Entenda a Oferta Inicial de Moedas: ICO desde o Básico

Com o aumento da popularidade do crowdfunding, a Oferta Inicial de Moedas tornou-se o próximo grande passo para reunir os fundos e o capital necessário para iniciar um negócio. 2017 foi o ano em que a ICO explodiu em popularidade e isso pode ser devido a criptomoedas e blockchain dominando a mídia ou simplesmente fornecendo aos colaboradores uma maneira fácil de apoiar um projeto. Mas o que é ICO?

A tecnologia que torna a ICO possível

As initial coin offering aproveitam a tecnologia blockchain. O Blockchain é único, pois todos os blocos de dados são vinculados para formar um banco de dados público. O banco de dados é considerado público porque é compartilhado com centenas ou até milhares de computadores. Pense nesses computadores como servidores para o blockchain ou o banco de dados. Quaisquer alterações feitas no banco de dados público precisam ser verificadas por mais de 51% dos computadores na rede. Se eles não forem confirmados, a alteração não poderá ser feita. Isso torna extremamente difícil hackear o banco de dados porque o hacker teria que assumir o controle de 51% dos computadores ao mesmo tempo. Uma variedade de empresas e instituições possui esses computadores. Além disso, o fato de uma única instituição não controlar todos os nós da rede é chamado de descentralização. Isso significa que blockchain é apenas um banco de dados mais seguro que não pertence a uma entidade única, e todos podem fazer alterações desde que 51% dos proprietários concordem que a alteração é válida.

As mudanças no banco de dados em questão referem-se a várias transações sendo feitas. No caso do Bitcoin, essas transações são pessoas vendendo ou comprando bitcoins, e o banco de dados registra quanto bitcoin cada pessoa possui. No entanto, blockchain pode acompanhar muito mais do que apenas dados transacionais. Virtualmente, pode ser absolutamente qualquer coisa, desde que exista algo que represente o valor de um objeto ou serviço.

Por exemplo, o valor transacional pode representar um carro ou uma conta de eletricidade. Claro, não há como colocar esses valores em uma blockchain fisicamente. Em vez disso, é necessário algo que represente o valor dessas coisas. Uma dessas ferramentas representativas de valor pode ser um token.

Tokens e Contratos Inteligentes

Os tokens são criados para representar o valor de algo. Esses tokens não podem ser aplicados diretamente ao blockchain, já que os blockchains normalmente só podem processar transações de sua própria criptomoeda - como Ether no blockchain Ethereum e Bitcoin no blockchain Bitcoin.

Initial Coin OfferingTransações de token devem ser processadas usando um aplicativo. Os aplicativos usados ​​pelos tokens são chamados de contratos inteligentes. Em 1994, Nick Szabo (um criptógrafo) teve uma visão. Ele queria criar contratos usando código de computador. Este contrato seria ativado automaticamente quando certas condições fossem atendidas. Além disso, não haveria como enganar essas condições, porque todas elas seriam declaradas em código de computador.

Como um terceiro confiável não é mais necessário ao fazer contratos, esses contratos (ou transações) podem ser executados automaticamente em uma rede confiável. Computadores controlam completamente esta rede. As características essenciais dos contratos inteligentes:

  1. Eles podem processar transações automaticamente
  2. As transações são acionadas somente quando as condições certas são atendidas. Imagine assim: “QUANDO Peter pagar 100 Ether no contrato inteligente, ENTÃO o sinal da casa de João é enviado para Pedro.”
  3. Contratos inteligentes usam a tecnologia blockchain, portanto as condições do contrato inteligente não podem ser alteradas.

A ICO aproveita os contratos inteligentes e a tecnologia blockchain para projetos de crowdfunding. Um contrato inteligente e um token para esse contrato inteligente são necessários ao criar uma ICO. O próximo passo é declarar as condições do contrato inteligente. Por exemplo: SE 0,1 ETH é enviado para o contrato inteligente, ENTÃO o contrato inteligente enviará 1 Token para o endereço que envia o 0,1 ETH. Isso garante que todos os que participarem da initial coin offering sempre recebam a quantidade correta de tokens. Sem nenhuma interação humana ou distribuição manual. Os contratos inteligentes geralmente também estão disponíveis ao público, portanto, todos os participantes podem revisar os termos do contrato inteligente.

As duas razões mais comuns pelas quais as pessoas participam de uma ICO são as seguintes:

  1. O token pode ser usado no aplicativo quando o produto final estiver pronto.
  2. À medida que a popularidade do projeto cresce, o preço dos tokens ou das moedas poderá aumentar. Quanto mais pessoas quiserem usar os serviços, a demanda aumenta.

Mastercoin, a primeira ICO (Oferta Inicial de Moedas)

Pense na ICO como uma versão blockchain do Kickstarter. A diferença crítica é que ele automatiza todo o processo de crowdsale de maneira segura e sem a necessidade de terceiros. No entanto, tudo começou com a primeira ICO da Mastercoin em julho de 2013.

A Mastercoin tornou público seu white paper em janeiro de 2012, eles propuseram que a rede Bitcoin existente poderia ser usada como uma camada de protocolo para os protocolos de alto nível. O objetivo era permitir novas regras para contratos. Isso permitiria que as pessoas criassem novas moedas sem a necessidade de um blockchain separado. Isso é semelhante ao que a Ethereum está fazendo agora, a Ethereum está sendo referida como Mastercoin 2.0. Além disso, embora o white paper ser público desde janeiro de 2012, a captação de recursos para tornar esse projeto uma realidade começou em 31 de julho de 2013. Quando JR Willett, o homem que inventou a ICO, começou a primeira oferta inicial de moeda .

15 de agosto foi a data em que a primeira transação da Mastercoin foi registrada. A rede foi colocada em teste com 1 Mastercoin sendo enviado. Após os testes, o Mastercoin foi aberto ao público e continuou a receber um fluxo constante de financiamento. No entanto, a onda mais significativa de investidores foi exposta à Mastercoin durante uma apresentação ao BitAngels. A BitAngels foi a primeira rede de investidores e incubadora criada para investir exclusivamente em startups de criptomoedas. A BitAngels estava interessada na Mastercoin e estava a bordo do projeto.

Durante a captação de recursos, a Mastercoin criou um endereço Bitcoin, se alguém enviasse BTC para o endereço antes do dia 31 de agosto, eles receberiam 100x a quantidade de Mastercoins. Então, se alguém mandasse 0,01 BTC para o endereço, ele receberia 1 Mastercoin de volta. No final da ICO da Mastercoin, eles tinham levantado cerca de 4700 BTC, que foi avaliado em cerca de 500 mil dólares na época. Para fins de comparação, o 4700 BTC está avaliado em cerca de 41 milhões de dólares no momento da redação deste documento. Na sua maior alta de todos os tempos, a Mastercoin estava a ser negociada em 0,25 BTC para 1 MSC.

Initial Coin Offering

No entanto, em 2015, a Mastercoin mudou seu nome para Omni e começou o seu processo de rebranding. Seu objetivo principal foi deixar para trás  toda a má imprensa, críticas e indignação da comunidade que a Mastercoin tinha acomulado e começar de novo. Como resultado do rebranding, muitos dos líderes remanescentes da Mastercoin, incluindo o arquiteto-chefe JR Willet, o diretor de tecnologia Craig Sellars e membro do conselho e co-fundador da BitAngels, David Johnston, migraram para a Omni. Infelizmente, o projeto perdeu muita tração e deixou as pessoas insatisfeitas. Mastercoin ou Omni é avaliada em apenas 0,0041 BTC para 1 moeda OMNI hoje. No entanto, isso não impediu que as pessoas contribuíssem para a sua ICO.

Este método de captação de recursos provou ser uma maneira eficaz de fazer crowdfunding de um projeto. Em vez de recorrer a investidores privados que contribuiriam com grandes somas de dinheiro, a Mastercoin conseguiu atingir sua meta de financiamento com a coleta de fundos de mais de 500 investidores menores de todo o mundo.

As Ofertas Iniciais de Moedas de maior sucesso de todos os tempos

Até 2017, as empresas que levantaram mais de vários milhões de dólares durante uma ICO eram bastante raras. Ethereum, a segunda maior criptomoeda em 2018, levantou US $ 18 milhões em 2015 devido a seus contratos inteligentes inovadores.Os próximos marcos significativos para a ICO aconteceram em 2016. A DAO levantou 150 milhões de dólares em questão de minutos. A DAO mais tarde teve problemas de segurança que levaram a uma invasão e uma perda de mais de 50 milhões de dólares. Desde os dias de Mastercoin, Ethereum e outras primeiras ICOs, o conceito ganhou muito mais força. As ofertas iniciais de moedas levantaram coletivamente quase 10 bilhões de dólares entre 2017 e 2018. O mercado de criptomoedas pareceu desacelerar no final de 2017. Com dezembro sendo o mês mais ativo em 2017, levantando mais de 1 bilhão de milhões de dólares. No entanto, 2018 foi um ótimo ano para as ICOs, sendo março o mês mais ativo. Em março de 2018, mais de 2,9 bilhões de dólares foram levantados em várias ofertas iniciais de moeda.

Initial Coin OfferingEm agosto de 2017, o Filecoin ICO levantou 257 milhões de dólares de mais de 2.100 investidores, tornando a Filecoin a maior ICO em 2017. A Filecoin permitirá que seus usuários aluguem o espaço livre em seus discos rígidos. Os usuários então obteriam Filecoin, que eles poderiam trocar por USD, ETH, BTC e outras moedas. O sucesso do Filecoin e de outras ICOs mostra que o modelo da ICO é uma ótima maneira de impulsionar um negócio.

Top 10 ICOs de todos os tempos:

Posição Nome do Projeto Total de Dólares Conseguidos
1 EOS (EOS) 4.2 bilhões
2 Telegram (GRAM) 1.7 bilhões
3 Dragon Coin (DRG) 320 milhões
4 Houbi Token (HT) 300 milhões
5 Filecoin Futures (FIL) 257 milhões
6 Tezos (XZT) 232 milhões
7 Sirin Labs Token (SRN) 158 milhões
8 Bancor (BNT) 153 milhões
9 Bankera (BNK) 152 milhões
10 Polkadot (DOt) 151 milhões

 

  1. EOS (EOS) levantou incríveis 7,162,546.39 ETH, o que significa que levantou US $ 4.201.836.214 (US $ 4,2 bilhões) corrigindo para o preço atual da Ethereum de US $ 586 de acordo com BitGuru. A ICO da EOS durou 350 dias e terminou em 1º de julho.
  2. O Telegram (GRAM) é muitas vezes referido como a segunda maior ICO de todos os tempos, levantando 1,7 bilhão de dólares. No entanto, pode-se argumentar que o Telegram não se enquadra na mesma categoria que outras ICOs, pois sua criptomoeda nunca foi oferecida ao público. A maneira como a Telegram arrecadou 1,7 bilhão de dólares foi por ter feito duas vendas privadas pré-ICO de acordo com Theverge. Atrairam 81 investidores que coletivamente contribuíram com 850 milhões de dólares e depois tiveram uma segunda venda privada que atraiu 94 investidores que contribuíram com outros 850 milhões de dólares. Como o Telegram só tinha 2 vendas pré-ICO, eles nunca precisaram crowdsourcing, e sua ICO foi financiada antes mesmo de começar.
  3. Dragon Coin (DRG) levantou 320 milhões de dólares de acordo com Bitrazzi. Dragon é uma moeda descentralizada usada para jogar. A Dragon Coin (DRG) está configurada para funcionar dentro dos Casinos e melhorar a antiga indústria de jogos.
  4. Tokens Huobi (HT) levantando 300 milhões de dólares, os tokens Houbi funcionam como um sistema de pontos de fidelidade com blockchain. Os tokens permitem que os usuários obtenham descontos nas transações de criptomoedas feitas na exchange Houbi.
  5. Filecoin Futures (FIL) conseguiu 257 milhões. A Filecoin se destaca porque a ICO está em conformidade com os novos regulamentos da SEC (The U.S. Securities and Exchange Commission) sobre ICOs. Ou seja, apenas contribuintes com acreditação puderam participar da ICO. O não cumprimento das leis da SEC ou a realização de um KYC (Know Your Customer) pode resultar em uma moeda ou ficha reunindo muitos fundos, mas nenhum banco os aceitaria, e esse é um dos motivos de uma troca entre ETH e uma moeda fiduciária ser frequentemente impossível. A Filecoin tomou todas as medidas para evitar que isso aconteça.
  6. Tezos (XTZ) levantou 232 milhões de dólares. Tezos está desenvolvendo um livro-razão distribuído auto-modificado que será usado para criar contratos inteligentes. O Tezos permite que seus portadores de token aprovem e financiem novas atualizações de protocolo. Isso permitirá à Tezos atenuar qualquer disputa de escalonamento ou desenvolvimento no futuro da rede Tezos.
  7. Sirin Labs Token (SRN) arrecadou 158 milhões de dólares. Sirin está apontando para a adoção em massa da tecnologia blockchain. Eles estão se concentrando no desenvolvimento de hardware seguro, na monetização de recursos adicionais de dispositivos por meio de microtransações. No momento, a Sirin está criando um ecossistema em torno do blockchain.
  8. Bancor (BNT) levantou 153 milhões de dólares. O Bancor é um protocolo que permite que as pessoas emitam sua criptomoeda. Eles chamam os tokens inteligentes de criptomoeda. O principal benefício de usar tokens inteligentes é que eles não precisam de uma parte secundária se você quiser trocá-los. Bancor emprega Smart Tokens e os converte entre diferentes tokens ERC-20 internamente.
  9. Bankera (BNK) levantou 152 milhões de dólares. O Bankera está se concentrando em construir um banco que possa funcionar durante a era blockchain. Para fornecer utilidade aos tokens do Bankera, eles não estão cobrando taxas para trocar tokens do BNK por qualquer outra criptomoeda. Isso foi feito para manter os usuários comprando os tokens do BNK primeiro, depois trocando-os por outras criptomoedas sem taxas.
  10. Polkadot (DOT) levantou 151 milhões de dólares. Polkadot está procurando criar uma cadeia múltipla heterogênea escalável. E, ao contrário das implementações anteriores do blockchain, que se concentravam principalmente em uma única cadeia, o Polkadot não possui nenhuma funcionalidade inerente. O Polkadot fornece a “cadeia de retransmissão” básica que pode hospedar outras estruturas de dados dinâmicas e válidas.

As diferenças entre Ethereum e EOS

Projetos como DAO ou Filecoin usaram a rede Ethereum para organizar suas ICOs. No entanto, existem alternativas Ethereum lá fora. Uma dessas alternativas é EOS.

Initial Coin Offering

A EOS está entre um dos mais novos projetos de blockchain que entraram no mercado de criptomoedas. O objetivo da EOS é construir uma rede robusta capaz de processar milhões de transações por segundo. No entanto, a EOS ainda não concluiu a construção de seu produto. Nesse estágio, tudo é apenas teórico. A parte mais interessante sobre o EOS é que eles querem construir uma plataforma que funcione como um sistema operacional. Daí o nome E-OS. A capacidade de processar milhões de transações por segundo resolveria um grande problema, já que outros blockchains podem reconhecer contratos inteligentes, nenhum deles pode executar essa tarefa com rapidez suficiente. Por exemplo, apesar de o Ethereum ser o blockchain de contrato inteligente mais popular, ele só pode lidar com 15 transações por segundo.

ICO da EOS (como muitos outros blockchains de contrato inteligente) é muitas vezes referido como o "assassino da Ethereum", porque ele pode fazer tudo o que Ethereum faz e mais rápido. A capacidade de processar dados mais rapidamente ajuda a EOS com o problema de “escalabilidade” que a Ethereum está enfrentando atualmente. A escalabilidade é uma das coisas mais importantes a considerar ao analisar o potencial de um projeto blockchain. Como a Ethereum ainda é capaz de processar cerca de 15 transações por segundo, ela se depara com problemas quando mais operações precisam ser tratadas. Quanto mais transações são enfileiradas, o tempo de conclusão de cada transação aumenta. Embora a rede EOS ainda não tenha sido construída, a ICO (Oferta Inicial de Moedas) da EOS foi muito interessante por alguns motivos.

FATO INTERESSANTE

A ICO que a EOS está organizando para financiar seu projeto começou em 26 de junho de 2017. A data estabelecida para o término foi 1º de junho de 2018. Isso fez com que a ICO da EOS fosse de 350 dias, atualmente a mais longa ICO de sempre.

Initial Coin Offering

Durante os 350 dias, a ICO da EOS conseguiu levantar 7.162.546,39 ETH em seu último dia. Isso significa que eles conseguiram até agora US $ 4.201.836.214 (US $ 4,2 bilhões) no preço atual da Ethereum de US $ 586.

O montante de fundos arrecadados pela EOS faz com que eles não sejam apenas a oferta de moeda inicial mais longa, mas uma das mais bem-sucedidas de todos os tempos. Com a ICO da EOS terminada, eles liberaram 700 milhões de seus tokens, o que equivale a 70% do total da oferta de token. A EOS tem alguns membros experientes da equipe, incluindo Daniel Larimer, que também foi co-fundador da BitShares e da Steem. Os projetos de criptomoeda de Larimer agora valem bilhões de dólares.

Usando o modelo Initial Coin Offering, o negócio permite a participação em todo o mundo, e a facilidade de envolvimento garante que as pessoas que não considerem investir antes possam fazê-lo. Captação de recursos através do modelo Initial Coin Offering mostra que, dadas as condições adequadas, o mercado de investidores é muito maior do que se pensava anteriormente pelas empresas que buscavam financiamento. A principal atração do Initial Coin Offering (ICO) é que os investidores possam ver os resultados de seus investimentos em tempo real. Desde que eles estão trocando uma moeda por outra, e todos os dados são públicos. Como investidor, eles podem rastrear o preço de seus investimentos e tomar decisões com base na opinião pública ou no progresso da equipe.

As diferenças entre Ethereum e NEO

Outra criptomoeda que tem lutado pelo primeiro lugar é o NEO. O NEO tem proliferado e feito uma boa tentativa de se aproximar do Ethereum. No entanto, como a EOS está trabalhando para aumentar o número de transações processadas, a NEO está tentando ir além disso. As principais diferenças entre o NEO e o Ethereum poderiam ser resumidas em:

  1. A NEO encontrou suporte instantâneo entre a comunidade de desenvolvedores porque suporta a programação em vários idiomas, como C ++, C #, Java. Por outro lado, para criar um projeto na rede Ethereum, uma linguagem relativamente nova foi criada explicitamente para o desenvolvimento de contratos inteligentes chamada Solidity.
  2. Velocidade de transação. O NEO pode lidar com cerca de 10.000 transações por segundo, já que o Ethereum está limitado a 15 transações por segundo.
  3. O blockchain NEO tem duas moedas diferentes - NEO e GAS. Ethereum só tem Ether. Qualquer pessoa que tenha NEO em sua carteira é recompensada na forma de GAS. Você pode pensar em NEO como as ações de uma empresa e GAS como o dividendo.
  4. Ethereum (Ether) é divisível em unidades menores (gas), mas NEO é indivisível. Portanto, transferências de 10.5 NEO ou 1.2 NEO são impossíveis, pois só existem em números inteiros.
  5. O NEO é a primeira e mais significativa criptomoeda chinesa e é supostamente apoiada pelo governo chinês. Ethereum, por outro lado, não é apoiado pelo governo chinês. A NEO tem uma excelente oportunidade de capturar o massivo mercado chinês e outros mercados asiáticos.

Token vs Moeda: qual a diferença?

Falando sobre NEO, Ethereum e EOS, é essencial mencionar a diferença em token vs moeda. Melhor maneira de distinguir moedas e tokens, é analisando a criptomoeda em si. As moedas são nativas ao blockchain, como o Bitcoin. Tokens foram construídos em cima de outro blockchain. Então, Ether seria uma moeda, porque tem um blockchain nativo. No entanto, se a rede Ethereum for utilizada e uma nova criptomoeda for criada na parte superior da rede Ethereum, ela será considerada um token. Então, em suma, a diferença em token vs moeda é ter a seu próprio blockchain nativo.

Crie sua própria criptomoeda

Quando você quiser criar sua própria criptomoeda, é essencial decidir se um blockchain separado é necessário. Porque esta decisão altera drasticamente o processo de criação. Se você quiser criar sua própria criptomoeda, com um blockchain separado requer mais tempo e financiamento. No entanto, se um blockchain separado não for necessário, um token poderá ser criado. Dessa forma, em vez de construir um blockchain separado, um aplicativo é construído. Este aplicativo é executado em um blockchain existente - como Ethereum ou NEO. As principais coisas que precisavam ser consideradas antes de criar uma criptomoeda deveriam ser:

  1. A ideia, que problema o projeto resolve e como é diferente das soluções existentes?
  2. Desenvolvedores, se um token ERC20 estiver sendo feito (na rede Ethereum), desenvolvedores que sejam proficientes em Solidity serão necessários. Se um token NEP-5 estiver sendo feito, desenvolvedores que sejam proficientes em linguagens de programação como C ++ e Java serão necessários. Além disso, os desenvolvedores também precisarão criar um contrato inteligente se uma ICO for organizada para crowdfunding.
  3. Uma auditoria de código realizada por profissionais. Se os problemas de segurança aparecerem no meio do projeto, pode ser o fim. Um exame diminui as chances de projetos serem hackeados.
  4. Um resumo informativo do projeto. Ter um informativo white-paper, roadmap ou pitch-deck permite que potenciais colaboradores se familiarizem com o projeto.
  5. Os white papers devem ser de fácil leitura, concisos e repassar todos os principais pontos do projeto. Um white paper é onde os contribuidores em potencial podem obter todas as informações necessárias sobre o seu projeto. Quando um colaborador em potencial lê o white paper, ele não deve ter perguntas a fazer. Os melhores white papers também são originais, fáceis de ler e entender, descrevem todos os pontos significativos em sequência. Alguns dos melhores white papers também contêm gráficos / ilustrações que ajudam os colaboradores a entender melhor o problema e como o projeto pretende resolver o problema.

Um white paper geralmente deve ser formatado como um PDF. Isso garante que seja fácil de distribuir e difícil de editar. Edições de white papers são desaprovadas na comunidade de criptomoeda, pois as pessoas sentem que a equipe não prestou atenção suficiente ao delinear sua missão ou quer mudar o produto que se propuseram a fazer.

Evite redundância. White papers longos não são considerados melhores de forma alguma. Como potenciais investidores gastam tempo e energia lendo o white paper, é melhor mantê-lo relevante. Explicando todos os pontos significativos em no menor número de páginas possíveis.

Aproveitando o apelo mundial das ICOs, o white paper deve refletir isso. Traduzir o white paper em vários idiomas pode aumentar significativamente o alcance do projeto e ajudar os investidores de países que não falam português a entender melhor o plano.

Aperfeiçoar seu white paper não é tarefa fácil. No entanto, uma equipe genuína não deve ter problemas para reunir as informações necessárias para construir um ótimo white paper. Os white papers ajudam a finalizar a visão e a elaborar todos os detalhes com antecedência.

Google, Facebook, Mailchimp baniram ICO

As ICOs percorreram um longo caminho desde sua criação durante o verão de 2013. A captação de quantias tão grandes de dinheiro que é muito difícil de rastrear ou recuperar, porque a maioria das transações é anônima, não veio sem os seus problemas.Google, Facebook, Mailchimp já baniram os anúncios de ICO.

Initial Coin Offering

A proibição aconteceu após ICOs fraudulentas que pediram financiamento para seus projetos e simplesmente fugiram com todo o dinheiro. Essas ICOs fraudulentas são a razão pela qual foi feito um esforço extra para proteger os usuários menos informados. A proibição da propaganda também impacta diretamente vários esforços de marketing da ICO. Abrindo caminho para novas plataformas para aumentar a popularidade como anúncios. Como o LinkedIn, os anúncios pagos ainda são proibidos, mas ainda existem comunidades de criptomoeda. O engajamento com essas comunidades poderia abrir entusiastas da criptomoeda / blockchain com a mesma mentalidade a apoiar seu projeto. Outros canais como o Telegram, que permite aos usuários criar grupos com até 100 mil membros e oferecer mensagens instantâneas, têm sido significativos na comunidade de criptomoeda. Além disso, participar ativamente das discussões do Reddit pode fornecer um projeto para uma das maiores audiências do mundo. Em conclusão, a proibição da mídia social afetou o mercado de criptomoedas de uma forma ou de outra. No entanto, o Facebook ou o Twitter não são os lugares onde a maioria dos entusiastas da criptomoeda se encontram, e estes eram mais usados ​​para atingir novos clientes.

Conclusão

No final, todos que decidirem participar de uma Oferta Inicial de Moedas devem fazer sua pesquisa e ir com cautela. Criptomoeda não é mais um nicho para os poucos selecionados. É uma indústria multibilionária em que os investidores podem ganhar ou perder quantias significativas de dinheiro em algumas semanas. Há muito potencial em utilizar a tecnologia blockchain para projetos futuros. Então, organizar uma Oferta Inicial de Moedas pode ser a maneira mais fácil de obter financiamento. No entanto, nada existe sem seus perigos. Organizar uma Oferta Inicial de Moedas bem-sucedida precisa de um projeto bem pensado, uma equipe experiente e dedicada para criar campanhas de marketing bem-sucedidas e apoio do público. Quer ler mais sobre o que é ICO? Siga mais este artigo no nosso blog.

Leave your honest feedback

Leave your genuine opinion & help thousands of people to choose the best crypto exchange. All feedback, either positive or negative, are accepted as long as they’re honest. We do not publish biased feedback or spam. So if you want to share your experience, opinion or give advice - the scene is yours!

FAQ

How to pick the best crypto exchange for yourself?

Picking out the best crypto exchange for yourself, you should always focus on maintaining a balance between the essential features that all top crypto exchanges should have, and those that are important to you, personally. For example, all of the best exchanges should possess top-tier security features, but if you’re looking to trade only the main cryptocurrencies, you probably don’t really care too much about the variety of coins available on the exchange. It’s all a case-by-case scenario!

Which cryptocurrency exchange is best for beginners?

Reading through various best crypto exchange reviews online, you’re bound to notice that one of the things that most of these exchanges have in common is that they are very simple to use. While some are more straightforward and beginner-friendly than others, you shouldn’t encounter any difficulties with either of the top-rated exchanges. That said, many users believe that Coinbase is one of the simpler exchanges on the current market.

What is the difference between a crypto exchange and a brokerage?

In layman’s terms, a cryptocurrency exchange is a place where you meet and exchange cryptocurrencies with another person. The exchange platform (i.e. Binance) acts as a middleman - it connects you (your offer or request) with that other person (the seller or the buyer). With a brokerage, however, there is no “other person” - you come and exchange your crypto coins or fiat money with the platform in question, without the interference of any third party. When considering cryptocurrency exchange rankings, though, both of these types of businesses (exchanges and brokerages) are usually just thrown under the umbrella term - exchange. This is done for the sake of simplicity.

Are all the top cryptocurrency exchanges based in the United States?

No, definitely not! While some of the top cryptocurrency exchanges are, indeed, based in the United States (i.e. Coinbase or Kraken), there are other very well-known industry leaders that are located all over the world. For example, Binance is based in Tokyo, Japan, while Bittrex is located in Liechtenstein. While there are many reasons for why an exchange would prefer to be based in one location over another, most of them boil down to business intricacies, and usually have no effect on the user of the platform.

Days
Hours
Minutes
Seconds