Ripple ou Bitcoin: Qual É a Melhor Alternativa?

Então, você já ouviu falar sobre duas das criptomoedas mais populares, Ripple ou Bitcoin, mas não tem certeza de qual é a diferença entre elas? Ou talvez você saiba o que elas fazem, mas não tem certeza de como a tecnologia dessas duas criptomoedas se compara? De qualquer forma, segure firme, pois estou prestes a ensinar tudo o que você precisa saber!

Nesse guia Ripple ou Bitcoin, primeiro vou começar com o básico. Vou falar sobre as coisas, seu propósito, suas velocidades de transação e o estoque total de moedas de ambos os projetos.

Em seguida, irei falar sobre a descentralização de cada projeto, junto com a escalabilidade de cada blockchain. Finalmente, irei discutir como cada projeto foi executado até agora.

Ao final da leitura desse guia, você terá todas as informações de que precisa para decidir qual criptomoeda é a melhor.

Então, o que você está esperando? A primeira parte desse guia Bitcoin ou Ripple vai começar apresentando esses dois blockchains!

Básico Entre Ripple e Bitcoin

Em sua forma mais simples, Bitcoin e Ripple são criptomoedas suportadas pela tecnologia blockchain, que permite que pessoas de todo o mundo usem esses blockchains para enviar e receber fundos. Ambos os projetos têm sua moeda nativa, que pode ser adquirida online em uma exchange de terceiros.

Embora a princípio essas criptomoedas possam parecer muito semelhantes, há algumas diferenças claras que abordarei agora.

Ripple ou Bitcoin: Qual É a Melhor Alternativa?: Logotipos de Ripple e Bitcoin

Bitcoin Explicado

Criado em 2009, o Bitcoin foi a primeira criptomoeda, a original. Foi construído por um desenvolvedor anônimo chamado Satoshi Nakamoto, que queria criar um novo sistema de pagamento global que permitiria às pessoas enviar e receber dinheiro digital em uma base ponto a ponto.

Ponto a ponto é semelhante a “pessoa a pessoa”, o que significa que nenhum terceiro ou intermediário é necessário para processar e verificar as transações. Como resultado, o sistema Bitcoin é “descentralizado”, porque não é controlado por nenhuma pessoa ou autoridade única, nem é controlado por nenhum banco central, governo ou estado-nação.

Em vez disso, as transações são confirmadas pela comunidade Bitcoin contribuinte, chamada de mineradores”. Qualquer pessoa no mundo pode se tornar um minerador conectando um dispositivo ao computador. Em troca de seu tempo e custos de eletricidade, aqueles que são bem-sucedidos são recompensados ​​com Bitcoins extras.

Se você estiver um pouco confuso, não se preocupe, falarei sobre esse processo com mais detalhes na próxima seção!

Bitcoin (BTC) também tem um suprimento máximo de 21 milhões de moedas. A oferta atual circulante é de 17,1 milhões, com o número aumentando a cada dia. No entanto, nunca haverá mais de 21 milhões de Bitcoins extraídos, e esse número espera ser atingido em 2140.

Agora que o Bitcoin foi explicado, a próxima parte do meu guia Ripple ou Bitcoin vai descobrir sobre a Ripple.

Ripple Explicado

Ripple ou Bitcoin: Qual É a Melhor Alternativa?: Logotipo oficial da Ripple

Ripple foi lançada pela primeira vez em 2012, três anos após o Bitcoin. Foi construído por uma empresa chamada Ripple Labs, com sede nos Estados Unidos. O objetivo da Ripple era criar um sistema de pagamento que pudesse ser usado pelos bancos para transferir fundos tanto doméstica quanto internacionalmente.

Embora tenham como alvo o setor de serviços financeiros, qualquer pessoa pode comprar e vender Ripple - a moeda XRP.

As pessoas costumam ficar confusas sobre a diferença entre Ripple e XRP, então vou esclarecer as coisas rapidamente. Ripple é o nome da tecnologia blockchain que permite às pessoas enviar e receber fundos (esses fundos podem ser convertidos para a maioria das moedas). Por outro lado, XRP é o nome da criptomoeda, da mesma forma que Ether é a criptomoeda e Ethereum é o blockchain.

Assim como o Bitcoin, o blockchain da Ripple não exige que terceiros confirmem e verifiquem as transações, permitindo que as pessoas enviem e recebam fundos ponto a ponto. No total, haverá um suprimento máximo de 100 bilhões de moeda XRP, com um suprimento circulante atual de cerca de 60 bilhões.

Então, agora que você conhece o básico absoluto da Ripple XRP, a próxima parte do meu guia Ripple ou Bitcoin examinará o desempenho de cada blockchain!

Desempenho Técnico

Bitcoin

Ao enviar fundos para outra pessoa, o blockchain Bitcoin leva aproximadamente 10 minutos para que a transação seja confirmada. Isso permanece o mesmo, não importa onde o remetente e o destinatário estejam localizados.

Esteja você enviando fundos para alguém na mesma cidade que você ou para alguém do outro lado do mundo, sempre levará cerca de 10 minutos! Ao comparar isso com o tempo que leva para enviar dinheiro para o exterior com um banco, é muito mais rápido usar Bitcoin, pois os bancos podem levar até três dias para processar a transferência.

Quando o Bitcoin foi lançado pela primeira vez, as taxas de transação eram muito baixas. Custaria apenas uma fração de centavo para processar a transação. Isso tornou o Bitcoin ideal como sistema de pagamento global.

No entanto, à medida que o sistema se tornou cada vez mais popular, o valor que os usuários têm de pagar aumentou substancialmente. Durante seu período mais movimentado no final de 2017, as taxas de transação estavam custando até U$40, o que não é sustentável para micropagamentos, para dizer o mínimo.

Curiosidade: as altas taxas de Bitcoin foram a principal razão pela qual o Bitcoin Cash foi criado!

Cada sistema no mundo só pode lidar com uma certa quantidade de transações antes de ficar sobrecarregado. Por exemplo, embora em 2016 a Visa processe apenas uma média de 1.667 transações por segundo, ela pode processar mais de 50.000 por segundo se for necessário, mas não pode exceder muito mais do que isso.

Por outro lado, você tem Bitcoin. Embora o Bitcoin seja a criptomoeda mais popular do mundo, ele só pode processar no máximo 7 transações por segundo. Esse é um enorme problema de escalabilidade que o Bitcoin deve resolver se quiser realizar o sonho de se tornar um sistema de pagamento global.

Então, agora que você sabe sobre o desempenho do Bitcoin explicado, a próxima parte do meu guia Bitcoin ou Ripple vai ver como é o desempenho da Ripple...

Ripple

Como você logo descobrirá, o blockchain da Ripple tem um desempenho muito melhor do que o Bitcoin. Aqui está o motivo...

Em primeiro lugar, ao enviar a moeda XRP de uma carteira para outra, leva apenas alguns segundos para que a transação seja confirmada. Isso torna a Ripple uma alternativa muito melhor ao Bitcoin no que diz respeito à velocidade das transações.

Quando se trata de taxas de transação, a Ripple é praticamente gratuita porque o custo padrão para fazer uma transferência é de apenas 0,00001 XRP. Para colocar isso em números do mundo real, mesmo quando o XRP atingiu seu ponto mais alto em janeiro em U$3,29, isso representaria uma taxa de transação de apenas U$0,0000329. Isso significa que você pode enviar mais de 30.000 transações antes de pagar $1 em taxas de transação!

Então, e quanto à escalabilidade? Bem, mais uma vez, a moeda Ripple tem um desempenho significativamente melhor do que o Bitcoin. Lembra como mencionei anteriormente que o Bitcoin só pode lidar com 7 transações por segundo? Bem, a Ripple pode processar mais de 1.500 por segundo!

Todas as estatísticas acima tornam a Ripple ideal para a indústria interbancária multibilionária. É aqui que os bancos enviam dinheiro para outros bancos localizados em outros países. No momento, os bancos precisam usar uma organização terceirizada localizada na Bélgica, chamada SWIFT. Como resultado, as transações são caras e podem levar cerca de 3 dias antes de serem liquidadas.

Além disso, quando os bancos estão localizados em países em desenvolvimento e têm que negociar em uma moeda que não é popular, eles geralmente precisam realizar várias exchanges, pois não há liquidez suficiente no mercado. Ao usar Ripple, os bancos podem usar XRP como uma ponte de liquidez, economizando muito tempo e dinheiro das instituições.

Então, agora que você sabe como os dois projetos de blockchain se saem, a próxima parte do meu guia Ripple ou Bitcoin discutirá qual blockchain é mais descentralizado.

Ripple ou Bitcoin: Descentralização?

Descentralização significa não ser controlado por uma única pessoa ou autoridade. No entanto, há discussões em andamento na comunidade de criptomoedas em relação ao fato de que ambos os projetos não são tão descentralizados como deveriam ser.

Bitcoin

Quando se trata de Bitcoin, embora seja verdade que nenhuma entidade controla a rede, as coisas mudaram desde seus primeiros dias. Quando o Bitcoin foi lançado pela primeira vez, qualquer um poderia se tornar um minerador usando uma GPU ou CPU, que são baratas para comprar.

No entanto, agora é possível usar um hardware caro chamado ASIC. ASICs são muito mais poderosos do que GPUs e CPUs, o que significa que eles sempre terão mais chance de ganhar a recompensa de mineração. Como resultado, aqueles que não podem comprar ASICs não têm uma chance justa de contribuir para o sistema.

Esse não é o único problema.

Existem agora algumas organizações poderosas que gerenciam 'Pools de mineração', nos quais diferentes mineradores de Bitcoin juntam seus recursos para garantir que tenham a melhor chance de ganhar o prêmio de mineração de Bitcoin. Eles constroem fazendas de mineração de Bitcoin consistindo em milhares de dispositivos ASIC. A ideia é simples - quanto mais dispositivos ASIC você tiver, mais chances terá de ganhar a recompensa.

A maioria desses pools de mineração está localizada na China, onde os custos de eletricidade são baratos. Quando verifiquei as estatísticas pela última vez (que você pode ver abaixo), apenas quatro pools de mineração controlam mais de 50% do poder total de hashing do Bitcoin.

Ripple ou Bitcoin: Qual É a Melhor Alternativa?: Pools de mineração de Bitcoin

Isso coloca muito poder nas mãos de uma quantidade muito pequena de pessoas, o que vai contra a ideologia descentralizada do Bitcoin.

Ripple XRP

Também existem preocupações dos fãs de criptomoedas de que a Ripple XRP não seja tão descentralizada quanto deveria ser. Em primeiro lugar, ao contrário do Bitcoin, a moeda Ripple é controlada por uma empresa chamada Ripple Labs. É importante lembrar que, embora eles não tenham o poder de alterar transações ou controlar os fundos das pessoas, eles controlam o fornecimento de XRP.

No momento da redação, junho de 2018, havia aproximadamente 60 bilhões de moedas em circulação, de um estoque total de 100 bilhões. O grande problema é que os 40 bilhões restantes (40%) são controlados pelos fundadores da Ripple - Ripple Labs.

Eles têm o poder de fazer o que quiserem com as moedas, o que significa que, tecnicamente, podem manipular seu preço. Se a Ripple Labs decidir emitir uma grande quantidade das moedas que controla, isso pode afetar negativamente o preço.

A outra preocupação que encontrei ao pesquisar esse guia Ripple ou Bitcoin, é que algumas pessoas não gostam do fato de que o blockchain não é mantido pela comunidade XRP. No caso do Bitcoin, embora o sistema tenha se tornado dominado por grandes pools de mineração, qualquer pessoa pode tentar contribuir com a rede comprando o hardware necessário.

Esse não é o caso com a Ripple, pois não é possível minerar XRP. Em vez disso, a rede usa algo chamado “Validadores de transação”. As únicas pessoas que podem se tornar um validador de transações são os bancos que instalam a tecnologia.

Tecnicamente falando, ela ainda é descentralizada porque nenhum validador pode assumir o controle da rede, nem alterar ou manipular uma transação. No entanto, algumas pessoas acham que todos deveriam ter a chance de contribuir com a rede, não apenas as instituições financeiras.

Então, agora que você conhece algumas das preocupações que as pessoas têm em relação à descentralização de ambos os projetos, a próxima parte desse guia Ripple ou Bitcoin discutirá como as transações chegam a um consenso.

Bitcoin ou Ripple: Como Chegam a um Consenso?

Nenhum desses protocolos requer terceiros para confirmar, verificar e auditar as transações. Então, como eles fazem isso?

Em primeiro lugar, deixe-me explicar rapidamente o que é um mecanismo de consenso. Cada blockchain usa um algoritmo criptográfico para confirmar que uma transação é válida sem passar por um intermediário. Isso garante que a pessoa que está enviando o dinheiro realmente tenha os fundos e também garante que os fundos não sejam gastos duas vezes (gasto duplo).

Cada dispositivo conectado à rede Bitcoin ou Ripple é chamado de node e, para que uma transação seja confirmada, uma porcentagem de nós deve “chegar ao consenso” - o que significa que concordam que a transação é válida.

Bitcoin e Ripple usam um mecanismo de consenso diferente, que discutirei a seguir.

Mecanismo de Consenso

Bitcoin: Prova de Trabalho

O primeiro mecanismo de consenso de blockchain foi criado pelo desenvolvedor do Bitcoin e é chamado de Prova de Trabalho (PoT). A melhor maneira de entender a Prova de Trabalho é pensar em um cálculo realmente difícil.

A rede Bitcoin gera um cálculo aleatório que é tão difícil que nenhum ser humano poderia resolvê-lo. Em vez disso, requer uma grande quantidade de poder computacional para ser resolvido. O cálculo leva 10 minutos para ser resolvido. Uma vez resolvido, a transação Bitcoin é confirmada como válida.

Cada node que está conectado à rede compete entre si para se tornar o primeiro dispositivo a resolver o cálculo. Quem chegar primeiro, ganha a recompensa de mineração de Bitcoin. O principal problema com o modelo de prova de trabalho é que ele requer grandes quantidades de eletricidade. Por exemplo, um estudo recente revelou que a mineração de Bitcoin consome mais eletricidade do que 159 nações individuais!

Ripple ou Bitcoin: Qual É a Melhor Alternativa?: Prova de trabalho do Bitcoin

O segundo problema com a Prova de Trabalho (como discutido anteriormente) é que ela permite que as pessoas usem hardware muito caro, o que significa que aqueles que podem investir mais dinheiro têm uma chance muito maior de ganhar a recompensa do Bitcoin.

Em terceiro lugar, e possivelmente o mais importante, o modelo de Prova de Trabalho contribuiu para as questões de taxas altas, transações lentas e incapacidade de escala.

Então, agora que você sabe qual mecanismo de consenso o Bitcoin usa, a próxima parte do meu guia Ripple ou Bitcoin vai ver o que o Ripple usa!

Ripple: Acordo Federado Bizantino

O blockchain da Ripple usa um mecanismo de consenso denominado Acordo Bizantino Federado (FBA). Assim como o Bitcoin e seu modelo de Prova de Trabalho, a FBA busca chegar a um consenso entre os diferentes nodes.

No FBA, cada node confiará em um número limitado de outros nós, que é conhecido como "Círculo". A rede da Ripple tem muitos círculos diferentes, cada um sobrepondo-se uns aos outros de forma que essencialmente todos os nodes estejam de alguma forma conectados.

Validadores de transações que são usados ​​para verificar transações (bancos que usam a tecnologia), eles são individualmente selecionados e credenciados antes de terem a capacidade de realizar a verificação de transações.

Isso significa que, na realidade, nenhum dos bancos que usam a tecnologia vai querer manipular o consenso, pois o estão usando para dar suporte às suas transações. Mesmo que o fizessem, ficaria claro para todos os outros Validadores de Transação ver quem simplesmente rejeitaria a transação.

Ao contrário do Bitcoin, a Ripple e seu mecanismo de consenso FBA não são necessários para resolver cálculos complexos, o que significa que ele usa muito menos eletricidade do que o Bitcoin. Isso o torna um sistema mais eficiente e garante que as taxas de transação sejam mantidas baixas.

Por fim, nos poucos segundos que o sistema precisa para confirmar uma movimentação de fundos, pelo menos 80% dos Validadores de Transação devem chegar a um consenso para marcar a transação como válida.

Então, agora que você sabe sobre os dois mecanismos de consenso que são usados, a parte final do meu guia Ripple ou Bitcoin vai ver como os projetos têm se saído até agora!

Primeiro, porém, aqui está uma tabela de comparação para que você possa recapitular algumas das principais diferenças entre esses dois projetos!

Tabela de Comparação

  Mecanismo de Consenso Transações/s Valor de Mercado Suprimento em Circulação Data de Lançamento Equipe/Organização Taxas de Transação
Ripple FBA 1.500 18bi 40bi 2012 Ripple Labs <$0.01
Bitcoin PoT 7 104bi 17mi Jan/2009 Bitcoin Core $0.50-$3.00

Ripple ou Bitcoin: A História Até Aqui

Quando as pessoas têm o argumento Ripple ou Bitcoin, uma coisa com a qual todos concordam é que os dois projetos de blockchain tiveram um desempenho excepcional. No entanto, sendo a criptomoeda original, o Bitcoin sempre foi a moeda número um em termos de valor, valor de mercado, adoção e uso no mundo real.

O ano de 2017 foi o de maior sucesso até à data, tendo a BTC aumentado o seu valor em mais de 2.000%. No final do ano, o Bitcoin atingiu seu maior recorde de U$20.000, com uma valor de mercado total de pouco mais de U$320 bilhões. Para colocar isso em perspectiva, isso representou uma capitalização de mercado mais alta do Goldman Sachs e do Morgan Stanley!

Em termos de uso no mundo real, cada vez mais fornecedores estão começando a aceitar o Bitcoin como método de pagamento. Isso é especialmente verdadeiro no Japão, onde agora é possível gastar Bitcoin em mais de 200.000 lojas diferentes! Outras organizações conhecidas que aceitam Bitcoin incluem Microsoft, Expedia, PayPal, Overstock e até mesmo Virgin Galactic.

No entanto, levará muito tempo antes que o Bitcoin seja usado como um sistema de pagamento global principal. A principal razão para isso é que os desenvolvedores precisam corrigir seus problemas de desempenho. Tempos de transação de 10 minutos, altas taxas e níveis de escala de apenas 7 transações por segundo estão a um milhão de milhas de um sistema de pagamento global sustentável.

A boa notícia é que a equipe está trabalhando na segunda camada de tecnologia de pagamento no topo do Bitcoin, chamada “Lightning Network”, que esperançosamente levará o Bitcoin para o próximo nível com transações rápidas, baratas e altamente escaláveis!

Então, e a Ripple XRP? Ripple é agora a terceira criptomoeda mais forte em termos de valor de mercado. Assim como o Bitcoin, a moeda Ripple teve um ano incrível em 2017. No início do ano valia apenas $0,0065, mas no final subiu para $2,40.

Quando se trata do objetivo real da empresa controladora, Ripple Labs, eles estão fazendo parcerias realmente boas com alguns dos maiores bancos do mundo. Mais de 100 instituições financeiras diferentes estão testando o protocolo Ripple, incluindo Santander, Bank of America e Credit Agricole!

No futuro, espera-se que o setor financeiro use XRP para liquidar seus pagamentos interbancários. Todo o setor vale trilhões de dólares a cada ano, portanto, se tudo correr conforme o planejado, o valor da moeda XRP poderá em breve atingir novos máximos.

No entanto, esse não é um conselho de investimento.

Ripple ou Bitcoin: Conclusão

E esse é o fim desse guia Ripple ou Bitcoin! Antes de abrir esse artigo, você não tinha certeza das principais diferenças entre os dois. No entanto, se você leu esse guia do início ao fim, agora você deve ter uma boa ideia do que diferencia essas duas criptopotências.

Como você provavelmente já sabe, o blockchain da Ripple tem um desempenho muito melhor do que o Bitcoin. Ele executa transações mais rápidas, transações mais baratas e transações mais escalonáveis. Não apenas isso, mas o mecanismo de consenso da Ripple é muito melhor para o meio ambiente - ela não desperdiça grandes quantidades de energia. Os objetivos da Ripple são diferentes dos do Bitcoin, então não pense na Ripple como se tornando "o próximo Bitcoin".

Bitcoin ainda é (como sempre foi) a criptomoeda número um. Eu acredito que o Bitcoin é mais adequado como uma reserva de valor do que um sistema de pagamento, de forma semelhante ao ouro ou prata. No entanto, o mais importante é que a próxima atualização do Bitcoin, a Lightning Network, seja bem-sucedida. Isso tornará o Bitcoin mais utilizável como sistema de pagamento.

Então, qual criptomoeda você prefere depois de ler esse guia Ripple ou Bitcoin? Decidiu escolher um em vez do outro ou é como eu e prefere investir em ambos? Por favor, deixe-me saber sua opinião na seção de comentários abaixo!

Deixa o seu comentário honesto

Deixe sua opinião genuína e ajude milhares de pessoas a escolher a melhor exchange de criptografia. Todos os comentários, positivos ou negativos, são aceitos, desde que sejam honestos. Não publicamos feedback tendencioso ou spam. Então, se você quiser compartilhar sua experiência, opinião ou dar conselhos - o espaço é seu!

Perguntas Frequentes

Como escolher a melhor exchange de criptomoedas?

Ao escolher a melhor exchange de criptografia , você deve sempre se concentrar em manter um equilíbrio entre os recursos essenciais que todas as principais exchanges de criptografia devem ter e aquelas que são importantes para você, pessoalmente. Por exemplo, todas as melhores exchanges devem possuir recursos de segurança de alto nível, mas se você deseja negociar apenas as principais criptomoedas, provavelmente não se preocupa muito com a variedade de moedas disponível na exchange. É tudo uma situação caso a caso!

Qual exchange de criptomoedas é a melhor para iniciantes?

Ao ler várias das melhores análises de exchanges de criptografia online, você notará que uma das coisas que a maioria dessas exchanges têm em comum é que elas são muito simples de usar. Enquanto algumas são mais diretas e mais acessíveis para iniciantes do que outros, você não deverá encontrar nenhuma dificuldade com nenhuma das exchanges mais bem cotadas. Dito isso, muitos usuários acreditam que a Coinbase é uma das exchanges mais simples do mercado atual.

Qual é a diferença entre uma exchange de criptomoedas e uma corretora?

Em termos leigos, uma exchange de criptomoedas é um lugar onde você encontra e negocia criptomoedas com outra pessoa. A plataforma de exchange (ou seja, a Binance) atua como um intermediário - conecta você (sua oferta ou solicitação) à outra pessoa (o vendedor ou o comprador). Com uma corretora, no entanto, não há “outra pessoa” - você apenas negocia suas criptomoedas ou moeda fiduciária com a plataforma em questão, sem a interferência de terceiros. Ao considerar as classificações de exchange de criptomoedas, no entanto, esses dois tipos de negócios (bolsas e corretoras) são normalmente incluídos no termo - exchange. Isso é feito por uma questão de simplicidade.

Todas as melhores exchanges de criptomoedas baseadas nos Estados Unidos?

Não, definitivamente NÃO! Embora algumas das principais exchanges de criptomoedas sejam, de fato, baseadas nos Estados Unidos (ou seja, Coinbase ou Kraken), existem outros líderes da indústria muito conhecidos que estão localizados em todo o mundo. Por exemplo, a Binance está sediada em Tóquio, no Japão, enquanto a Bittrex está localizada em Liechtenstein. Embora haja muitos motivos pelos quais uma exchange preferiria ser baseada em um local em vez de outro, a maioria delas se resumem a complexidades de negócios e geralmente não têm efeito sobre o usuário da plataforma.

Dias
Horas
Minutos
Segundos