Como Montar um Rig de Mineração: o Que Saber Antes de Começar

Se você gostava de jogar jogos de arqueologia quando era criança e os vídeos DIY são aparições comuns na sua lista de reprodução do YouTube, então você veio ao lugar certo. Hoje vou falar sobre todas as diferentes maneiras de como montar um rig de mineração.

Os rigs de mineração podem parecer complicados no início, mas quando você os analisa de perto, acabam não sendo tão complicados assim. Neste guia, cobriremos os elementos mais básicos sobre rigs de mineração: seus componentes (e quais os melhores fabricantes de componentes), como eles funcionam, as melhores ideias de posicionamento e assim por diante.

Mas se além disso você quiser investir em criptomoedas, você deveria conferir plataformas como a Coinbase, a Binance e a Coinmama.

Começaremos com as definições e seguiremos a partir daí. 

Tipos de Rig de Mineração

Assim como as carteiras de criptomoedas, existem três tipos diferentes de plataformas de mineração:

  • CPU. As plataformas de mineração de CPU utilizam processadores para “minerar” dados do blockchain. Esses são equipamentos muito simples e baratos - a maioria das pessoas, quando falam sobre mineração de CPU, querem dizer que mineram criptomoedas direto do seu computador. Isso tem suas vantagens e desvantagens (muito mais da segunda).

A mineração de CPU está se tornando cada vez mais impopular com o passar dos anos. Existem muitos fatores que contribuem para a ideia por trás disso, no entanto, um dos maiores é o preço. A mineração de CPU é muito cara e desajeitada - suas contas de eletricidade vão disparar às alturas, enquanto seu computador pode superaquecer a qualquer segundo se você não aplicar o resfriamento adequado.

A principal vantagem do método de mineração de CPU é a disponibilidade. Você pode baixar alguns programas (mais sobre eles mais tarde) para seu computador ou notebook (embora usar notebooks para minerar criptomoedas seja altamente desaconselhável) e começar a minerar criptomoedas imediatamente. Pessoas que não querem investir muito (ou nenhum) dinheiro favorecem a mineração de CPU porque ela requer esforço zero.

  • GPU. Os rigs de mineração de GPU são os favoritos absolutos entre quem procura saber como montar um rig de mineração. Eles estão definitivamente entre os métodos de cripto mais populares por aí - qualquer um, desde um minerador solo até grandes corporações, quando possuem uma fazenda de mineração, tendem a usar rigs de GPU. Os rigs de mineração de GPU utilizam GPUs de placa gráfica para extrair dados do blockchain.

Como Montar um Rig de Mineração: mineração de GPU.

Eles podem ser rigs dedicados ou simples - rigs de mineração dedicados são construídos com o único propósito de minerar criptomoedas, enquanto rigs de mineração simples são dispositivos usados ​​para outras finalidades, realizando a mineração de criptomoedas apenas em paralelo (por exemplo, computadores de desktop). As pessoas adoram os rigs de mineração de GPU por sua utilidade - essas plataformas fazem o trabalho e o fazem com maestria. 

Naturalmente, para obter os melhores resultados, você teria que usar a quantidade máxima de GPUs disponíveis, mas mesmo com o mais simples dos equipamentos, o resultado seria perceptível. Apesar disso, os rigs de mineração de GPU têm algumas desvantagens que qualquer pessoa que está procurando saber como montar um rig de mineração deve saber.

A maior desvantagem é o preço. As placas gráficas tendem a ser bastante caras (especialmente se você estiver almejando a melhor das melhores), então o investimento inicial que você pode ter que fazer pode ser muito significativo. Elas também exigem manutenção - muito resfriamento, muita eletricidade para abastecimento, cuidados gerais, etc.

  • ASIC. ASICs, ou Circuitos Integrados de Aplicação Específica, são dispositivos especiais projetados com um propósito específico em mente. Esses dispositivos são a tendência atual quando falamos de plataformas de mineração de criptomoedas. Alguém que está procurando saber como montar um rig de mineração deve saber que, embora não sejam plataformas, de fato, as ASICs são peças de maquinário dedicadas que você pode comprar e configurar para minerar criptomoedas para você.

Elas são muito populares, o que as torna extremamente raras. Se ganhar dinheiro com criptomoedas é seu único objetivo, então as ASICs são a escolha perfeita. No entanto, se você se preocupa com o ecossistema que é o mundo cripto, talvez você deva pensar duas vezes.

Como Montar um Rig de Mineração: fazenda de mineração.

Por serem poderosas, as ASICs têm a reputação de afetar o bem-estar das criptomoedas e desequilibrar os mineradores que usam outros tipos de equipamentos. Por essas razões, as ASICs foram recentemente alvo de um alto nível de controvérsia que gerou um grande impacto na comunidade de mineração de Ethereum e continua a ecoar pelo mundo cripto.

Esses são os três tipos de rigs de mineração mais usados. Embora as informações possam variar, o mais popular dos três é o de GPU, seguido pelo de ASICs e de CPU, nessa ordem. 

Agora que você tem uma ideia geral sobre os principais tipos de rig de mineração e seus prós e contras, podemos passar para o tópico principal - como montar um rig de mineração?

Como Montar um Rig de Mineração?

Digamos que, ao pensar em como montar um rig de mineração, você está pensando em uma GPU. ASICs são dispositivos completos por si só (eles não exigem nenhuma construção prévia da sua parte), enquanto os rigs de CPU são construídos da mesma maneira que os de GPU, com seu componente principal sendo o único diferenciador.

Coisas para se Ter em Mente

Então, como montar um rig de mineração? Bem, em primeiro lugar, você deve saber o que levar em consideração ao escolher as peças do seu equipamento.

Naturalmente, há algumas coisas para se ter em mente, mas as principais provavelmente são a taxa de hash e o consumo de energia.

A taxa de hash define o quão poderoso é o seu equipamento. É uma maneira de saber quantos cálculos seu equipamento pode realizar em um segundo. Quanto maior a quantidade, melhor. Mas, naturalmente, altas taxas de hash significam alto consumo de energia, o que, por sua vez, resulta em uma conta alta de eletricidade. Para quem está pensando em como montar um rig de mineração, este deve ser um fator importante a se levar em consideração.

Como Montar um Rig de Mineração: mineração de criptomoedas.

O consumo de energia é outro fator importante a se considerar ao pensar sobre como montar um rig de mineração, e algumas pessoas tendem a desconsiderá-lo. Você nunca deve deixar a ilusão de que "eu comprei os componentes do meu rig de mineração, o que significa que os gastos chegaram ao fim" entrar em sua cabeça. Os gastos com energia da mineração podem não apenas se igualar aos seus lucros, mas até mesmo excedê-los e deixá-lo completamente sem dinheiro e em dívidas.

Ao escolher seu hardware, sempre tente encontrar um equilíbrio perfeito entre a potência de um componente e o consumo de energia.

Por fim, não entre no primeiro site que encontrar e compre tudo o que aparece na sua tela quando você pesquisar no Google “melhor hardware para construir um rig de mineração”. Com um pouco de pesquisa, você pode encontrar os mesmos componentes muito mais baratos. Seja inteligente - a mineração de criptomoedas é um negócio competitivo, então cada real importa!

Por falar em hardware, você deve saber que é crucial obter uma carteira de hardware confiável para proteger suas criptomoedas. Algumas das opções recomendadas incluem a Ledger Nano X e a Trezor Model T.

Componentes

Vamos dar uma olhada geral nos componentes que você precisa para montar um rig de mineração.

Geralmente, o que você procura são as seguintes partes:

  • Placa-mãe. Este é um dos principais componentes do seu equipamento. Geralmente, uma placa-mãe determina o resto das suas peças no equipamento (ou, em outras palavras, determina a compatibilidade do equipamento). Ao escolher uma placa-mãe, se for o primeiro item que você está procurando, sempre verifique as placas gráficas com as quais ela funciona bem.
  • Placa(s) gráfica(s). As GPUs são uma parte essencial do seu equipamento. Elas determinam se sua plataforma de mineração será de primeira ou de má qualidade. As duas principais empresas que produzem e vendem placas de vídeo de primeira linha são a Nvidia e a AMD. Ao escolher seus cartões, lembre-se de verificar online se eles são adequados para mineração de criptomoedas. Lembre-se, porém, de que uma boa plataforma deve ser feita de várias ou mais GPUs - planeje seus fundos e outras compras de acordo ao pensar em como montar um rig de mineração.
  • Fonte de energia. A fonte de alimentação que você terá que obter depende totalmente dos outros componentes de sua plataforma. Se você está tentando montar um rig de mineração de criptomoedas hardcore e supercarregado, a fonte de alimentação terá que corresponder a isso. Na maioria dos casos, porém, uma fonte de alimentação de nível médio faz o trabalho perfeitamente.
  • Resfriamento. Fator essencial em qualquer tipo de plataforma de mineração, o resfriamento vai garantir que seu dispositivo funcione corretamente, além de evitar qualquer tipo de possível superaquecimento. Não tenha medo de gastar e invista na melhor opção de resfriamento possível - é sempre melhor prevenir do que remediar.
  • CPU. Um bom processador será fundamental quando se trata de ser capaz de operar o equipamento sem problemas e sem falhas ou erros significativos.
  • Quadro. Uma estrutura de rig de mineração é o último componente-chave de que você precisa (pelo menos quando se trata de plataformas de mineração de GPU). Uma estrutura de plataforma de mineração será a carcaça do seu dispositivo - essas estruturas vêm em uma ampla variedade de opções e são preferenciais. Naturalmente, você vai querer usar algo resistente que manterá toda a máquina inteira e funcionando, em vez de uma estrutura que se quebrará com o primeiro pedaço de poeira que cair sobre ela.

Com todas as peças adquiridas, vamos seguir para o processo de montagem em si.

Processo de Construção

Pra ser sincero, o processo de construção em si é bastante simples. Agora vamos falar sobre como montar um rig de mineração.

A primeira etapa que você precisa realizar é configurar a placa-mãe dentro da estrutura do rig de mineração. Montar um rig de mineração se torna muito mais fácil quando você já escolheu um local adequado para a plataforma ficar, então escolha um bom local com antecedência.

Como Montar um Rig de Mineração: o que você precisa fazer antes de começar.

Depois de configurar a placa-mãe, conecte os cabos na CPU. Configure as placas gráficas e o resto do hardware necessário e conecte os cabos.

Agora que você instalou o hardware, verifique novamente a inserção dos cabos e, se tudo estiver bem colocado, é hora de passar para o software.

Dependendo do software que você escolheu, seu equipamento pode ter algumas funções mais sofisticadas ou ser completamente básico. Caro nem sempre significa bom, portanto, escolha um software seguro, que tenha uma boa reputação e funcione bem.

Os fóruns de cripto online são um excelente lugar para procurar e avaliar softwares de mineração de criptomoedas. Ao pensar sobre como montar um rig de mineração, o software não deve ser ignorado na equação - um bom software é muitas vezes o fator mais importante. 

Depois de instalar o software, configure as opções de sua preferência e prossiga com a configuração. Seu dispositivo terá que reiniciar algumas vezes antes de estar totalmente operacional, então seja paciente.

Como Montar um Rig de Mineração: minerador de Bitcoin e Ethereum.

Depois de tudo isso feito, você pode começar oficialmente sua carreira como um minerador de criptomoedas profissional!

Conclusão

À medida que mais e mais pessoas se voltam para as criptomoedas, há um grande aumento na demanda por especialistas na área. Pessoas que têm uma compreensão de como montar um rig de mineração estão muito à frente no mundo das criptomoedas - afinal, você não apenas aprende sobre a plataforma em si, mas sobre o software necessário, como funcionam as criptomoedas, como usar o mercado a seu favor, etc.

A essa altura, você já deve ter pelo menos algum conhecimento sobre os hardwares e softwares necessários para o rig de mineração de criptomoedas, como escolher alguns itens específicos, quais critérios observar e o que ignorar, como montar a plataforma em si, etc.

Certifique-se de usar bem esse conhecimento e lembre-se - Roma não foi construída em um dia. É preciso muita prática para montar um rig de mineração perfeito, então não se estresse se não funcionar nas primeiras vezes.

E lembre-se, é sempre melhor prevenir do que remediar. Escolha o equipamento certo para o trabalho, tanto do ponto de vista de hardware quanto de software. Não hesite em investir em algo que não só fará o trabalho para você, mas também manterá seus fundos seguros e durará muito tempo, em vez de se desfazer nos primeiros meses. Equipamentos decentes podem fazer maravilhas - não tenha medo de experimentar!

Além disso, se você quiser manter suas criptomoedas seguras, não se esqueça de usar uma carteira segura! Certifique-se de conferir opções como a Ledger Nano X e a Trezor Model T.

Deixa o seu comentário honesto

Deixe sua opinião genuína e ajude milhares de pessoas a escolher a melhor exchange de criptografia. Todos os comentários, positivos ou negativos, são aceitos, desde que sejam honestos. Não publicamos feedback tendencioso ou spam. Então, se você quiser compartilhar sua experiência, opinião ou dar conselhos - o espaço é seu!

Perguntas Frequentes

Como escolher a melhor exchange de criptomoedas?

Ao escolher a melhor exchange de criptografia , você deve sempre se concentrar em manter um equilíbrio entre os recursos essenciais que todas as principais exchanges de criptografia devem ter e aquelas que são importantes para você, pessoalmente. Por exemplo, todas as melhores exchanges devem possuir recursos de segurança de alto nível, mas se você deseja negociar apenas as principais criptomoedas, provavelmente não se preocupa muito com a variedade de moedas disponível na exchange. É tudo uma situação caso a caso!

Qual exchange de criptomoedas é a melhor para iniciantes?

Ao ler várias das melhores análises de exchanges de criptografia online, você notará que uma das coisas que a maioria dessas exchanges têm em comum é que elas são muito simples de usar. Enquanto algumas são mais diretas e mais acessíveis para iniciantes do que outros, você não deverá encontrar nenhuma dificuldade com nenhuma das exchanges mais bem cotadas. Dito isso, muitos usuários acreditam que a Coinbase é uma das exchanges mais simples do mercado atual.

Qual é a diferença entre uma exchange de criptomoedas e uma corretora?

Em termos leigos, uma exchange de criptomoedas é um lugar onde você encontra e negocia criptomoedas com outra pessoa. A plataforma de exchange (ou seja, a Binance) atua como um intermediário - conecta você (sua oferta ou solicitação) à outra pessoa (o vendedor ou o comprador). Com uma corretora, no entanto, não há “outra pessoa” - você apenas negocia suas criptomoedas ou moeda fiduciária com a plataforma em questão, sem a interferência de terceiros. Ao considerar as classificações de exchange de criptomoedas, no entanto, esses dois tipos de negócios (bolsas e corretoras) são normalmente incluídos no termo - exchange. Isso é feito por uma questão de simplicidade.

Todas as melhores exchanges de criptomoedas baseadas nos Estados Unidos?

Não, definitivamente NÃO! Embora algumas das principais exchanges de criptomoedas sejam, de fato, baseadas nos Estados Unidos (ou seja, Coinbase ou Kraken), existem outros líderes da indústria muito conhecidos que estão localizados em todo o mundo. Por exemplo, a Binance está sediada em Tóquio, no Japão, enquanto a Bittrex está localizada em Liechtenstein. Embora haja muitos motivos pelos quais uma exchange preferiria ser baseada em um local em vez de outro, a maioria delas se resumem a complexidades de negócios e geralmente não têm efeito sobre o usuário da plataforma.

Dias
Horas
Minutos
Segundos