O que é Dogecoin? Guia de Dogecoin para iniciantes

Quando se fala em criptomoedas, a primeira coisa que vem à mente das pessoas é: Bitcoin!Se o Bitcoin fosse uma pessoa famosa, ele seria o Elvis, os Beatles e o Michael Jackson, tudo isso numa só pessoa. Também poderia ser a Taylor Swift! Mesmo assim, aqui estamos nós tentando entender o que é o Dogecoin, então vamos lá.

As pessoas costumam falar muito sobre Bitcoin. Com isso, fica fácil esquecer que há centenas de outras criptomoedas. Algumas delas podem até ser melhores que o Bitcoin.

No entanto, criptomoedas não são apenas ativos digitais, elas também pode ser comunidades. O Dogecoin é uma altcoin que possui uma comunidade que não para de crescer. Nesse tutorial, eu vou te explicar com o Dogecoin começou, como ele é usado e por que ele é tão popular. Então, se alguém te perguntar: ‘O que é Dogecoin?’ Você saberá a resposta.

A história do Dogecoin começou em 2013, então vamos começar por aí...

A história do Dogecoin

Em Dezembro de 2013, um Bitcoin valia 1.083,13 dólares. O mundo estava começando a levar as criptomoedas a sério. Billy Markus e Jackson Palmer também perceberam que as criptomoedas estavam sendo levadas à sério, sério até demais. Eles acreditavam que cripto deveria ser algo divertido e não uma coisa relacionada apenas a dinheiro. Então, eles decidiram criar sua própria moeda. O que é essa moeda criada para ser engraçada? O que é Dogecoin?

O que é Dogecoin

O Dogecoin foi criado em 6 de Dezembro de 2013. Seu mascote é o popular meme do Shiba Inu e a sua pronúncia foi pega emprestada de um show de marionetes na internet. Legal, não é?


A internet ficou bem interessada com essa nova moeda e então as perguntas começaram a se perguntar: ‘O que é o Dogecoin?’. Uma resposta seria: É uma moeda com a foto de um cachorro! No entanto, há muito mais além disso.

O que começou como uma piada, transformou-se em uma grande comunidade cripto. O Dogecoin é geralmente conhecido como uma moeda ‘amiga’ e há um motivo para isso. Desde que começou a fazer sucesso, o Dogecoin tem feito diversas doações para caridades e para outras boas causas.

Os fãs do Dogecoin se auto intitulam Shibes! Eles tem até sua própria língua, a Shibe! Ela é composta de meias palavras em inglês (para soar engraçado) e frases como: ‘Tão incrível’, ‘muito grato’ e ‘muito trabalho’. Existem até geradores de memes em Shibe, os quais você pode usar. Aqui está um que eu fiz para você!

O que é Dogecoin Meme

Os fãs do Dogecoin são um grupo especial e tem usado o Dogecoin para fazer coisas especiais. “Mas que coisas?” você deve estar se perguntando. Continue lendo para descobrir...

Como o Dogecoin é usado?

Agora que você já conhece um pouco sobre o Dogecoin, vamos ver como ele é usado. A  comunidade Dogecoin o utiliza para apoiar boas causas ao redor do mundo.

  • Em 2014, a comunidade Dogecoin arrecadou 50 mil doĺáres para ajudar no envio do time Jamaicano de Bobsled para as olímpiadas de inverno de Sochi.
  • Já para o Dia Mundial da Água(22 de março de 2014), os Shibes leais arrecadaram 30 mil dólares para ajudar na construção de poços de água no vale de Tana, no Quênia.
  • Os Shibes até apareceram na NASCAR (North-American Stock Car Auto Racing). Em março de 2014, os Shibes pagaram 55 mil dólares para patrocinar um piloto chamado Josh Wise. Wise pilotou um carro personalizado com referências do Dogecoin!

O Dogecoin também tem muitos seguidores nas redes sociais. Há uma comunidade no Reddit onde os Shibes podem dar e receber Dogecoins por postagens de qualidade. Eles também utilizam a plataforma para arrecadar dinheiro para boas causas. A SockForTheHomeless e DogePizza são duas instituições de caridade Dogecoin que utilizam a plataforma Reddit.

Então, agora você já sabe sobre a história do Dogecoin e como ele é usado. Você também que ela tem muitos fãs, mas você sabe qual o tamanho do Dogecoin como moeda? Vamos dar uma olhada nos números…

Qual o preço do Dogecoin?

A resposta mais curta é: ele não vale muito. No momento que esse tutorial está sendo escrito (17/08/2018), a cotação do Dogecoin é de 0,002383 dólares!

O que é o Dogecoin Coinmarketcap PriceFonte: coinmarketcap

No entanto, o Dogecoin não tem limite de oferta. Isso quer dizer que há uma quantidade infinita que Dogecoins, por isso o preço do Dogecoin não aumentará tanto quanto o de outras moedas, como Litecoin e Bitcoin, os quais têm sua oferta limitada.

Só serão criados 21 milhões de Bitcoins. No entanto, há aproximadamente 114 bilhões de Dogecoins em circulação nesse momento. Isso faz com que o Dogecoin seja perfeita para transações pequenas e por isso que ela é usada para gorjetas e doações.

 

A cotação do Dogecoin está abaixo de 1 centavo de dólar, mas isso não quer dizer que o Dogecoin não vale nada, mesmo que o preço do Dogecoin esteja baixo. O valor do Dogecoin no mercado é de 330.900.232 dólares, mas ele já foi mais que 1 bilhão de dólares em Janeiro de 2018!

 

Note: Valor de mercado (ou market cap) é quanto valem todas as moedas que estão em circulação no mercado.

Todos esse números parecem bem interessantes, não é? Mas, como que as transações Dogecoin realmente funcionam? Vamos dar uma olhada nisso…

A tecnologia por trás do Dogecoin

Está curioso a respeito da tecnologia por trás do Dogecoin? Bem, todas as criptomoedas tem como fundamento a tecnologia do blockchain. Blockchains podem ser comparadas a grandes bancos de dados digitais ( também conhecidos como livros de registro ) que armazenam informações sobre transações. Toda transação feita com Dogecoin é armazenada no blockchain do Dogecoin.

 

As informações de um blockchain não estão armazenadas em um único local, e sim, em milhares de computadores, conhecidos como nós. É por isso que o blockchain também é conhecimento como uma rede descentralizada. Os blockchains não operam em um servidor centralizado.

 

Vejamos agora como uma transação funciona no blockchain do Dogecoin. Eu usarei os criadores do Dogecoin como exemplo:

Jackson mora na Austrália. Billy mora nos Estados Unidos. Imagine que Jackson deseje enviar dinheiro para Billy. No entanto, ele não quer mandar esse dinheiro por meio de um banco e nem pagar taxas de câmbio. Jackson decide então usar o Dogecoin.

  1. Jackson envia 10 DOGE para Billy.
  2. Os computadores ( nós ) no blockchain do Dogecoin verificam se Jackson realmente tem 10 DOGE para enviar. Se mais da metade dos nós na rede confirmarem que Jackson tem 10 DOGE para envio, a transação acontece. Com isso, a transação é então adicionada ao blockchain.
  3. Billy recebe 10 DOGE.

Os nós ganham uma recompensa para checarem transações. A recompensa é um novo Dogecoin. Isso chama-se mineração. Agora, o que é a mineração no Dogecoin?

Mineração Dogecoin

Quando um nó tenta confirmar uma transação Dogecoin, é como se ele entrasse em uma espécie de loteria. Essa loteria envolve descobrir um código que é dado ao mais novo bloco de transações adicionado ao blockchain. O prêmio (ou recompensa), para o nó que adivinha o código correto, é de 10,000 DOGE.

Esse loteria acontece uma vez por minuto. Isso quer dizer que um novo conjunto de transações Dogecoin é confirmada a cada minuto.

As transações do Dogecoin são muito mais rápidas que as do Bitcoin ou Litecoin. É por isso que ela se tornou tão popular quando as pessoas querem dar uma gorjeta ou fazer uma doação.

Confira nosso guia de mineração de Dogecoin para mais informações.

Para que a transação acima dê certo, Jackson e Billy precisam de algo mais além do Blockchain do Dogecoin. Ambos precisam ter uma carteira Dogecoin. Agora que você já sabe como funciona a mineração de Dogecoin, vamos descobrir o que é uma carteira Dogecoin.

Carteiras Dogecoin

Uma carteira de criptomoeda não é como uma carteira real, onde você guarda notas e moedas. Criptomoedas são ativos digitais, ou seja, elas só existem nos computadores. Carteiras de criptomoedas armazenam informações que você precisa para usar suas criptomoedas. Essas informações incluem chaves públicas e chaves privadas.

Nota: Uma chave pública é como se fosse um endereço de email para o qual uma criptomoeda pode ser enviada. Todos na rede podem vê-la. Uma chave privada é como se fosse a senha para esse endereço de email. É muito importante que você mantenha suas chaves privadas bem guardadas!

 

Há quatro tipos de carteiras Dogecoin:

  1. Carteiras de software: o Dogecoin disponibiliza duas carteiras de software para download.
    • Dogecoin Core: Essa contém todo o blockchain do Dogecoin. Pode demorar mais tempo para ser baixada. Com ela, seu computador se torna um nó Dogecoin.
    • MultiDoge: Essa é uma versão light, ou seja, ela armazena apenas informações necessárias para o uso do Dogecoin. Com ela, no entanto, seu computador não será um nó completo.
  2. Carteiras online: Carteiras Dogecoin ,como a Dogechain, permitem que você use o blockchain do Dogecoin sem precisar armazenar nada em seu computador.
  3. Carteiras de papel: Essas são carteiras Dogecoin que podem ser impressas. É uma maneira segura de armazenar seus Dogecoins. Você pode criar sua carteira de papel em sites como esse.
  4. Carteiras de hardware: São dispositivos de hardware, como usb sticks. Eles podem ser bem caros. O Keepkey custa 68 dólares e um Ledger Nano custa 96 dólares. Esse também é um método seguro de armazenamento de suas Dogecoins.

Dica rápida:  É recomendado que você diversifique a maneira de como você armazena suas criptomoedas, utilizando para isso diferentes tipos de carteiras. Isso previne que todas as suas Dogecoins sejam roubadas caso alguém roube sua carteira.

Corretoras Dogecoin

Corretoras de criptomoedas são sites onde você pode comprar e vender criptomoedas. Você pode comprar e vender Dogecoins na maioria das exchanges existentes, assim como consultar a cotação do Dogecoin. Então, qual seria a melhor corretora para o Dogecoin? As corretoras que tem o maior volume de Dogecoins, em termos de negociações em 24 horas, são a Bit-Z e a Bittrex.

Nota: Volumes de negociação de 24 horas são equivalentes ao total de moedas que foram compradas e vendidas em um dia.

Quando você usa uma corretora, você precisa pagar certas taxas. Se você quiser Dogecoin de graça, você pode usar um faucet Dogecoin. Um faucet Dogecoin é um site onde você pode realizar tarefas e em troca receber Dogecoins. As tarefas podem ser: assistir propagandas, preencher pesquisas ou jogar um jogo de loteria.

Você pode estar pensando: “Se eu tenho que realizar uma tarefa, então não é totalmente de graça! E você está certo. Faucets não dão Dogecoins de graça e às vezes eles não pagam nenhum Dogecoin.

Importante: Você precisa ter muito cuidado ao usar uma carteira Dogecoin, corretora ou faucet. Na verdade, você precisa ter cuidado quando for lidar com qualquer carteira de criptomoeda ou corretora.

Então, o quão seguro é o Dogecoin? Vamos descobrir…

O Dogecoin é seguro?

O Dogecoin já teve vários problemas de segurança desde seu lançamento:

Dogewallet

Em 25 de Dezembro de 2014, uma carteira de Dogecoins chamada Dogewallet foi hackeada. Os hackers roubaram 21 milhões de Dogecoins, que valiam na época 12 mil dólares. Eu sei o que você está pensando. Que ser humano roubaria moedinhas de cachorrinhos fofos em pleno Natal? Mas não se preocupe. A comunidade Dogecoin arrecadou 13 mil dólares para doar àqueles que tiveram suas moedas roubadas.

O que é Dogecoin Meme

Latest Coinbase Coupon Found:

Ataques de 51%

A tecnologia do blockchain é muito segura. O blockchain do Dogecoin nunca foi hackeado. No entanto, todos os blockchains estão sujeitos a um ataque conhecido como Ataque de 51%.

Um ataque de 51% é quando mais da metade do nós de um blockchain ficam sob o controle de uma pessoa ou grupo. Se isso acontecer, essa pessoa ou grupo poderia adicionar transações inválidas ao blockchain. Isso seria uma fraude e seria ruim para qualquer criptomoeda que sofresse esse tipo de ataque.

Quando o Dogecoin foi lançada, ela estava sob risco de um ataque de 51%. Para prevenir que isso acontecesse, os desenvolvedores do Dogecoins construíram uma operação de mineração conjunta com o Litecoin, em 2014. Hoje, essas duas criptomoedas podem ser mineradas juntas. Isso deixa ambas redes mais seguras.

O que é o Dogecoin Litecoin Merged

Moolah

Em Setembro de 2017, um membro da comunidade Dogecoin foi preso no Reino Unido sob suspeita de fraude. Ryan Kennedy abriu uma corretora de Dogecoin chamada Moolah, usando o nome Alex Green. A Moolah quebrou e crê-se que foi Kennedy quem roubou o dinheiro dos usuários.

A comunidade acreditou em Kennedy e ele mentiu para todos. Acredita-se que esse seja o primeiro julgamento envolvendo fraude com criptomoedas. Jackson Palmer deixou a liderança do Dogecoin em Abril de 2015. Acredita-se que sua saída se deu devido ao Kennedy e a quebra da Moolah.

Esses problemas nos mostram duas coisas:

  • A tecnologia por trás do blockchain é segura, mas algumas coisas que vêm com ela podem não ser.
  • A comunidade Dogecoin é forte. Ela teve seus problemas, mas continua ativa.

Eu falei demais sobre o passado do Dogecoin. Agora, vamos falar sobre os próximos passos do Dogecoin

Quais os próximos passos do Dogecoin?

Os desenvolvedores do Dogecoin não tem feito grandes mudanças na moeda desde 2015. Isso pode deixar o Dogecoin desatualizada. Por isso, muitos Shibes estão deixando o Dogecoin e procurando outras plataformas.

Então, como é que o Dogecoin está atualmente? Por que não houve mais atualizações? Bem, infelizmente o Dogecoin só tem três desenvolvedores e eles são voluntários! Uma das características mais marcantes do Dogecoin é a sua comunidade descontraída e divertida. No entanto, isso é também um revés porque outras criptomoedas estão ficando cada vez mais profissionais.

Até mesmo Jackson Palmer já disse que as criptomoedas são uma bolha. Ele também disse que nenhuma tecnologia que esteja desatualizada há 3 anos possa valer centenas de milhões de dólares.

Nota: Uma bolha é um produto com valor de mercado muito superior ao que ele realmente vale. Quando uma bolha ‘estoura’’, seu valor de mercado pode cair rapidamente.

Mas nem tudo são lágrimas! Um dos desenvolvedores do Dogecoin, Ross Nicoll, disse que está trabalhando em uma atualização. Essa atualização se chamará Dogecoin 1.14 e deve estar pronta nos próximos meses. Essa atualização deve deixar a plataforma mais segura e estável. Isso também poderá elevar o valor do Dogecoin.

Conclusão

Quando perguntamos ‘O que é o Dogecoin?’, a resposta é simples. Dogecoin é uma das centenas de criptomoedas que acompanham o Bitcoin no mercado.

No entanto, deveríamos estar nos perguntando: ‘O que o Dogecoin está fazendo de diferentes das outras criptomoedas?’ A resposta para essa pergunta é muito mais importante. O Dogecoin está criando uma comunidade. Ela está construindo um local onde as pessoas podem se divertir, realizar boas ações e aprender sobre criptomoedas.

Leave your honest review

Leave your genuine opinion & help thousands of people to choose the best crypto exchange. All reviews, either positive or negative, are accepted as long as they’re honest. We do not publish biased reviews or spam. So if you want to share your experience, opinion or give advice - the scene is yours!

FAQ

How to pick the best crypto exchange for yourself?

Picking out the best crypto exchange for yourself, you should always focus on maintaining a balance between the essential features that all top crypto exchanges should have, and those that are important to you, personally. For example, all of the best exchanges should possess top-tier security features, but if you’re looking to trade only the main cryptocurrencies, you probably don’t really care too much about the variety of coins available on the exchange. It’s all a case-by-case scenario!

Which cryptocurrency exchange is best for beginners?

Reading through various best crypto exchange reviews online, you’re bound to notice that one of the things that most of these exchanges have in common is that they are very simple to use. While some are more straightforward and beginner-friendly than others, you shouldn’t encounter any difficulties with either of the top-rated exchanges. That said, many users believe that Coinbase is one of the simpler exchanges on the current market.

What is the difference between a crypto exchange and a brokerage?

In layman’s terms, a cryptocurrency exchange is a place where you meet and exchange cryptocurrencies with another person. The exchange platform (i.e. Binance) acts as a middleman - it connects you (your offer or request) with that other person (the seller or the buyer). With a brokerage, however, there is no “other person” - you come and exchange your crypto coins or fiat money with the platform in question, without the interference of any third party. When considering cryptocurrency exchange rankings, though, both of these types of businesses (exchanges and brokerages) are usually just thrown under the umbrella term - exchange. This is done for the sake of simplicity.

Are all the top cryptocurrency exchanges based in the United States?

No, definitely not! While some of the top cryptocurrency exchanges are, indeed, based in the United States (i.e. Coinbase or Kraken), there are other very well-known industry leaders that are located all over the world. For example, Binance is based in Tokyo, Japan, while Bittrex is located in Liechtenstein. While there are many reasons for why an exchange would prefer to be based in one location over another, most of them boil down to business intricacies, and usually have no effect on the user of the platform.