10 Principais Criptomoedas de 2023: Qual a Criptomoeda Mais Popular?

2017 foi um ótimo ano para as criptomoedas. Sua capitalização de mercado cresceu de cerca de 18 bilhões USD em janeiro de 2017 para 800 bilhões USD em janeiro de 2018.

Infelizmente, depois disso, vimos uma grande correção, pois os preços de quase todas as 10 maiores criptomoedas caíram e sua capitalização de mercado atingiu um ponto mínimo de 254 bilhões USD no início de abril de 2018.

Neste guia, vou compartilhar com você uma visão geral sobre as criptomoedas mais populares. Vou falar sobre suas vantagens, desvantagens e seu histórico de investimentos.

Assim, ao final deste guia "Top 10 Criptomoedas", você não apenas saberá a melhor criptomoeda em 2023, mas também as razões por trás de sua popularidade. Além disso, se desejar adquirir qualquer uma destas criptomoedas, dê uma olhada no Kraken, na Binance e na KuCoin - três das plataformas de exchange de criptomoedas mais conceituadas do mercado.

Vamos começar!

Você sabia?

Quer ficar mais esperto e rico com criptomoedas?

Inscreva-se! Nós publicamos novos vídeos explicativos sobre criptomoedas toda semana!

Crypto Day Trading VS Swapping: What’s More Rewarding? (Animated)

Crypto Day Trading VS Swapping: What’s More Rewarding? (Animated) Crypto Day Trading VS Swapping: What’s More Rewarding? (Animated)

Bitcoin (BTC)

A primeira moeda do nosso top 10 principais criptomoedas é o Bitcoin.

Criado em 2008, o Bitcoin foi a primeira criptomoeda. O mais interessante sobre o Bitcoin é que ninguém sabe quem o criou. Tudo o que sabemos é que ele/ela atende pelo pseudônimo de Satoshi Nakamoto.

O Bitcoin é uma moeda digital baseada em uma tecnologia de registro distribuído chamada blockchain, sobre a qual você pode ler mais aqui. O Bitcoin elimina a necessidade de intermediários centralizados ao fazer pagamentos eletrônicos, como bancos e empresas de cartão de crédito.

Se você quiser pagar 1 BTC ao seu amigo, poderá fazer isso diretamente, sem precisar envolver o seu banco. Portanto, duas palavras para descrever o Bitcoin seriam - descentralizado e digital. Seu objetivo é criar uma alternativa para moedas fiduciárias, como USD, GBP, JPY, etc.

Prós do Bitcoin

  • Uma das razões pelas quais o BTC está entre as 10 melhores criptomoedas para investir é que ele é a mais antiga, possui a maior comunidade de desenvolvedores e investidores o apoiando para um maior crescimento.
  • É fácil comprar Bitcoin, mesmo para iniciantes, pois ele é suportado por todas as principais exchanges e carteiras.
  • O Bitcoin está sendo adotado na economia tradicional. Bloomberg, Microsoft, Overstock.com, Expedia.com e muitos outros começaram a aceitar pagamentos em BTC.

Contras do Bitcoin

  • Com uma velocidade de transação muito lenta, o Bitcoin está enfrentando grandes desafios para aumentar sua escala. Uma transação de Bitcoin leva cerca de 10 minutos e sua rede pode processar apenas cerca de 7 transações por segundo.
  • A mineração, que é uma atividade importante para qualquer criptomoeda, tornou-se algo que requer altos níveis de eletricidade no caso do Bitcoin. A mineração de Bitcoins, hoje, só é possível com um hardware caro e super poderoso que utiliza muita eletricidade.
  • As taxas de transação para enviar Bitcoins também estão em alta, tornando-o menos acessível.

Histórico de desempenho

Em 2010, você poderia obter 1 Bitcoin (BTC) por menos de um dólar e, em dezembro de 2017, o preço de um BTC atingiu uma alta de  17.900 USD. Como você pode ver na imagem abaixo, o BTC cresceu quase 2.000% somente em 2017.

Como todas as outras 10 criptomoedas principais, o BTC também sofreu uma grande queda no primeiro trimestre de 2018 e tem oscilado desde então. Seu preço sofreu outra queda significativa em dezembro de 2018.

10 Principais Criptomoedas: gráfico de preços do Bitcoin.

O BTC, com capitalização de mercado de 163 bilhões USD, tem participação de mercado de cerca de 36%. O Bitcoin é o ponto de partida do mundo das criptomoedas e, portanto, é a criptomoeda mais popular.

Ethereum (Ether)

O Ethereum é a segunda criptomoeda mais valiosa depois do Bitcoin. Criado em 2015 por Vitalik Buterin, o Ethereum é, na verdade, muito mais do que apenas uma moeda digital.

O Ethereum é uma plataforma baseada em blockchain para o desenvolvimento de aplicativos descentralizados e contratos inteligentes. O Ether é a criptomoeda nativa usada para todas as transações no blockchain Ethereum.

Nota: Contratos inteligentes são os acordos codificados no blockchain. São executados com o cumprimento de certas condições pré-definidas.

O que isso significa é que, se você tem uma ideia para um projeto/aplicativo que usa a tecnologia blockchain, você não precisa desenvolver seu próprio blockchain. A razão pela qual o Ethereum difere das outras 10 principais criptomoedas é que você pode começar a construir contratos direto no blockchain do Ethereum.

Prós do Ethereum

  • É a plataforma mais popular para a construção de contratos inteligentes, algo considerado a próxima grande novidade do universo do cripto.
  • O Ethereum oferece uma ótima plataforma para o lançamento de Ofertas Iniciais de Moedas (ICOs) de outros projetos de blockchain. A maior parte dos 5,6 bilhões USD em ICOs arrecadada em 2017 foi no Ethereum.
  • O Ethereum tem uma velocidade de transação de apenas alguns segundos, contra 10 minutos ou mais do Bitcoin.

Contras do Ethereum

  • Assim como o Bitcoin, o Ethereum também enfrenta sérios problemas de escalabilidade. Ele ainda usa um mecanismo obsoleto (Prova-de-Trabalho) para verificar as transações, o que está causando congestionamentos na rede. Este é o mesmo mecanismo que o Bitcoin usa, então, assim como o Bitcoin, o Ethereum exige muita eletricidade. Apesar de tudo, é importante notar que o Ethereum está trabalhando ativamente em uma solução para isso.
  • O Ethereum suporta apenas uma linguagem de programação - Solidity. Como os desenvolvedores precisam aprender uma nova linguagem, isso funciona como uma barreira de entrada para eles.
  • O Ethereum enfrenta forte concorrência no mercado de moedas com a NEO e a Cardano, que oferecem plataformas semelhantes, mas com tecnologia aprimorada.

Histórico de desempenho

O Ethereum teve um dos melhores desempenhos entre as 10 maiores criptomoedas de 2017. Como você pode ver na captura abaixo, o preço do Ethereum cresceu de 9 USD em janeiro de 2017 para 1.389 USD em janeiro de 2018, dando um retorno de 17.000%!

Atualmente, o Ethereum começou a cair novamente. Com uma onda de queda constante, ele começou a mostrar sinais de renascimento das cinzas mais uma vez em janeiro de 2023. Em segundo lugar, perdendo apenas para o Bitcoin, o Ethereum possui uma capitalização de mercado de 77,5 bilhões USD.

10 Principais Criptomoedas: gráfico de preços do Ethereum.

Com uma base muito forte e uma equipe excelente, o Ethereum definitivamente merece seu lugar entre as criptomoedas mais populares.

Ripple (XRP)

O Ripple é uma criptomoeda única, pois se concentra em ser a solução de problemas relacionados a apenas um setor - Transferências e Pagamentos Internacionais. Foi fundada em 2012 com o objetivo de tornar as transações internacionais mais rápidas e mais baratas.

Do número total de 100 bilhões de XRP que existirão, 50 bilhões pertencem aos laboratórios Ripple (a empresa por trás da Ripple).

Esta é uma abordagem muito diferente em comparação à maioria das outras 10 maiores criptomoedas, onde não há uma entidade central guardando a maioria das moedas.

Prós do Ripple

  • Uma transferência internacional de dinheiro leva cerca de uma semana. Por outro lado, o Ripple pode fazer isso acontecer em segundos. Além disso, as taxas são consideravelmente mais baixas quando comparadas às cobradas por instituições financeiras e outras criptomoedas.

10 Principais Criptomoedas: preço baixo por transação, do twitter do Ripple.

Nota: A imagem acima é de dezembro de 2017, as taxas do Bitcoin foram reduzidas significativamente desde então.

  • O Ripple tem um foco de uso muito claro - pagamentos internacionais. A equipe é capaz de oferecer as melhores soluções direcionadas a esse setor específico.
  • O Ripple está entre as poucas plataformas de criptomoeda que estão sendo testadas no mundo real. O Ripple tem conexões estratégicas com muitas das principais instituições financeiras e, atualmente, está sendo usado pela American Express e Santander.

Contras do Ripple

  • Uma vez que a própria empresa possui metade das moedas, ela é muitas vezes criticada por ser centralizada, já que a descentralização é a ideia central por trás das criptomoedas.
  • Bancos e instituições financeiras, que são os principais usuários do Ripple, começaram a desenvolver suas próprias criptomoedas para pagamentos internacionais.

Histórico de desempenho

Mesmo que o Ripple exista há muito tempo, ele só entrou num ciclo de crescimento no segundo trimestre de 2017. Porém, desde então, ele cresceu e se tornou a terceira criptomoeda mais valiosa entre as outras 10 maiores criptomoedas, com uma capitalização de mercado de 34,12 bilhão USD.

Na verdade, o XRP estava entre as moedas de melhor desempenho de 2017, pois seu preço cresceu de cerca de zero em janeiro de 2017 para 3,65 USD em janeiro de 2018. Como outras criptomoedas, o XRP quebrou e atingiu seu ponto mais baixo, 0,48 USD, em abril de 2018.

Desde abril, o Ripple tem enfrentado muitas dificuldades para tentar voltar a subir o seu preço. Alguns sinais de crescimento podem ser observados a partir de dezembro de 2018, mas ele veio mesmo para ficar? Só o tempo pode dizer.

10 Principais Criptomoedas: gráfico de preços do Ripple.

Bitcoin Cash (BCH)

A criptomoeda do nosso guia "Top 10 Criptomoedas" é o Bitcoin Cash. Como o nome sugere, o Bitcoin Cash é um fork do próprio Bitcoin, tendo sido criado em 2016. Quando a comunidade de desenvolvedores do Bitcoin não conseguiu chegar a um acordo sobre as alterações necessárias no código do Bitcoin, ele recebeu um fork que originou o BCH, uma das 10 principais criptomoedas atualmente.

Nota: Um fork é quando uma criptomoeda é dividida em duas. A criptomoeda "mãe" mantém seus recursos, enquanto a criptomoeda "filha" passa por melhorias tecnológicas.

O objetivo da criação do BCH era resolver alguns dos principais problemas do Bitcoin, especialmente em relação à escalabilidade e taxas de transação.

Prós do Bitcoin Cash

  • As transações do Bitcoin Cash são mais rápidas que as transações de Bitcoin por causa do aumento no tamanho do bloco para 8 MB, em comparação ao 1 MB do Bitcoin.
  • As taxas médias de transação do Bitcoin estão atualmente em torno de 1,8 USD, tendo caído para 0,067 USD no caso do Bitcoin Cash.

10 Principais Criptomoedas: recursos do Bitcoin Cash.

Contras do Bitcoin Cash

  • É esperado que o Bitcoin Cash, assim como o Bitcoin, seja completamente descentralizado.
  • A mineração do BCH é tão cara quanto a mineração de Bitcoin, mas oferece menos retorno, por isso não é a favorita entre os mineradores.
  • O Bitcoin Cash não está tão facilmente disponível nas exchanges de criptomoeda como as outras 10 principais criptomoedas.

Histórico de desempenho

Lançado apenas em 2016, o Bitcoin Cash cresceu muito rapidamente até o topo da lista de criptomoedas. Ele cresceu de cerca de 500 USD em julho de 2017 para aproximadamente 4.000 USD em dezembro de 2017, com um retorno de cerca de 10.000% em menos de 6 meses.

Como você pode ver no gráfico abaixo, o preço do Bitcoin Cash também vem sofrendo de uma constante queda desde o ano de 2018. Com alguns poucos sinais de vida, o futuro do BCH ainda é bastante incerto.

10 Principais Criptomoedas: gráfico de preços do Bitcoin Cash.

EOS

O token EOS foi lançado por meio de um ICO em junho de 2017. A plataforma do EOS, com lançamento previsto para junho de 2018, foi pensada para ser uma concorrente direta do Ethereum e da NEO.

O EOS foi criado por Dan Larimer, que também é o fundador da exchange de cripto Bitshares e do site Steemit, baseado em blockchain.

O EOS está construindo uma plataforma para desenvolvedores construírem aplicativos descentralizados e contratos inteligentes, mas com uma grande melhoria em tecnologia.

Prós do EOS

  • Supõe-se que o EOS seja muito mais escalável do que o Ethereum por usar um mecanismo avançado (Prova de participação delegada + Tolerância a falhas bizantinas) para verificar as transações. Ele é, supostamente, capaz de realizar de 10.000 a 100.000 transações por segundo.
  • Ao contrário de algumas das outras 10 principais criptomoedas, o EOS oferece suporte a várias linguagens de programação, incluindo C++.
  • O EOS possui uma equipe altamente experiente com um histórico de sucesso.

Contras do EOS

  • O maior problema é que a plataforma ainda não foi lançada, então ninguém sabe ao certo o quão boa ou ruim ela realmente será.

Histórico de desempenho

Lançado em julho de 2017, o token EOS arrecadou 700 milhões USD em seu ICO até janeiro de 2018. Esse número cresceu ainda mais desde então. Como você pode ver na imagem abaixo, o EOS possui um ICO em andamento que funciona por curtos períodos de tempo e em intervalos regulares. Você pode verificar mais detalhes aqui.

10 Principais Criptomoedas: preço do token SEO.

Como você pode ver no gráfico abaixo, o preço do token EOS cresceu consideravelmente desde o seu ICO. Na verdade, ele foi uma das criptomoedas menos afetadas pela queda do mercado que aconteceu em 2018.

10 Principais Criptomoedas: gráfico de preços do EOS.

Considerando tudo isso, o EOS é, sem dúvidas, uma das principais criptomoedas de 2023.

Cardano (ADA)

A Cardano foi criada por Charles Hoskinson, cofundador do Ethereum, em setembro de 2017. Assim como o Ethereum, a Cardano também foi desenvolvida como uma plataforma para aplicativos descentralizados e contratos inteligentes.

Como o EOS, a diferença entre a Cardano e o Ethereum consiste nas muitas melhorias tecnológicas feitas em relação à tecnologia da Ethereum. A Cardano é considerada a 3ª e mais avançada geração da tecnologia blockchain (assim como EOS e NEO), tornando-se uma das 10 maiores criptomoedas de 2023.

Prós da Cardano

  • A Cardano é apoiada por uma comunidade acadêmica de pesquisadores e cientistas globais que contribuem para o desenvolvimento da tecnologia blockchain.
  • A Cardano é muito mais escalável do que o Ethereum, com uma capacidade atual de 257 transações por segundo.
  • A Cardano pretende promover a interoperabilidade, o que significa que poderá interagir com diferentes criptomoedas e suas infraestruturas de maneira eficaz e segura.

Contras da Cardano

  • Muitas das ideias propostas pela Cardano ainda precisam ser desenvolvidas no produto final. Portanto, resta saber se eles terão sucesso ou não.
  • Já existe uma grande competição neste ramo, do Ethereum à EOS, NEO e Fusion.

Histórico de desempenho

Apesar de ser uma criptomoeda muito nova, a Cardano apresentou um crescimento excepcional e atingiu uma capitalização de mercado de 9,35 bilhões USD.

A Cardano cresceu de cerca de 0,20 USD em outubro de 2017 para tocar um preço de 1,20 USD em janeiro de 2018, dando um retorno de cerca de 500% em 3 meses. Como as outras 10 melhores criptomoedas, o preço da Cardano caiu em março de 2018, mas agora está mostrando sinais de renascimento.

10 Principais Criptomoedas: gráfico de preços da Cardano.

Litecoin (LTC)

O Litecoin foi criado em 2011 por Charlie Lee, um ex-funcionário do Google. Foi construído no blockchain do próprio Bitcoin, com o objetivo de melhorá-lo.

Assim, como o Bitcoin, o Litecoin também é apenas uma moeda digital e não oferece uma plataforma para contratos inteligentes.

O Litecoin é uma das criptomoedas mais populares, pois resistiu ao teste do tempo e existe há mais de 7 anos.

Prós do Litecoin

  • As transações do Litecoin demoram cerca de 2,5 minutos, ao passo que uma transação de Bitcoin leva 10 minutos para ser concluída. Por isso ela é chamada de moeda “Lite”.
  • As taxas médias das transações do Litecoin custam algo em torno de 0,179 USD, contra 1,8 USD do Bitcoin.

Contras do Litecoin

  • Exceto pela velocidade da transação, não há nenhuma outra característica do Litecoin que possa diferenciá-lo significativamente das outras criptomoedas. Ele está enfrentando uma forte concorrência de moedas que oferecem mais privacidade, contratos inteligentes, pagamentos internacionais, etc.
  • Como a mineração de Bitcoin, a mineração de Litecoin também é cara e restrita àqueles com um hardware poderoso e especializado.

Histórico de desempenho

O Litecoin tem sido uma das 10 maiores criptomoedas por um longo tempo, com uma capitalização de mercado de 9,64 bilhões USD.

O Litecoin teve um ótimo 2017, seu preço cresceu de 4 USD em janeiro de 2017 para 350 USD em dezembro de 2017, com um retorno de mais de 8.000%.

Os preços do Litecoin caíram com a quebra do mercado de criptomoedas em março de 2018. Seu preço tem caído desde então.

10 Principais Criptomoedas: gráfico de preços do Litecoin.

Stellar (XLM)

A Stellar foi fundada em 2014 por Jed McCaleb, que também é o fundador do Ripple. Na verdade, o Ripple sofreu um hard fork para que, assim, nascesse a Stellar e a Stellar Development Foundation. Como o Ripple, a Stellar também tem como objetivo tornar os pagamentos internacionais mais eficientes.

Uma coisa que se destaca na Stellar em comparação às outras criptomoedas populares é que a Stellar Development Foundation é uma organização sem fins lucrativos. Como você pode ver na foto abaixo, sua missão também está alinhada com isso.

10 Principais Criptomoedas: finanças com uma missão.

Prós da Stellar

  • A Stellar é mais descentralizada em comparação ao seu concorrente mais próximo, o Ripple. Além disso, por ser uma organização sem fins lucrativos, inspira mais confiança do que outras.
  • A Stellar garantiu parcerias estratégicas com mais de 30 bancos e organizações como Deloitte e IBM.

Contras da Stellar

  • Existem muitas moedas que visam este espaço de solução para pagamentos internacionais, incluindo o número 3 da nossa lista das 10 melhores criptomoedas para investir - o Ripple.

Histórico de desempenho

A Stellar existe desde 2014, mas não viu muita tração até o final do primeiro trimestre de 2017. Seu preço cresceu de 0,0039 US em abril de 2017 para 0,85 USD em janeiro de 2018. Isso significa um retorno de 21.694% em menos de 9 meses!

Os planos da Stellar de levar inclusão financeira a áreas remotas e revolucionar a indústria de pagamentos a tornaram uma das criptomoedas mais populares do mercado.

10 Principais Criptomoedas: gráfico de preços da Stellar.

IOTA

Fundada em 2015, a IOTA é a moeda mais original entre as criptomoedas. É a única a usar uma nova invenção de protocolo chamada ‘Tangle’, no lugar da tecnologia blockchain.

10 Principais Criptomoedas: Blockchain e Tangle comparados.

Você provavelmente já ouviu falar da Internet-of-Things (Internet das coisas) ou IoT, uma tecnologia que permite a comunicação entre vários objetos com sensores, via internet. A IOTA está focada em tornar essa tecnologia mais segura, integrada e escalonável.

Prós da IOTA

  • A maior vantagem que a IOTA oferece em relação às outras criptomoedas é o fato de não possuir taxas de transação.
  • Enquanto todas as outras criptomoedas estão enfrentando problemas relacionados à escalabilidade, a tecnologia da IOTA promete escalabilidade infinita.

Contras da IOTA

  • A IOTA está apostando no sucesso de outro setor - Internet-of-Things, tornando seu futuro ainda mais imprevisível do que o das outras 10 principais criptomoedas.
  • O MIT Media Lab descobriu recentemente um problema de segurança com o Tangle.
  • Se os grandes jogadores do IoT desenvolverem suas próprias criptomoedas, então a IOTA poderá enfrentar uma competição bastante acirrada.

Histórico de desempenho

Embora a IOTA tenha sido criada em 2015, seu token foi lançado nas exchanges apenas em 2017. Foi um sucesso imediato, seu preço cresceu de 0,44 USD em junho de 2017 para 5,34 USD em dezembro de 2017, dando-lhe um retorno de cerca de 1.200%.

Como a maioria das outras moedas, a IOTA também sofreu uma queda de preço no início deste ano. No momento, ela está passando por uma estabilização - o tempo dirá se a IOTA conseguirá voltar a subir. 

10 Principais Criptomoedas: gráfico de preços da IOTA.

NEO

NEO, uma criptomoeda chinesa, foi criada em 2014 por Da Hongfei. Você sabia que originalmente ela se chamava AntShares? Na verdade, ela só foi rebatizada para NEO em junho de 2017!

A NEO é frequentemente referida como “o Ethereum chinês”, devido às semelhanças com sua principal concorrente entre as 10 principais criptomoedas. Ela também oferece uma plataforma baseada em blockchain para o desenvolvimento de contratos inteligentes e lançamento de ICOs.

Prós da NEO

  • A NEO pode completar 10.000 transações por segundo em contrapartida às 15 transações do Ethereum.
  • Enquanto o Ethereum suporta apenas uma linguagem de programação, a NEO suporta várias linguagens como C++, C#, Go, Java, tornando-a uma das favoritas entre programadores.
  • Parece contar com o apoio do governo chinês, o que lhe confere uma clara vantagem nos massivos mercados chinês e asiático.

Contras da NEO

  • Por depender de apoio do governo, será a mais atingida caso o governo chinês apresente políticas desfavoráveis.
  • Tem como alvo o segmento mais competitivo, no qual existe uma forte concorrência com outras das 10 melhores criptomoedas - Ethereum, Cardano, EOS.

Histórico de desempenho

A NEO merece estar no topo da lista de criptomoedas por conta do tremendo retorno que deu em 2017. A NEO atingiu uma alta de cerca de 162 USD em janeiro de 2018, um crescimento de 111.400% em relação ao valor de 0,16 USD em janeiro de 2017.

Assim como a IOTA, a NEO está atualmente passando por um período de estabilização. O preço está em 7,74 USD, com uma capitalização de mercado de 5,53 bilhões USD.

10 Principais Criptomoedas: histórico de preços da NEO.

 

A NEO é a última da nossa lista das melhores criptomoedas para investir em 2023.

Palavras Finais

Agora você sabe quais são as 10 principais criptomoedas de 2023. Você também sabe tudo sobre suas origens, prós e contras.

Também forneci um breve resumo do desempenho anterior de todas as criptomoedas mais populares. Essas criptomoedas constituem mais de 75% do mercado total de criptomoedas por capitalização de mercado.

Esta lista "Top 10 Criptomoedas" das criptomoedas mais populares deve ajudá-lo a escolher as melhores para você. Repare que se quiser encontrar um local de confiança para adquirir a maioria destas criptomoedas, você pode verificar as plataformas de exchange de criptomoedas Kraken, Binance e KuCoin.

Então, quais são suas favoritas? Conta pra gente!

Deixa o seu comentário honesto

Deixe sua opinião genuína e ajude milhares de pessoas a escolher a melhor exchange de criptografia. Todos os comentários, positivos ou negativos, são aceitos, desde que sejam honestos. Não publicamos feedback tendencioso ou spam. Então, se você quiser compartilhar sua experiência, opinião ou dar conselhos - o espaço é seu!


3 Melhores e Mais Populares Códigos de Cupons

Verificado

EARN UP TO 23%

By Staking on Kraken - Black Friday Deal
Classificação
5.0
Verificado

CLAIM $600 BONUS

Exclusive $600 Binance Offer
Classificação
5.0
EXCLUSIVE COINGATE DEAL
Verificado

EXCLUSIVE COINGATE DEAL

Get 1% OFF Your $30 Shopping Cart
Classificação
5.0

Perguntas Frequentes

Como escolher a melhor exchange de criptomoedas?

Ao escolher a melhor exchange de criptografia , você deve sempre se concentrar em manter um equilíbrio entre os recursos essenciais que todas as principais exchanges de criptografia devem ter e aquelas que são importantes para você, pessoalmente. Por exemplo, todas as melhores exchanges devem possuir recursos de segurança de alto nível, mas se você deseja negociar apenas as principais criptomoedas, provavelmente não se preocupa muito com a variedade de moedas disponível na exchange. É tudo uma situação caso a caso!

Qual exchange de criptomoedas é a melhor para iniciantes?

Ao ler várias das melhores análises de exchanges de criptografia online, você notará que uma das coisas que a maioria dessas exchanges têm em comum é que elas são muito simples de usar. Enquanto algumas são mais diretas e mais acessíveis para iniciantes do que outros, você não deverá encontrar nenhuma dificuldade com nenhuma das exchanges mais bem cotadas. Dito isso, muitos usuários acreditam que a KuCoin é uma das exchanges mais simples do mercado atual.

Qual é a diferença entre uma exchange de criptomoedas e uma corretora?

Em termos leigos, uma exchange de criptomoedas é um lugar onde você encontra e negocia criptomoedas com outra pessoa. A plataforma de exchange (ou seja, a Binance) atua como um intermediário - conecta você (sua oferta ou solicitação) à outra pessoa (o vendedor ou o comprador). Com uma corretora, no entanto, não há “outra pessoa” - você apenas negocia suas criptomoedas ou moeda fiduciária com a plataforma em questão, sem a interferência de terceiros. Ao considerar as classificações de exchange de criptomoedas, no entanto, esses dois tipos de negócios (bolsas e corretoras) são normalmente incluídos no termo - exchange. Isso é feito por uma questão de simplicidade.

Todas as melhores exchanges de criptomoedas baseadas nos Estados Unidos?

Não, definitivamente NÃO! Embora algumas das principais exchanges de criptomoedas sejam, de fato, baseadas nos Estados Unidos (ou seja, KuCoin ou Kraken), existem outros líderes da indústria muito conhecidos que estão localizados em todo o mundo. Por exemplo, a Binance está sediada em Tóquio, no Japão, enquanto a Bittrex está localizada em Liechtenstein. Embora haja muitos motivos pelos quais uma exchange preferiria ser baseada em um local em vez de outro, a maioria delas se resumem a complexidades de negócios e geralmente não têm efeito sobre o usuário da plataforma.

Dias
Horas
Minutos
Segundos