ADA Coin: Aprenda tudo sobre a moeda da Cardano

A indústria das criptomoedas criou muitas oportunidades para novos e excitantes projetos entrarem no mercado - e um desses projetos é a Cardano, e sua moeda ADA!

A tecnologia usada pela Cardano é bastante nova, por isso resolvemos fazer este guia completo sobre tudo que você precisa saber sobre o assunto. Primeiramente, vamos passar uma visão geral do que a Cardano é, e o que a sua equipe tem planejado para o futuro.

Depois disso, abordaremos de uma forma mais detalhada como funciona a tecnologia da Cardano, usando exemplos realmente simples do mundo real.

Para terminar, apresentamos uma lista das vantagens e desvantagens da Cardano. Ao fazer isso, iremos equipar-lhe com a capacidade de decidir a Cardano é um bom projeto ou não.

Então, se ficar até o final deste guia, você será um especialista em Cardano e em ADA coin!

Bem ... do que você está à espera? Vamos começar por descobrir como o projeto Cardano começou!

O que é a Cardano?

O projeto Cardano começou em 2015. A empresa por trás de seu desenvolvimento é a Input Output Hong Kong (IOHK), que é gerida pelo co-fundador da BitShares e Ethereum, Charles Hoskinson.

O conceito da Cardano é criar uma blockchain que pode ter um desempenho muito melhor que as blockchains antigas, como a Ethereum, o que significa que ela pode processar mais transações, além de tornar essas transações mais baratas.

Charles Hoskinson acredita que a Cardano é uma blockchain de terceira geração, enquanto a Bitcoin e a Ethereum são da primeira e da segunda, respetivamente. Portanto, em vez de copiar o código de outras blockchains, a empresa IOHK criou a sua própria blockchain do zero.

As pessoas às vezes pensam que a Cardano e a ADA coin são a mesma coisa, no entanto, há uma pequena diferença. Cardano é o nome da blockchain que permite que as pessoas enviem e recebam fundos. ADA coin é o nome da criptomoeda.

Isso é semelhante ao modo como a Ripple funciona, onde Ripple é o nome da blockchain e a XRP é o nome da criptomoeda.

A blockchain Cardano também permite que as pessoas criem contratos inteligentes, assim como a blockchain Ethereum. Contratos inteligentes permitem que duas ou mais pessoas entrem em um acordo sem precisar de um terceiro, o que significa que, uma vez que as condições pré-definidas tenham sido atendidas, todo o resto é automatizado.

Como a maioria das outras blockchains, Cardano é descentralizado, o que significa que não é controlada por nenhuma autoridade única. Em vez disso, transações e contratos inteligentes são verificados pela comunidade, que contribuem com seu poder de computacional. No entanto, Cardano faz as coisas de maneira diferente em comparação a Bitcoin e Ethereum, o que explicaremos com mais detalhes depois.

Para ajudar a levantar fundos para o desenvolvimento da Cardano, a equipe arrecadou em torno de US $ 63 milhões durante sua ICO. Desde então, a ADA coin atingiu US $ 33 bilhões em capitalização de mercado!

Nota: ICO significa Oferta Inicial de Moedas . É uma maneira de as empresas de criptomoedas levantarem fundos. Nos primeiros três meses de 2018, mais de US $ 6 bilhões foram levantados em ICO 's!

A moeda da Cardano ainda está em seus primeiros dias de desenvolvimento, e embora no papel o projeto pareça fantástico, temos que esperar algum tempo até que esteja completamente terminado.

Para acompanhar o progresso da equipe, você deve verificar se o seu roteiro ao vivo clicando neste link.

Cardano - ADA Coin

Então, agora que você entendeu como a Cardano e a ADA coin começaram, bem como a razão para qual foram criadas, a próxima parte do guia vai explicar como funciona.

Como funciona a Cardano?

Primeiro, é importante entender como funciona a blockchain Cardano, que pode ser dividida em duas camadas diferentes.

  1. Camada de Liquidação:   A camada de liquidação foi criada e agora está totalmente operacional. Isso permite que os usuários enviem e recebam ADA coin, entre uma carteira e outra carteira. Isso é semelhante a como os usuários podem transferir Ethereum (ETH) uns para os outros .
  2. Camada de Computação:   A camada de computação ainda está sendo desenvolvida. Uma vez lançada, permitirá que os usuários criem e participem em contratos inteligentes.

É aqui que a Cardano é diferente das blockchains anteriores, que normalmente operam em uma única camada. Existem alguns benefícios potenciais para os usuários da Cardano ao usar duas camadas separadas.

Em primeiro lugar, a camada de computação é mais adaptável do que as outras semelhantes à Ethereum, já que pequenas mudanças podem ser feitas para diferentes usuários finais. Por exemplo, diferentes nações têm suas próprias regulamentações, a Cardano pode alterar como os dados são armazenados e acessados, dependendo dessas leis.

Isso também significa que, embora os usuários possam permanecer privados, a Cardano sempre pode garantir que eles estejam em conformidade com as regulamentações domésticas. A camada de computação também é útil para fazer "soft forks" sem qualquer interrupção, algo que as blockchains antigos não conseguem fazer..

Para ter certeza que entende como a camada de liquidação e a camada de computação funcionam, aqui está um exemplo rápido do mundo real.

  1. John precisa contratar um eletricista para consertar as luzes da cozinha.
  2. John entra num contrato inteligente que é armazenado na camada de computação.
  3. O acordo afirma que, assim que o eletricista consertar as luzes de John , os fundos acordados serão liberados.
  4. Quando isso acontece, o contrato inteligente é transferido para a camada de liquidação, o que permite que o eletricista seja pago em ADA coin.
  5. Tudo é totalmente automatizado, o que significa que não há necessidade de terceiros intervirem

Então, agora que você sabe a diferença entre a camada de liquidação e a camada de computação, explicaremos como as transações são verificadas!

Como as transações ADA  coin são verificadas?

Mencionei anteriormente que a plataforma Cardano é descentralizada, o que significa que não existe uma única autoridade com controle sobre a rede, assim como a Bitcoin e a Ethereum, a rede é operada por mineradores.

No entanto, a Cardano usa um modelo diferente, que chama de “ Ouroboros ” . Antes de explicar como funciona, deixe-nos explicar rapidamente como outras blockchains como a Bitcoin são diferentes.

Bitcoin usa um modelo de consenso chamado " proof-of-work " . Para ajudar a autenticar uma transação, os mineradores usam seu poder de computação para resolver um quebra-cabeça realmente difícil. Tipo uma equação matemática tão difícil, que nenhum ser humano poderia resolvê-lo!

Qualquer minerador que resolver o quebra-cabeça primeiro, recebe a recompensa, que é paga em Bitcoin! O problema com a “proof-of-work" é que, à medida que o quebra-cabeça se torna cada vez mais complexo, os mineradores precisam usar cada vez mais eletricidade.

Em dezembro de 2017, foi relatado que os mineiradores da Bitcoin estavam usando mais eletricidade do que toda a nação da Irlanda! Não é algo muito econômico, certo?

A rede Cardano confirma as transações usando um mecanismo de consenso chamado Proof-of-Stake:

  1. As pessoas que ajudam a validar transações são chamadas de validadores.
  2. Os validadores devem congelar algumas de suas ADA coins, o que é conhecido como " aposta " .
  3. Depois que de verificar uma transação o validador que ajudou na verificação recebe ADA coins adicionais como recompensa.
  4. Quanto maior a aposta, maior a chance de um validador receber a recompensa!
  5. A quantidade de moedas que recebem é baseada em quanto “ stake ” eles têm.

Este sistema é muito mais eficiente e mais amigo do meio-ambiente do que a “Proof-of-Work", pois requer muito menos eletricidade, o que também significa que as taxas de transação também são menores.

Cardano - ADA Coin - proof of work e proof of stake

Embora existam outras blockchains que operam com “proof-of-stake", a equipe da Cardano diz que nenhuma delas oferece uma maneira realmente aleatória de selecionar um validador. É por isso que eles construíram seu protocolo Ouroboros em cima do modelo padrão da proof-of-stake, pois isso garante que todos tenham uma chance justa de ganhar a recompensa.

Isso às vezes é chamado de  “A Maioria Honesta” , o que significa que se as pessoas possuírem uma grande participação na blockchain (por exemplo, possuir muitas ADA coins), elas têm todos os motivos para garantir que a rede permaneça segura, estável e honesta.

Então, agora que você sabe como as transações são confirmadas e validadas, a próxima parte deste guia irá analisar como a plataforma Cardano funciona!

Cardano é escalável?

Existem diferentes blockchains no mercado, e é importante entender o que torna cada uma delas única. Uma das coisas mais importantes a considerar ao decidir o desempenho de um projeto é sua escalabilidade.

No setor das criptomoedas, a escalabilidade é quantas transações uma blockchain pode processar em um determinado período de tempo, no entanto, é normalmente apresentada como “ transações por segundo ” .

As blockchains mais antigas, como a Bitcoin e a Ethereum, apresentam grandes problemas de escalabilidade, pois são muito limitadas na quantidade de transações que podem processar ao mesmo tempo. Na verdade, a Bitcoin só pode processar 7, enquanto o Ethereum consegue no máximo apenas 15. Mais uma vez, é nesse ponto que a Cardano tem uma vantagem.

Quando as transações são verificadas na blockchain da Bitcoin, elas permanecem no livro-razão público para sempre. Isso significa que com o tempo, o livro-caixa da blockchain se torna cada vez maior.

O problema é que todos os mineradores da rede devem manter uma cópia de cada transação. Isso causa problemas de escalabilidade.

Cardano, no entanto, está construindo uma blockchain que faz as coisas de maneira diferente, separando os dados que não são relevantes para as pessoas envolvidas na transação. Por exemplo, se John enviar 100 ADA Coins para a Sue, elas serão as duas únicas pessoas envolvidas na transação.

Como resultado, quando os validadores ajudarem a confirmar a transação, eles precisam apenas manter os dados relevantes para a transação, não a blockchain inteira!

A equipe também está procurando instalar um protocolo chamado " Sharding " .  Isso funciona da seguinte forma, à medida que mais e mais pessoas usam a rede, a quantidade de transações por segundo aumenta.

Cardano realizou um teste no final de 2017 que permitiu que a blockchain processasse 257 transações por segundo, o que é significativamente maior do que a Bitcoin e Ethereum também. No entanto, o objetivo a longo prazo é aumentar este número para dezenas de milhares de transações por segundo.

Carteira Daedalus

Quando se trata de armazenar sua ADA coin, a Cardano tem sua própria carteira oficial chamada Daedalus. No entanto, tem havido muitos relatos da comunidade de criptomoedas afirmando que a carteira Daedalus possui inúmeros problemas. Isso inclui coisas como ser incapaz de: se conectar à rede, sincronizar blocos; e também muitas vezes falha fazendo com que as transações não cheguem ao receptor.

Cardano - ADA Coin - carteira daedalus

A equipe está bem ciente desses problemas, por isso vale a pena verificar o roadmap oficial  do produto para acompanhar os progressos.

Então, agora que você já sabe sobre os planos da Cardano em relação a escalabilidade da sua blockchain, a próxima parte deste guia vai analisar como a Cardano pode ser usada, e também como podem ser cometidos abusos nela.

Como Cardano pode ser usada e abusada?

Se você leu este guia sobre ADA coin e Cardano até aqui, provavelmente já percebeu que a Cardano é um projeto bastante complexo. A equipe está trabalhando em muitas coisas diferentes ao mesmo tempo, no entanto, quando o projeto estiver concluído, haverá dois usos principais.

Em primeiro lugar, a moeda da Cardano pode ser usada da mesma maneira que a Bitcoin foi planejada - um sistema de pagamentos global. No entanto, como mencionado anteriormente, a Bitcoin só é capaz de processar 7 transações por segundo.

Nenhum sistema de pagamentos global poderia sobreviver se ela fosse escalável até 7 transações por segundo. Na verdade, a Visa sozinha processa uma média de 1.667 transações por segundo! Assim, se a equipe da Cardano for capaz de atingir seus objetivos de “ dezenas de milhares ”  de transações por segundo, a rede funcionaria perfeitamente como um sistema de pagamentos.

A segunda função principal da Cardano é permitir que as pessoas criem contratos inteligentes e dApps (aplicações descentralizadas). Podendo ser corporações, governos ou até mesmo indivíduos a criá-las.

No entanto, se a Cardano quiser que seu protocolo de contrato inteligente se torne global, precisa corrigir e melhorar a sua escalabilidade.

Se a Cardano for capaz de atingir esse objetivo, então sua tecnologia seria perfeita para aplicações do dia a dia, já que seria quase impossível para as pessoas a "hackearem" e a plaforma nunca ficaria offline. Isso também significa que os dados confidenciais permaneceriam confidenciais!

Atividade criminal

Plataformas blockchain como a Cardano são perfeitas para cometer crimes anonimamente (atenção que nós não estamos aqui a recomendar que faça isso).

Mas por quê?

Bem, quando você envia ou recebe uma ADA coin, não precisa revelar sua identidade.

Em vez disso, a única coisa que as pessoas podem ver é o seu endereço de carteira pessoal, que é algo parecido com isto:

Ae2tdPwUPEZKmwoy3AU3cXb5Chnasj6mvVNxV1H11997q3VW5ihbSfQwGpm

Permitir que as pessoas enviem e recebam fundos anonimamente significa que a plataforma poderia ser usada para lavagem de dinheiro ou evasão fiscal. Isso se dá porque é quase impossível descobrir quem está realmente envolvido em uma transação.

Também permite que as pessoas vendam produtos ilegais e serviços online sem precisar revelar detalhes de pagamento no mundo real. No entanto, é importante lembrar que a quantidade de pessoas que usam criptomoedas para o crime é minoria.

No entanto, a equipe da Cardano também está trabalhando em um protocolo que permitirá aos usuários compartilhar seus metadados, se assim o decidirem. Os metadados contêm certas informações sobre uma transação, como:

  • O que X comprou com a sua ADA coin?
  • A quem X enviou a sua ADA coin?
  • De onde X recebeu sua ADA coin?

O protocolo acima permitirá que os bancos usem a blockchain Cardano, já que eles poderão cumprir as regulamentações nacionais.

Prós e Contras da ADA coin

Prós

  • Excelente equipe de desenvolvimento. O fundador já fez parte de grandes projetos bem sucedidos, como BitShares e a Ethereum.
  • Será a primeiro blockchain a usar múltiplas camadas (liquidação e computação).
  • Não há limites para a escalabilidade. Quando mais pessoas usarem a blockchain, mais transações por segundo poderão ser processadas.
  • A ADA coin oferece transações baratas e rápidas
  • O mecanismo de consenso da Cardano é mais ecológico do que as blockchains mais velhas, bem como também é mais justo.

Contras

  • Muitas das afirmações feitas pela Cardano são teóricas, já que a blockchain ainda está em desenvolvimento.
  • Outras blockchains, como Ripple, Stellar Lumens e a NEO já são capazes de processar mais de 1.000 transações por segundo.
  • Escalabilidade máxima no momento é de apenas 257 transações por segundo.
  • Problemas contínuos com sua carteira oficial

Conclusão

Então, é isso!  

Espero que você tenha achado este guia sobre a Cardano e a ADA coin útil, e se você o leu do começo ao fim, agora você deve ser um especialista no assunto (ou quase isso)!

Agora você sabe o que a blockchain faz e como ela funciona, também como ela se compara aos protocolos blockchain de primeira e segunda geração (Bitcoin e Ethereum). Você também tem uma boa compreensão do quão único é o mecanismo de consenso da Cardano.

Então, quais são seus pensamentos sobre a moeda Cardano? Você acha que a equipe atingirá todos os objetivos? Se quiser saber a nossa opinião, nós achamos que sim, que eles irão conseguir, pois eles têm uma equipe talentosa por trás do projeto.

No entanto, ainda há um longo caminho a percorrer antes que o projeto seja concluído, mas se eles forem capazes de fazer todas as coisas que prometeram, então ele realmente a moeda Cardano assume como um grande candidato para tirar a Ethereum do mercado!

Leave your honest feedback

Leave your genuine opinion & help thousands of people to choose the best crypto exchange. All feedback, either positive or negative, are accepted as long as they’re honest. We do not publish biased feedback or spam. So if you want to share your experience, opinion or give advice - the scene is yours!

FAQ

How to pick the best crypto exchange for yourself?

Picking out the best crypto exchange for yourself, you should always focus on maintaining a balance between the essential features that all top crypto exchanges should have, and those that are important to you, personally. For example, all of the best exchanges should possess top-tier security features, but if you’re looking to trade only the main cryptocurrencies, you probably don’t really care too much about the variety of coins available on the exchange. It’s all a case-by-case scenario!

Which cryptocurrency exchange is best for beginners?

Reading through various best crypto exchange reviews online, you’re bound to notice that one of the things that most of these exchanges have in common is that they are very simple to use. While some are more straightforward and beginner-friendly than others, you shouldn’t encounter any difficulties with either of the top-rated exchanges. That said, many users believe that Coinbase is one of the simpler exchanges on the current market.

What is the difference between a crypto exchange and a brokerage?

In layman’s terms, a cryptocurrency exchange is a place where you meet and exchange cryptocurrencies with another person. The exchange platform (i.e. Binance) acts as a middleman - it connects you (your offer or request) with that other person (the seller or the buyer). With a brokerage, however, there is no “other person” - you come and exchange your crypto coins or fiat money with the platform in question, without the interference of any third party. When considering cryptocurrency exchange rankings, though, both of these types of businesses (exchanges and brokerages) are usually just thrown under the umbrella term - exchange. This is done for the sake of simplicity.

Are all the top cryptocurrency exchanges based in the United States?

No, definitely not! While some of the top cryptocurrency exchanges are, indeed, based in the United States (i.e. Coinbase or Kraken), there are other very well-known industry leaders that are located all over the world. For example, Binance is based in Tokyo, Japan, while Bittrex is located in Liechtenstein. While there are many reasons for why an exchange would prefer to be based in one location over another, most of them boil down to business intricacies, and usually have no effect on the user of the platform.

Days
Hours
Minutes
Seconds