um serviço que vai permitir aos usuários compartilhar seus arquivos com outras partes de maneira privada e segura. As pessoas poderão pagar com ETH para visualizar os arquivos compartilhados e, assim, os usuários poderão lucrar com isso.

Na guia “Configurações”, é possível visualizar as informações do seu perfil, bem como exportar e importar sua conta (para alternar entre navegadores ou dispositivos) e até mesmo vincular um endereço de airdrop ao seu perfil para possíveis quedas futuras. Massa!

Como usar Crust Network: use as informações do perfil.

A seguir, Share-and-Earn ou, em português, Compartilhe-e-Ganhe. Esta seção gira em torno das várias recompensas que pode receber compartilhando os arquivos do Crust com seus amigos. Existem três programas de recompensas, no total: bônus por convite, Lucky Newbie e o Grand Draw. Cada seção tem instruções detalhadas sobre como entrar para ganhar algumas recompensas em CRU token!

Como usar Crust Network: programas de recompensa.

Por fim, também é possível explorar os benefícios de se tornar um usuário Premium, bem como obter alguns tokens CRU. Esses benefícios incluem criptografia de ponta a ponta, mais espaço, armazenamento permanente, suporte a arquivos maiores, airdrops e assim por diante.

Como usar Crust Network: atualizando para Premium.

Antes de chegarmos ao processo de aquisição de token, vamos explorar como usar Crust Files para todas as suas necessidades de upload de arquivos.

Etapa 4: Na seção “Home” do seu painel, clique em “Público” e depois em “Upload” na nova página que se abre. Aqui, é possível selecionar o arquivo que deseja enviar para a rede, via IPFS. Lembre-se de que os arquivos enviados por usuários com conta de teste são públicos e disponíveis para acesso e visualização de qualquer um!

Etapa 5: Depois de selecionar seu arquivo, você pode ajustar algumas configurações adicionais, como a criptografia (reservado para usuários Premium).

Como usar Crust Network: fazendo upload de um arquivo no Crust Files.

Passo 6: Depois de confirmar o upload do arquivo e assiná-lo com sua Crust Wallet (vai aparecer um pop-up solicitando a assinatura), seu arquivo será carregado em breve e ficará visível em sua página pessoal.

Como usar Crust Network: um arquivo público.

Etapa 7: A partir daqui, é possível escolher compartilhar o arquivo (com um CID de arquivo exclusivo do Crust FILes), executar uma verificação IPFS (outro aplicativo baseado no Crust) e assim por diante. O processo inteiro de upload do arquivo é muito fácil de usar e intuitivo e não deve causar nenhuma confusão.

Como usar Crust Network: compartilhando seu arquivo armazenado no Crust.

O processo de compartilhamento de arquivos é muito direto e pode ser feito só copiando o link do CID e enviando para seu amigo. Observe que, caso seu amigo se torne um usuário Premium na plataforma Crust Files (através de seu link de referência com seu apelido), você receberá recompensas em CRU token também!

Como Conseguir o CRU Token?

Em minha análise dedicada do Crust Network, fiz um esforço para elaborar sobre como o token CRU atua como um utilitário e uma ferramenta de governança na rede em questão. Bem, o aspecto utilitário é bem evidente com Crust Files: os donos de tokens podem se tornar usuários Premium e desbloquear a lista completa de recursos que o projeto armazenamento de arquivos e de compartilhamento tem a oferecer.

Dito isso, conforme descobre como usar Crust Network, a aquisição de tokens, sem dúvida, se torna um dos maiores aspectos que precisa conhecer e dominar. Então, vamos pegar alguns tokens CRU!

Etapa 1: Supondo que ainda esteja em seu painel, no site oficial do Crust Files, navegue para a seção “Obter Token CRU” ("Get CRU"). Isso vai abrir uma nova guia em seu navegador.

Etapa 2: Agora, é aqui que toda a mágica acontece. Contudo, como pode perceber de imediato, duas carteiras serão necessárias para conseguir token CRU: a Crust Wallet que já instalou e uma carteira MetaMask com um pouco de ETH.

Como usar Crust Network: o serviço de troca de token SWFT.

Dado que este é um tutorial sobre como usar Crust Network, e não sobre todas as minúcias de o que é Crust Network, não vou entrar em detalhes sobre como instalar o MetaMask e depositar Ether nele. Em vez disso, você pode dar uma olhada em nossa análise do MetaMask dedicada, bem como descobrir todas as diferentes maneiras de obter ETH para depositar na carteira.

Em outras palavras, à medida que avançamos, presumirei que já possui uma extensão de navegador da carteira MetaMask e algumas moedas Ether nela para começar.

Etapa 3: Essencialmente, o que é preciso fazer aqui é simples: conectar sua carteira MetaMask ao SWFT (a página de exchange de tokens em que está agora) e, em seguida, escolher a quantidade de ETH que deseja trocar. Ele exibirá quantos tokens CRU vai receber, para que você possa ajustar o número ao seu gosto.

Como usar Crust Network: trocando ETH por tokens CRU.

Etapa 4: Agora, tudo o que precisa fazer é inserir o endereço da carteira Crust. Como já tem a carteira instalada, é só navegar até ela através da seção de extensão do navegador e clicar no endereço na parte superior - isso será copiado automaticamente para a área de transferência.

Como usar Crust Network: confirmando a aquisição do token.

Certifique-se de que o endereço copiado está correto - se o seu sistema estiver comprometido e você tiver algum tipo de keylogger, pode alterar o endereço de recebimento ao colá-lo na página de exchange!

Etapa 5: Depois de confirmar a transação, assumindo que fez tudo certo, é possível receber tokens CRU em sua Crust Wallet em breve! É isso - agora você é dono do token CRU!

O processo de aquisição de token pode ser bem simples ou pode ser uma das partes mais complicadas de como usar Crust Network. Na verdade, tudo depende de sua experiência anterior com exchanges e carteiras de criptomoedas, bem como se já possui ou não uma carteira MetaMask com um pouco de ETH.

Agora, lembre-se também de que é possível adquirir (comprar, trocar) token CRU em algumas exchanges diferentes (centralizadas e descentralizadas). A lista de plataformas compatíveis pode ser vista na parte inferior da página de swap.

Como se Tornar um Usuário de Armazenamento no Crust Network?

Até este ponto do tutorial “como usar Crust Network”, abordamos o processo de criação da Crust Wallet, aquisição de token CRU e como pode começar a usar o Crust Files para todas as suas necessidades de armazenamento e compartilhamento de arquivos.

Mas, e se eu te dissesse que existe uma rota alternativa - uma que permitiria que participar da mineração e do staking do Crust Network, tornando-se um nó validador na rede principal de fato do projeto?

Reconheço que conceitos como staking do Crust Network são um pouco mais especializados e “técnicos” - eles são voltados para desenvolvedores que desejam começar a ganhar token CRU dedicando seus recursos de hardware para o ecossistema. Isso não é algo que abordaremos neste tutorial - em vez disso, permita-me dizer como pode começar a hospedar arquivos na rede de fato!

Como usar Crust Network: votação de referendo (sobre propostas).

Por que fazer isso, se existe o Crust Files? Bem, é certo que se tornar um usuário de armazenamento no Crust Network é um pouco mais complicado do que na plataforma do Crust Files. Contudo, mais uma vez: se tiver interesse em eventualmente começar a fazer staking na rede e se envolver com sua funcionalidade DAO (mais sobre este ponto na análise do Crust Network), este é o caminho certo!

Além disso, o Crust Files é mais um projeto orientado à Web 3.0 e ao Metaverso, enquanto o armazenamento de arquivos no Crust Network vai permitir que armazene seus dados no IPFS, por meio da rede segura e descentralizada que o Crust fornece.

Observe que, para fazer upload de arquivos no Crust Network (tornar-se um usuário de armazenamento), será preciso ter um pouco do token CRU em sua carteira - cerca de 1-2 tokens CRU devem ser suficientes. As taxas de armazenamento na rede também são muito baixas: cerca de US$ 0,001051 por GB, por ano.

Etapa 1: A primeira coisa que é preciso fazer é ir para o Crust Apps - você pode fazer isso navegando até a página inicial do Crust Network e, em seguida, clicando em “Começar” e “Crust Network” na parte superior do menu.

Como usar Crust Network: navegando para Crust Apps.

Etapa 2: Depois de se conectar à seção do aplicativo, será preciso fazer login em sua conta. Como já tem uma carteira Crust criada (e a extensão instalada), podem solicitar que faça o login automaticamente ao entrar na página do aplicativo.

Etapa 3: Deixando a mineração e o staking do Crust Network de lado, navegue agora para o “Storage” na parte superior da página e clique em “Storage User”.

Como usar Crust Network: usuário de armazenamento.

Etapa 4: A página que se abre oferece duas opções: vá para o painel do usuário de armazenamento no Crust Network por meio de um gateway recém-lançado (que é definitivamente a opção recomendada) ou via IPFS, se tiver o serviço instalado em sua área de trabalho.

Como usar Crust Network: gateway VS IPFS.

Como estamos tentando fazer as coisas da maneira mais simples possível, vamos escolher a opção de gateway. Dito isso, se for um desenvolvedor, poderá achar a rota IPFS mais acessível. Além disso, o IPFS pode ser usado para fazer upload de arquivos maiores, de até 32 GB.

Etapa 5: Aqui, é possível selecionar o gateway através do qual gostaria que seu arquivo fosse importado - o gateway padrão funcionará bem por enquanto, mas depois que pegar o jeito, você pode alterar as configurações para otimizar seus uploads.

Como usar Crust Network: painel de armazenamento.

Clique no grande botão laranja “Upload” e selecione o arquivo que deseja enviar para a plataforma.

Etapa 6: Depois de escolher uma conta (ou apenas deixar a padrão) e assinar o upload com sua carteira (digite a senha da carteira quando solicitado), verá a tela de pedido.

Como usar Crust Network: confirmação do pedido.

Este pop-up contém o CID do seu arquivo (código de identificação exclusivo), seu tamanho, duração de armazenamento, assim como o preço que é preciso pagar para fazer o upload. O preço é pago na forma de token CRU - é por isso que eu disse que precisa ter um pouco de CRU em sua carteira para se tornar um usuário de armazenamento!

Etapa 7: Depois de confirmar o pedido e pagar a taxa de upload (que dependerá principalmente do tamanho do seu arquivo), não deve demorar muito para aparecer no seu painel. Depois que seu pedido for finalizado, é isso: você agora é um usuário de armazenamento no Crust Network!

Sem dúvidas, aprender a usar os serviços de armazenamento de arquivos do Crust Network pode parecer intimidador, se estiver apenas começando. Dito isto, tudo só depende de quão bem você conhece o espaço de criptomoedas - se usou carteiras de criptomoeda antes e sabe como transferir tokens de uma carteira para outra, não deve enfrentar problemas ao usar esses recursos da rede.

Sendo esse o caso, é claro que, se estiver interessado em utilizar todo o espectro de serviços disponíveis na rede principal do Crust Network - coisas como staking e mineração do Crust Network, tornar-se um validador, etc. -, tudo fica muito mais complexo. Esses recursos, porém, são voltados principalmente para desenvolvedores que já trabalharam com tecnologia de blockchain da Web 3.0 antes e estão familiarizados com Polkadot, JavaScript e tecnologias semelhantes.

Para o indivíduo comum que está apenas com intenção de armazenar e compartilhar arquivos de maneira descentralizada, tudo o que falamos neste tutorial deve ser suficiente!

Conclusões

O Crust Network é, sem dúvidas, uma das ferramentas mais interessantes e úteis da tecnologia Web 3.0 disponíveis no mercado. Sua proposta de valor exclusiva inclui armazenamento e compartilhamento de dados do usuário, de maneira descentralizada e preservando o anonimato. Não importa quem você é, há um valor óbvio a ser visto em uma tecnologia como esta!

Muitas vezes, porém, a tecnologia de criptomoedas avançada pode assustar usuários em potencial e palavras da moda específicas do setor de criptos não se dão bem com quem está apenas começando a entender como esse setor funciona.

Neste tutorial sobre como usar Crust Network, verificamos tudo, desde o básico (criar uma Crust Wallet e depositar nela tokens CRU), até a funcionalidade mais avançada do projeto (como usar Crust Files e tornar-se um usuário de armazenamento na rede). Até agora, espero que tenha notado que as coisas não são necessariamente tão difíceis quanto parecem à primeira vista!

O Crust é um projeto em constante evolução que recebe atualizações e mudanças frequentes. Isso, por sua vez, significa que, com o tempo, ele deve se tornar ainda mais fácil e simples de usar. Aspectos como esses são muito importantes quando dá uma olhada na funcionalidade de staking do Crust Network e em recursos semelhantes de ponta disponíveis no ecossistema!

Tudo isso dito, obrigado por ler meu tutorial de “Como Usar Crust Network”! Não se esqueça de ler a análise do Crust Network caso queira saber mais sobre o que é Crust Network, se ainda não leu, e boa sorte com os empreendimentos de criptomoedas que estão por vir!

Sobre os Especialistas e Analistas do Artigo

Por Aaron S.

Editor Chefe

Tendo concluído um mestrado em Economia, Política e Cultura para a região do Leste Asiático, Aaron escreveu artigos científicos com uma análise comparativa das diferenças entre o capitalismo ocidental nos EUA e as formas Coletivas japonesas, entre...
Aaron S., Editor Chefe
Tendo concluído um mestrado em Economia, Política e Cultura para a região do Leste Asiático, Aaron escreveu artigos científicos com uma análise comparativa das diferenças entre o capitalismo ocidental nos EUA e as formas Coletivas japonesas, entre 1945-2020.
Com quase uma década de experiência na indústria FinTech, Aaron entende todos os maiores problemas e lutas que os entusiastas da cripto enfrentam. Ele é um analista apaixonado que se preocupa com conteúdo baseado em dados e fatos, bem como como que dis respeito aos tanto aos nativos da Web3 quanto aos recém-chegados ao setor.
Aaron é a pessoa indicada para tudo e qualquer coisa relacionada a moedas digitais. Com uma enorme paixão por blockchain e educação Web3, Aaron se esforça para transformar o espaço que conhecemos e torná-lo mais acessível para iniciantes.
Aaron foi citado por vários meios de comunicação estabelecidos e também é um autor publicado. Mesmo durante seu tempo livre, ele gosta de pesquisar as tendências do mercado e procurar a próxima supernova.

Vídeos e Notícias de Criptomoedas Mais Recentes


3 Melhores e Mais Populares Códigos de Cupons

Verificado

CLAIM $600 REWARD

Exclusive Binance Referral Code
Classificação 5.0
Verificado

UP TO $30,000 BONUS

Get Bybit Referral Code Reward
Classificação 5.0
Verificado

CLAIM 10% DISCOUNT

On Ledger Nano S Plus 3-Pack
Classificação 5.0

Deixa o seu comentário honesto

Deixe sua opinião genuína e ajude milhares de pessoas a escolher a melhor exchange de criptomoeda. Todos os comentários, positivos ou negativos, são aceitos, desde que sejam honestos. Não publicamos feedback tendencioso ou spam. Então, se você quiser compartilhar sua experiência, opinião ou dar conselhos - o espaço é seu!

Questões Frequentes

O que é Crust Network?

O Crust Network é um serviço de armazenamento e compartilhamento de dados. Ele opera em sua própria rede principal, possui funcionalidade cross-chain graças às suas integrações Polkadot e permite que indivíduos armazenem e compartilhem arquivos publicamente, bem como em particular (via IPFS). Se estiver se perguntando o que é Crust Network, em um sentido mais geral, vale ressaltar que o projeto também possui funcionalidade de mineração (staking) e permite que os usuários se tornem nós validadores na rede.

É possível compartilhar arquivos com seus amigos no Crust Network?

Sim, é possível! Além da mineração, staking e recursos de armazenamento de dados do Crust Network, os usuários podem compartilhar seus arquivos carregados com a ajuda de CIDs exclusivos. Se quiser compartilhar seu arquivo, será preciso enviá-lo para o ambiente do Crust Files e, em seguida, clicar em "Compartilhar" - você receberá um CID exclusivo e, se seu amigo acessar e se tornar um usuário Premium do Crust, você recebe um bônus de indicação também!

Como escolher a melhor exchange de criptomoedas?

Ao escolher a melhor exchange de criptomoeda , você deve sempre se concentrar em manter um equilíbrio entre os recursos essenciais que todas as principais exchanges de criptomoeda devem ter e aquelas que são importantes para você, pessoalmente. Por exemplo, todas as melhores exchanges devem possuir recursos de segurança de alto nível, mas se você deseja negociar apenas as principais criptomoedas, provavelmente não se preocupa muito com a variedade de moedas disponível na exchange. É tudo uma situação caso a caso!

Qual exchange de criptomoedas é a melhor para iniciantes?

Ao ler várias das melhores análises de exchanges de criptomoeda online, você notará que uma das coisas que a maioria dessas exchanges têm em comum é que elas são muito simples de usar. Enquanto algumas são mais diretas e mais acessíveis para iniciantes do que outros, você não deverá encontrar nenhuma dificuldade com nenhuma das exchanges mais bem cotadas. Dito isso, muitos usuários acreditam que a KuCoin é uma das exchanges mais simples do mercado atual.

Qual é a diferença entre uma exchange de criptomoedas e uma corretora?

Em termos leigos, uma exchange de criptomoedas é um lugar onde você encontra e negocia criptomoedas com outra pessoa. A plataforma de exchange (ou seja, a Binance) atua como um intermediário - conecta você (sua oferta ou solicitação) à outra pessoa (o vendedor ou o comprador). Com uma corretora, no entanto, não há “outra pessoa” - você apenas negocia suas criptomoedas ou moeda fiduciária com a plataforma em questão, sem a interferência de terceiros. Ao considerar as classificações de exchange de criptomoedas, no entanto, esses dois tipos de negócios (bolsas e corretoras) são normalmente incluídos no termo - exchange. Isso é feito por uma questão de simplicidade.

Todas as melhores exchanges de criptomoedas baseadas nos Estados Unidos?

Não, definitivamente NÃO! Embora algumas das principais exchanges de criptomoedas sejam, de fato, baseadas nos Estados Unidos (ou seja, KuCoin ou Kraken), existem outros líderes da indústria muito conhecidos que estão localizados em todo o mundo. Por exemplo, a Binance está sediada em Tóquio, no Japão, enquanto a Bittrex está localizada em Liechtenstein. Embora haja muitos motivos pelos quais uma exchange preferiria ser baseada em um local em vez de outro, a maioria delas se resumem a complexidades de negócios e geralmente não têm efeito sobre o usuário da plataforma.

binance
×
Verificado

$600 WELCOME BONUS

Earn Huge Exclusive Binance Learners Rewards
Classificação