Fork do Bitcoin: História e próximos forks do Bitcoin

A indústria de criptomoedas e blockchain criou muitos termos novos. Um desses termos é o Fork. E não, não é a coisa que você usa para comer sua comida!

Neste guia, vou explicar tudo o que você precisa saber sobre esses forks. Vou começar explicando o que realmente é um fork BTC, seguido por uma discussão sobre alguns dos forks mais populares e bem conhecidos dos últimos anos.

Depois disso, falarei sobre alguns forks Bitcoin que estão planejados para o futuro, seguidos de minha opinião sobre se o Bitcoin será ou não a criptomoeda número um.

Então, o que você está esperando? Temos muito o que discutir, mas vamos começar descobrindo o que esse um fork realmente é!

O que é um fork BTC?

Em sua forma mais simples, é quando alguém cria uma cópia do código blockchain do Bitcoin e faz alterações nele. Essas alterações podem ser feitas por vários motivos, como o blockchain anterior sendo invadido, ou porque melhorias precisam ser feitas. Geralmente, existem dois tipos de forks blockchain - um  soft 'fork'  e um  'hard fork.

Um soft fork é mais fácil do que um hard fork, pois apenas pequenas mudanças são feitas no blockchain. Um soft fork é conhecido por ser "compatível com versões anteriores", pois, embora as transações antigas não sejam mais válidas, novas transações são reconhecidas pelos nós antigos e pelos novos nós. Para um soft fork ser bem sucedido, ele precisa ter um “consenso majoritário”, que é como uma votação pública.

Nota: Um nó é  um dispositivo, que está conectado a um blockchain, para ajudar a verificar transações. Existem milhares de nós Bitcoin localizados em todos o mundo!

Um hard fork Bitcoin é um pouco diferente, pois ele essencialmente cria um novo blockchain. O Bitcoin Cash é um exemplo famoso de um hard fork do Bitcoin. Como a maioria dos blockchains, como o Bitcoin, são de código aberto, qualquer um pode visualizar e copiar o código, o que significa que um hard fork Bitcoin pode ser feito  por qualquer pessoa.

Então, agora que você sabe o que essa inovação realmente é, a próxima parte do meu guia falará sobre alguns dos mais famosos forks do Bitcoin!

Os mais populares

Bitcoin Cash 

Em 2017, um grupo de desenvolvedores influentes do Bitcoin decidiu realizar um hard fork do Bitcoin, o que resultou na criação de uma criptomoeda e blockchain completamente nova, o Bitcoin Cash  (BCH).

A principal razão por trás desta divisão Bitcoin foi porque as taxas de transação do Bitcoin estavam se tornando muito caras. De fato, a taxa passou de menos de um centavo, em 2009, para alguns dólares por transação.

No entanto, antes do hard fork do Bitcoin ser executado, o grupo de desenvolvedores tentou convencer a comunidade Bitcoin a fazer as mudanças necessárias dentro do Bitcoin original.

As mudanças que a equipe de desenvolvedores queria fazer era aumentar o tamanho máximo do bloco de 1MB para 8MB. Isso permitiria que as mineradoras adicionassem mais transações em um bloco, o que reduziria as taxas que os usuários do Bitcoin pagam para transferir fundos.

Lembra como eu disse que um soft fork precisava receber voto majoritário? Bem, infelizmente, a maioria dos usuários do Bitcoin não quis fazer a mudança, então eles tiveram que criar um blockchain totalmente novo.

O blockchain do Bitcoin Cash foi oficialmente lançado em 1º de agosto de 2017. Assim como o Bitcoin, o fornecimento do Bitcoin Cash está limitado a 21 milhões de moedas e cada bloco leva 10 minutos para ser confirmado.

Por outro lado, como o tamanho máximo de bloco foi aumentado em oito vezes, isso permitiu que o blockchain do Bitcoin Cash (ou fork do Bitcoin) aumentasse a quantidade de transações. A escalabilidade (ou dimensionamento) é a quantidade máxima de transações que um determinado blockchain pode processar a cada segundo.

O Bitcoin é muito limitado neste sentido, pois só pode processar uma média de 7 transações por segundo. Esta é uma das coisas que atualmente estão reduzindo o potencial do Bitcoin - se ele for usado como um sistema de pagamento global, ele deverá melhorar seu desempenho de escalabilidade.

Bitcoin forkFonte: cointelegraph

Devido às mudanças que foram implementadas, após o Fork do Bitcoin, o Bitcoin Cash pode processar cerca de 61 transações por segundo.

Curiosamente, qualquer um que tinha BTC, no dia do fork, recebeu exatamente a mesma quantidade de moedas em Bitcoin Cash (BCH). Isto significa é que, se você tivesse 0,5 BTC, você também receberia 0,5 BCH, quando o Bitcoin Cash fosse lançado.

Desde que este fork do Bitcoin foi lançado, ele tem sido um projeto muito bem sucedido. Na verdade, no momento da escrita desse guia, em junho de 2018, ele é a quarta criptomoeda mais valiosa do mercado. Em dezembro de 2017, o BCH atingiu seu recorde histórico, de mais de US $ 4.000, com uma capitalização de mercado total de pouco menos de US $ 70 bilhões!

A principal pessoa por trás do projeto Bitcoin Cash é um conhecido investidor em criptomoedas, chamado Roger Ver. Ver, muitas vezes conhecido como "Jesus do Bitcoin", acredita que o Bitcoin Cash é realmente o "Bitcoin verdadeiro", e ele acha que ele vai ultrapassar Bitcoin como a criptomoeda número um.

Bitcoin Fork Roger Ver

Bitcoin é a invenção mais importante da história do mundo desde a internet.


Investidor em startups relacionadas ao Bitcoin,
Roger Ver

Então, agora que você sabe sobre o Bitcoin Cash, o próximo fork do Bitcoin que eu queria discutir é o Bitcoin Gold.

Bitcoin Gold 

O BTC Gold é um de fork do Bitcoin que foi lançado oficialmente em outubro de 2017. Enquanto o Bitcoin Cash estava preocupado em reduzir as taxas de transação, as pessoas por trás do Bitcoin Gold queriam tornar o Bitcoin mais “descentralizado”.

Embora o Bitcoin ainda seja tecnicamente descentralizado, e o sistema não seja controlado por nenhuma autoridade, nem seja apoiado por qualquer banco central ou estado-nação, ainda há algumas preocupações com a forma como as transações são verificadas / mineradas.

Isso ocorre porque a grande maioria da mineração do Bitcoin é controlada por alguns pools na China. Um pool de mineração é onde muitas pessoas “juntam” seus recursos de hardware para dar a eles uma chance maior de ganhar a recompensa da mineração.

Uma vez que a recompensa do Bitcoin é ganha, ela é dividida entre o pool, com base em quanto cada pessoa investiu. Em última análise, isso dá às pessoas que executam o pool de mineração muito poder e influência sobre a rede, e é por isso que alguns acreditam que o  Bitcoin se tornou muito centralizado.

Nos primeiros dias, antes que as pools de mineração se tornassem dominantes, era possível minerar o Bitcoin usando uma CPU ou GPU básica, o que significa que qualquer um poderia fazê-lo no conforto de sua própria casa. Esses dias já se foram há muito tempo. Se você quiser uma chance de ganhar a recompensa - você não apenas você precisa fazer parte de um pool de mineração, mas também precisa possuir um hardware ASIC realmente caro.

Mas adivinhe quem fabrica muitos dos hardwares de mineração? Um dos maiores pools de mineração do setor!

Em resposta, o Bitcoin Gold instalou um novo processo de mineração. Ele garante que o hardware especializado e caro não possa ser usado para aumentar as chances de alguém ganhar a recompensa da mineração.

Pense nisso assim:

Se uma Ferrari corresse contra 10 Mini Cooper's, qual carro você acha que ganharia? Bem, obviamente a Ferrari, pois ela tem o motor mais potente! No entanto, o Bitcoin Gold muda as coisas para que, em vez de uma Ferrari estar na corrida, haja apenas 10 Mini Coopers. Isso dá a todos uma boa chance de ganhar.

Assim como o Bitcoin e fork do Bitcoin BTC Cash, o Bitcoin Gold limitará o fornecimento da moeda BTG a um máximo de 21 milhões. Além disso, o tamanho máximo de bloco de 1 MB também não foi aumentado. No entanto, em vez de levar 10 minutos, como o Bitcoin, o Bitcoin Gold pode confirmar uma transação em apenas 2,5 minutos, tornando-a quatro vezes mais rápida!

A outra grande diferença é a maneira como os mineradores verificam as transações. Curiosamente, o Bitcoin Gold também usa o Proof-of-Work (assim como o Bitcoin), mas ele foi modificado para permitir que apenas GPUs sejam mineradores, excluíndo os hardwares ASIC do processo.

Assim como aconteceu com o outro fork do Bitcoin, qualquer um que tivesse Bitcoin na época do lançamento receberia uma quantia idêntica em Bitcoin Gold.

Desde que foi lançado, o Bitcoin Gold também teve um ótimo desempenho. O BTG atingiu seu valor mais alto em dezembro de 2017, alcançando pouco menos de US $ 8 bilhões em capitalização de mercado.

No entanto, em maio de 2018, o Bitcoin Gold experimentou o tão temido “ataque de 51%”. Isso é quando alguém (ou um grupo de pessoas trabalhando em conjunto) é capaz de obter 51% ou mais do poder total de hashing do blockchain, o que significa que eles podem, temporariamente, fazer alterações na rede. Isso resultou em roubo de pouco mais de US $ 18 milhões, em moedas BTG.

Este ataque é realmente bastante irônico, porque o objetivo do Bitcoin Gold era impedir que mineradores centralizados tivessem muito controle. Como resultado, acredita-se que os desenvolvedores estão planejando executar um fork do código Bitcoin Gold, para garantir que isso não aconteça novamente.

Então, agora que você sabe sobre o fork do Bitcoin Gold, a próxima parte do meu guia BTC vai falar sobre o Bitcoin Private!

Bitcoin Private

O Bitcoin Private foi oficialmente lançado em março de 2018, no entanto, ele não era verdadeiramente um fork direto do Bitcoin original. Aqui é onde as coisas ficam um pouco complicadas:

  1. O Bitcoin Private foi um fork de um blockchain chamado ZClassic.
  2. O ZClassic foi fork de um blockchain chamado ZCash.
  3. ZCash foi um fork do Bitcoin original.

Seu fundador e principal desenvolvedor, Rhett Creighton, também criou o ZClassic e, desde então, outros se juntaram à equipe. A idéia do Creighton era combinar a privacidade e o sigilo do ZClassic com a segurança e a popularidade do Bitcoin.

Assim como nos outros forks Bitcoin que eu discuti, qualquer um que tivesse BTC na época do lançamento seria premiado na proporção 1: 1 de Bitcoin Private (BTCP). Além disso, qualquer pessoa que tinha ZClassic (ZCL) também recebeu essa proporção de 1: 1. Isso significa que se você tivesse, tanto o BTC quanto o ZCL, você teria recebido moedas do Bitcoin Private duas vezes!

Bitcoin Fork

No total, haverá um suprimento máximo de 21 milhões de moedas BTCP. O tamanho do bloco é o dobro do Bitcoin, ou seja 2MB. Ele também é capaz de confirmar uma transação quatro vezes mais rápido.

Além disso, assim como o fork do Bitcoin BTC Gold, o mecanismo de mineração foi modificado para evitar que as pessoas usem um hardware caro e poderoso, o que significa que ele é uma rede muito mais justa e igual do que o Bitcoin. Para esclarecer, ele também usa o mecanismo de consenso Proof of Work.

O Bitcoin Gold não só é muito mais rápido e mais justo que o Bitcoin original, mas como o próprio nome sugere, ele também permite transações mais privadas. Assim como o blockchain do ZClassic, o Bitcoin Private usa algo chamado “ZK-Snarks”.

Embora cada movimento de fundos ainda seja lançado no blockchain público, tanto o remetente quanto o destinatário permanecem privados. Isso é um pouco diferente do Bitcoin original, pois embora a identidade real do remetente e do destinatário não seja revelada, é possível descobrir o quanto um determinado endereço Bitcoin tem. Não apenas isso, mas você também pode ver quanto um determinado endereço enviou e recebeu no passado.

Desde que o Bitcoin Gold foi lançado, em março de 2018, ele alcançou um recorde histórico de pouco mais de US $ 1,5 bilhão em capitalização de mercado, atingido em abril de 2018.

Então, agora que você sabe sobre Bitcoin Cash, Bitcoin Gold e Bitcoin Private, o último fork do Bitcoin que eu queria discutir é o Bitcoin Diamond!

Compare Exchanges de Criptomoedas Lado a Lado com Outras

Você sabia?

Já se perguntou quais exchanges de criptomoedas são as melhores para seus objetivos de negociação?

Veja lado a lado e compare o TOP 3 de exchanges de criptomoedas

Bitcoin Diamond

O Bitcoin Diamond foi um fork do Bitcoin original. O foco principal de sua equipe de desenvolvimento era permitir que os usuários ficassem ainda mais anônimos. Nesse sentido, sua finalidade é muito semelhante à do Bitcoin Private.

Quando foi lançado pela primeira vez, em novembro de 2017, o Bitcoin Diamond distribuiu suas moedas de uma maneira um pouco diferente dos outros forks Bitcoin que mencionei. Enquanto os outros mantiveram seu suprimento total em 21 milhões de moedas, o Bitcoin Diamond aumentou esse valor em 10 vezes. Como resultado, se você tivesse 0,5 BTC no momento do fork, então você teria recebido 5 moedas de Bitcoin Diamond (BCD).

Assim como o Bitcoin Cash, o tamanho máximo do bloco aumentou de 1MB para 8MB e o tempo de confirmação da transação ficou em 10 minutos. Algumas pessoas na comunidade de criptomoedas acreditam que o Bitcoin Diamond é uma farsa, e muitos não estão contentes que a equipe nem tenha lançado um white paper.

No momento da escrita desse guia, em junho de 2018, tudo o que sabemos sobre os fundadores é que eles eram originalmente mineradores de Bitcoin, com os nomes de "Team Evey" e "Team 007". De qualquer maneira, ele alcançou um recorde histórico de pouco menos de US $ 1 bilhão em capitalização de mercado, em abril de 2018.

Revisão da Carteira Atomic
Prós
  • Fácil de usar
  • Suporta mais de 300 criptomoedas
  • Segura

Tabela de comparação

Se você leu este guia do fork do Bitcoin até este ponto, agora você tem uma boa ideia dos forks mais populares que aconteceram até agora. Antes de prosseguirmos, dê uma olhada no gráfico de comparação abaixo, que compara as principais características dos diferentes forks.

Bitcoin Fork

Próximos forks do BTC

Antes de continuar, gostaria de mencionar algumas coisas importantes que você deve considerar, caso você tenha Bitcoins e esteja esperando algumas moedas grátis de próximos forks do Bitcoin.

  • Nunca envie Bitcoin para outro endereço só porque um blockchain, que sofreu um fork recente, mandou. Se o fork for legítimo, as moedas estarão disponíveis para você.
  • Se o blockchain, que sofreu um fork recente, pedir para você enviar suas chaves privadas, não faça isso. Isso é definitivamente um golpe.
  • Sempre pesquise o fork você mesmo. Muitos blockchains novos usam o "nome da marca" do Bitcoin para tentar convencer os usuários de que eles são confiáveis. Isso nem sempre é o caso.

Tendo dito isso, podemos dar uma olhada em alguns forks futuros. Os dois forks do  BTC abaixo ainda estão em fase de desenvolvimento, portanto ainda não temos uma data exata para que eles aconteçam.

Anonymous Bitcoin:  Este projecto procura combinar o Proof of Work com o Proof of Stake para melhorar a forma de como as transações são mineradas. Eles também planejam usar a tecnologia ZK-Snark, a qual mencionei anteriormente (Bitcoin Private).

BitcoinZeroX:  A data para esse fork do Bitcoin está agendada para setembro de 2018, mas ainda não foi confirmada. O fork será uma combinação de Bitcoin e Hexxcoin. O objetivo deste fork do BTC é criar um blockchain ainda mais anônimo que o Bitcoin Private. Todos com Bitcoin, Hexxcoin, ou ambos, receberão BitcoinZeroX a proporção de 1: 1.

O Bitcoin sempre será o número um?

Como você provavelmente sabe, o Bitcoin é a primeira criptomoeda que foi lançada. Quando foi lançado em 2009, o principal objetivo do Bitcoin era criar um sistema de pagamentos global que pudesse ser usado por qualquer pessoa no mundo, sem precisar que as transações fossem confirmadas por terceiros.

Bitcoin Fork Bitcoin is Number 1 Cryptocurrency

No entanto, mesmo que o Bitcoin esteja chegando ao seu décimo ano de negociação, o tempo de transação ainda é muito alto ( 10 minutos ). Além disso, a rede só pode lidar com cerca de 7 transações por segundo e as taxas de transação parecem estar ficando cada vez mais altas.

Existem muitos outros projetos de blockchain que realizam transações mais rápidas, mais baratas e mais eficientes, o que os torna muito mais adequados para um sistema de pagamentos global. Embora a equipe do Bitcoin esteja tentando resolver isso com a introdução da 'Rede Lightining, não há garantia de que ela será capaz de resolver seus níveis de desempenho.

Portanto, embora eu ache que o Bitcoin sempre será a criptomoeda número um em termos de uso, valor e capitalização de mercado, não acho que ele será adotado como um sistema de pagamentos global. Em vez disso, acho que a maioria das pessoas usará o Bitcoin como 'Reserva de Valor. Isso é semelhante a um ativo do mundo real, como ouro ou prata.

Em última análise, eu não acho que nenhum dos forks Bitcoin que mencionei vá longe o suficiente para se tornar um sistema de pagamentos global verdadeiramente útil. Eles sempre estarão se valendo do nome Bitcoin, o que é algo muitas pessoas não gostam.

No entanto, esta é apenas a minha opinião pessoal. Eu posso estar certo ou completamente errado! Nós apenas podemos esperar e ver ...

Conclusão

E esse é o fim do meu guia do fork do Bitcoin. Espero que você tenha lido tudo e que agora você deve ter uma boa compreensão do que é um fork e as razões pelas quais eles acontecem.

Eu também listei 4 das criptomoedas mais populares que foram forks do Bitcoin. Algumas deles se concentram em melhorar os níveis de desempenho do Bitcoin original (com taxas mais baixas e mais transações por bloco), enquanto outros se concentram em fornecer maior privacidade ou descentralização.

Por favor, lembre-se de fazer sua própria pesquisa sobre qualquer fork futuro do Bitcoin, e não se deixe enganar por golpistas que tentam pegar suas chaves privadas!

Você acha que o Bitcoin sempre será a criptomoeda número um? Use os comentários abaixo para deixar suas opiniões!

Deixa o seu comentário honesto

Deixe sua opinião genuína e ajude milhares de pessoas a escolher a melhor exchange de criptografia. Todos os comentários, positivos ou negativos, são aceitos, desde que sejam honestos. Não publicamos feedback tendencioso ou spam. Então, se você quiser compartilhar sua experiência, opinião ou dar conselhos - o espaço é seu!

Perguntas Frequentes

Como escolher a melhor exchange de criptomoedas?

Ao escolher a melhor exchange de criptografia , você deve sempre se concentrar em manter um equilíbrio entre os recursos essenciais que todas as principais exchanges de criptografia devem ter e aquelas que são importantes para você, pessoalmente. Por exemplo, todas as melhores exchanges devem possuir recursos de segurança de alto nível, mas se você deseja negociar apenas as principais criptomoedas, provavelmente não se preocupa muito com a variedade de moedas disponível na exchange. É tudo uma situação caso a caso!

Qual exchange de criptomoedas é a melhor para iniciantes?

Ao ler várias das melhores análises de exchanges de criptografia online, você notará que uma das coisas que a maioria dessas exchanges têm em comum é que elas são muito simples de usar. Enquanto algumas são mais diretas e mais acessíveis para iniciantes do que outros, você não deverá encontrar nenhuma dificuldade com nenhuma das exchanges mais bem cotadas. Dito isso, muitos usuários acreditam que a Coinbase é uma das exchanges mais simples do mercado atual.

Qual é a diferença entre uma exchange de criptomoedas e uma corretora?

Em termos leigos, uma exchange de criptomoedas é um lugar onde você encontra e negocia criptomoedas com outra pessoa. A plataforma de exchange (ou seja, a Binance) atua como um intermediário - conecta você (sua oferta ou solicitação) à outra pessoa (o vendedor ou o comprador). Com uma corretora, no entanto, não há “outra pessoa” - você apenas negocia suas criptomoedas ou moeda fiduciária com a plataforma em questão, sem a interferência de terceiros. Ao considerar as classificações de exchange de criptomoedas, no entanto, esses dois tipos de negócios (bolsas e corretoras) são normalmente incluídos no termo - exchange. Isso é feito por uma questão de simplicidade.

Todas as melhores exchanges de criptomoedas baseadas nos Estados Unidos?

Não, definitivamente NÃO! Embora algumas das principais exchanges de criptomoedas sejam, de fato, baseadas nos Estados Unidos (ou seja, Coinbase ou Kraken), existem outros líderes da indústria muito conhecidos que estão localizados em todo o mundo. Por exemplo, a Binance está sediada em Tóquio, no Japão, enquanto a Bittrex está localizada em Liechtenstein. Embora haja muitos motivos pelos quais uma exchange preferiria ser baseada em um local em vez de outro, a maioria delas se resumem a complexidades de negócios e geralmente não têm efeito sobre o usuário da plataforma.

Dias
Horas
Minutos
Segundos