Prós

  • Uma rede/ecossistema de DeFi dedicada
  • Scrypto: uma linguagem para criação rápida de dApps
  • Modelo de consenso de Prova de Participação Delegada
  • Sharding: uma solução de escalabilidade ilimitada
  • Scrypto é uma linguagem de contratos inteligentes que prioriza os ativos

Contras

  • Um projeto complexo, não muito intuitivo para iniciantes
  • O Scrypto ainda não foi totalmente lançado

Análise do Radix: PRÓS

Então, sim, enquanto vamos dar uma olhada em todos os aspectos positivos descritos nos textos de análise do Radix, esta seção do artigo também servirá como uma introdução à carteira Radix, ao token Radix coin e tudo mais associado ao projeto em questão.

Uma Rede Descentralizada para Melhorar Todos os Aspectos DeFi

Para começar, a principal pergunta que devemos fazer: o que é o projeto Radix e do que se trata?

Bem, em poucas palavras, o Radix é um protocolo de rede de criptomoedas descentralizado. Especificamente, é uma solução financeira descentralizada L1 (de Camada 1 ou Primeira Camada) com foco em tudo que tem a ver com dApps, os aplicativos descentralizados.

É possível, em essência, observar o Radix ao compará-lo com o Ethereum ou, de maneira mais precisa, com a EVM, a Máquina Virtual do Ethereum, um ambiente designado que é dedicado a criar aplicativos inteligentes e publicá-los no ecossistema ETH.

Análise do Radix: turbinando o crescimento do ecossistema DeFi.

O principal objetivo do Radix é melhorar o setor DeFi de todas as formas possíveis. É bem provável encontrar uma variedade de textos diferentes de análise do Radix comparando-o ao Ethereum em particular, já que é o atual gigante do setor DeFi. Então, de certa forma, o projeto de criptomoedas Radix, junto com todos os elementos que o compõem, visa melhorar cada ponto da funcionalidade do ETH, mas dentro de seu próprio ecossistema separado.

Como algo assim pode ser alcançado? Bem, resumindo: com uma soma de todas as partes que compõem um protocolo descentralizado bem feito e atencioso. No caso do projeto Radix, essas partes incluem:

  • A Engine Radix
  • Cerberus
  • DPoS (Prova de Participação Delegada)

A Engine Radix é como o núcleo do projeto ao mesmo tempo que é o ambiente onde todos os contratos inteligentes são executados. Essa Engine é responsável por todos os processos que acontecem no ecossistema Radix e é o que impulsiona todo o projeto.

Continuando, o Cerberus é um “Protocolo de Consenso BFT Paralelizado para Radix”. Essa é uma maneira super complicada de dizer que ele é a camada de consenso do projeto - o lugar onde todas as transações ocorrem, que também é responsável por garantir que nós validadores (aqueles que validam novos blocos na cadeia) funcionem como esperado e não há corrupção envolvida.

Análise do Radix: um divisor de águas para a construção de DeFi.

O Cerberus também é a camada responsável pela escalabilidade do projeto Radix. Como pode ou não estar ciente, a escalabilidade é um dos principais problemas da tecnologia de criptomoedas no momento - também é um tópico muito explorado em algumas resenhas de análise do Radix, relacionado a alguns tópicos importantes em torno das redes blockchain, como o Ethereum.

Como o Cerberus lida com a questão da escalabilidade? É bem simples, na verdade: estudando o Radix, sem dúvidas um conceito chamado “fragmentação” (sharding, no original em inglês) vai aparecer nos estudos. O sharding da blockchain ocorre essencialmente quando uma única rede de blockchain é dividida em partes menores, todas elas registram transações por conta própria e, então, são trazidas de volta para a blockchain principal em momentos específicos.

O Cerberus emprega o chamado capless sharding (fragmentação sem limites, em tradução livre) - significa, em teoria, que as opções de escalabilidade para a rede em questão serão ilimitadas. É tudo uma questão de recursos e gerenciamento deles.

Análise do Radix: escalabilidade ilimitada, para sempre.

Por fim, a Prova de Participação Delegada é um mecanismo de consenso bem popular - é o meio pelo qual as transações são aprovadas na rede. Se quiser saber mais sobre isso, confira nosso glossário dedicado sobre o assunto.

Todos esses aspectos se juntam para criar o produto final: um protocolo descentralizado com escalabilidade avançada, recompensas e uma visão inovadora da criação de dApps. Esses sentimentos também estão presentes em diferentes textos de análise do Radix!

Token Nativo 1+1: XRD

A grande maioria dos projetos de criptomoedas - sejam eles exchanges, carteiras ou protocolos descentralizados - têm tokens nativos associados a eles. No início, esses tokens costumam servir para fins de captação de financiamento e, assim que o projeto é lançado, eles podem ser implementados em uma ampla variedade de métodos.

Ao analisar o que é o Radix, em breve também aprenderá sobre o token do Radix (ou Radix coin). Bem, eu deveria dizer, na realidade, os tokens do Radix. Isso acontece porque há dois tokens associados ao projeto: a moeda XRD, bem como e-XRD.

Confuso? Permita-me explicar.

XRD é o token nativo da rede de criptomoedas Radix. Por outro lado, a moeda e-XRD é exatamente o mesmo token, mas baseado na blockchain Ethereum. Enquanto o Radix ainda não tinha sua própria rede nativa lançada, seu token ficou localizado no ETH - assim, quando o protocolo foi lançado, com seu próprio token nativo, o token equivalente baseado em Ethereum, o e-XRD, permaneceu.

Análise do Radix: Tokenomics XRD.

Isso também funciona para explicar meu título “1+1” deste capítulo - embora só exista apenas um único token nativo, também há um equivalente baseado em ETH.

Então, para que serve a moeda Radix (ou Radix coin)? Bem, o ativo em questão de fato tem apenas dois usos designados: o staking, bem como o pagamento de taxas de transação.

Ambos os casos de uso são bastante comuns no caso de projetos de criptomoedas semelhantes e seus tokens nativos. É claro que é possível usar a moeda XRD para transações reais - isso ainda é perfeitamente viável. No entanto, o token Radix será crucial para pagar suas taxas de transação e caso queira se tornar um operador de nó e validar as transações que acontecem na cadeia (em outras palavras - fazer staking dos seus tokens).

Análise do Radix: a carteira Radix.

Agora, onde armazenar suas moedas Radix? Bem, se possuir e-XRD, as opções de armazenamento são muitas - uma vez que é um token ERC-20, é possível armazená-lo na maioria das carteiras compatíveis com ETH.

Por outro lado, se quiser guardar os tokens XRD nativos do protocolo, precisará usar a Carteira Radix - uma carteira quente especial projetada para esse fim específico. É possível encontrar a carteira aqui - ela pode ser baixada em dispositivos Windows, macOS e Linux.

Por último, é importante mencionar o preço da Radix coin também. Ambos os tokens têm preços quase iguais e têm flutuações de preços muito semelhantes. No momento em que escrevo esta análise do Radix, o preço do Radix (para uma única moeda XRD) é $ 0,0597, com uma alta histórica de $ 0,6538 e uma baixa histórica de US$ 0,0556.

Análise do Radix: preço da moeda XRD.

Em suma, o token Radix é uma parte essencial de todo o ecossistema Radix DLT - isso é uma coisa muito legal, na verdade! Às vezes, após a rodada inicial de financiamento coletivo, o token nativo de um projeto se torna um tanto trivial, sem um caso de uso significativo - isso não acontece na marca em questão e a maioria dos textos de análise do Radix concorda!

Segurança de Primeira Linha, Oportunidades de Renda Passiva

Falamos sobre como o Radix funciona, bem como sobre a moeda XRD e a carteira Radix. Até este ponto, porém, todos esses tópicos foram abordados do ponto de vista da funcionalidade.

Há, no entanto, outros pontos que valem a pena ser considerados. Pontos que se relacionam com segurança, bem como com os termos de ganho passivo do projeto.

Claro, a segurança é algo que todo e qualquer projeto associado à criptomoedas precisa se preocupar. Embora seja mais comum falar sobre os recursos (e riscos!) de segurança de uma exchange de criptomoedas ou plataforma de carteira, os protocolos DeFi avançados não são uma exceção.

Análise do Radix: informações do token.

Na verdade, ultimamente, isso se tornou um tema de interesse para grande parte da comunidade DeFi. Conforme o tempo passa, mais e mais redes mostram diferentes vulnerabilidades de segurança - às vezes, isso é o resultado de hackers white hat, enquanto, outras vezes, as vulnerabilidades surgem durante um hack de grande escala.

Sem dúvidas, é do interesse dos protocolos DeFi empregar as medidas de segurança mais estritas possíveis - os textos de análise do Radix dirão que este projeto em particular não é diferente. Embora os projetos que usam a Prova de Participação Delegada tendam a ter certos “pontos fracos”, em termos de segurança, a equipe por trás do Radix com certeza está ciente disso.

Na verdade, até o momento da redação desta análise do Radix, não houveram relatos de nenhuma violação de segurança ou outros incidentes, no que se refere ao protocolo em questão. Embora o projeto ainda seja um pouco novo, é um bom começo - e uma ótima notícia para quem se preocupa com segurança!

Análise do Radix: staking na rede Radix.

Dito isso, outro ponto que vale a pena ser citado tem a ver com a funcionalidade de staking do token Radix coin, o XRD. Embora tenhamos abordado isso no capítulo anterior, falamos apenas sobre staking no que se refere ao mecanismo de consenso do protocolo e às confirmações de transações. Contudo, o token também oferece oportunidades de ganhos passivos.

Isso faz sentido, desde que haja staking envolvidas, em primeiro lugar. Conforme faz staking de seus próprios tokens, na sua carteira Radix, são recebidas recompensas de XRD - os valores reais são variáveis e dependem de vários fatores.

Mesmo assim, se for alguém que está envolvido de maneira ativa com a rede ou um desenvolvedor que está procurando usar o aplicativo de produção Scrypto, este é certamente um grande benefício adicional!

Suporte para Todos os Principais Tipos de Projetos DeFi

Uma coisa que já enfatizei várias vezes nesta análise do Radix é o fato de que o protocolo em questão é projetado e criado para todas as coisas relacionadas a DeFi - para ser um pouco mais específico, o Radix é destinado a ser uma ferramenta para criar vários dApps e, assim, impulsionar o ecossistema DeFi como um todo.

Bem, “dApps” e “DeFi” são alguns termos bem abstratos. Existem exemplos disponíveis dos casos de uso reais e específicos para a rede em questão!

No site oficial, o Radix aponta todos os potenciais conceitos com os quais é possível usar a plataforma. Claro, além do que é esperado (carteiras, jogos, agricultura de rendimentos, etc.), há projetos de ativos específicos também (coisas como NFTs e stablecoins).

Análise do Radix: aplicativos de smart money.

Isso é muito significativo! Falaremos mais sobre isso em um segundo, mas esse design orientado a ativos faz parte da linguagem de programação do Radix, o Scrypto - seu objetivo é ajudar os desenvolvedores a se concentrarem na funcionalidade real e nos aspectos de monetização de seus dApps, ao invés de gastar tempo com detalhes difíceis de programação de rede.

Em um sentido mais geral, a variedade de casos de uso do projeto Radix abrange todos os principais aspectos do domínio das finanças descentralizadas. Em outras palavras, o Radix (enquanto ecossistema) é bastante universal: não há nenhum aspecto do espaço DeFi que esteja de fora!

Em suma, o fato de o Radix oferecer suporte a uma variedade tão grande de casos de uso relacionados a DeFi é muito notável! Todos os exemplos ajudam a entender melhor o que esperar desse ecossistema de criptomoedas específico.

Scrypto: Uma Linguagem de Programação Exclusiva para DeFi

A essa altura da análise do Radix, já é possível ter uma boa ideia do que é o protocolo. Agora, com algumas das principais informações gerais discutidas, também precisamos falar sobre o aplicativo de produção Scrypto - uma parte muito especial do ecossistema Radix DLT.

Então, o que é Scrypto? Bem, de certa forma, pode ser considerado quase como um projeto inteiro, separado do próprio protocolo Radix. Não me interpretem mal - eles ainda estão muito relacionados um ao outro! No entanto, o Scrypto é grande o suficiente para ser um produto autônomo.

Em essência, o Scrypto é uma linguagem de programação projetada e criada especificamente visando um único grupo de pessoas: desenvolvedores de dApps (para DeFi). Em outras palavras, é uma linguagem de programação exclusiva de aplicativos financeiros descentralizados, construída em Rust, uma linguagem de programação de propósito geral.

Análise do Radix: introdução ao Scrypto.

Imediatamente, é possível perguntar: por que alguém usaria o Scrypto quando já existem outras linguagens de programação bem estabelecidas para DeFi?

Bem, esse é o ponto: toda a missão (objetivo) do aplicativo de produção Scrypto (ou a linguagem de programação, como um todo) é fazer o processo de criação de dApps o mais simples e acessível (otimizado) possível! O Radix se concentra na parte real do desenvolvimento do dApp - os problemas que os desenvolvedores enfrentam, os gargalos de linguagem de programação mais comuns e assim por diante.

O Scrypto visa tratar de tudo isso e, em seguida, resolver as questões de uma maneira única.

Análise do Radix: Scrypto sendo baseado em Rust.

Existem algumas maneiras de como a equipe por trás do projeto Radix (e Scrypto) pretende alcançar isso! Para começar, como mencionado antes, o Scrypto é baseado em Rust. Isso permite que essa nova linguagem orientada a contratos inteligentes tenha um suporte robusto, assim como adicionar alguns ajustes próprios. O Scrypt é uma linguagem orientada a ativos - significa que os desenvolvedores poderão se concentrar nos ativos de criptomoedas (tokens, NFTs, etc.), em vez de focar na programação real da rede blockchain.

Para adicionar a isso, o Scrypto também é de código aberto. Embora isso seja algo que é possível esperar de um projeto desse tipo, é definitivamente reconfortante - ser de código aberto significa que os desenvolvedores poderão entrar e contribuir com o próprio código. Em teoria, isso vai manter o ecossistema vivo e saudável e reforçar o envolvimento da comunidade.

Análise do Radix: sistema de recompensa Scrypto.

Além de ser de código aberto, alguns textos de análise do Radix também apontam que o Scrypto apresentará um sistema de recompensa. Os desenvolvedores que contribuírem com o código mencionado acima serão recompensados por seus incentivos, independentemente do tamanho das contribuições.

Tudo isso soa incrível, mas vale lembrar que o Scrypto é apenas parte de um ecossistema maior: do projeto de criptomoedas Radix. Toda a plataforma é criada com o lema “construído para construtores”, que é uma das melhores respostas para a pergunta "o que é o projeto Radix DLT?".

Análise do Radix: a segurança do Scrypto.

O Scrypto e o protocolo Radix são ferramentas que podem ser usadas no desenvolvimento da próxima geração de dApps. Com finanças descentralizadas se tornando um tópico cada vez mais “em voga”, assim como mostrando cada vez mais sinais de adoção em massa, isso é muito relevante!

Hoje, o Scrypto está disponível como um pacote do Rust. Todo e qualquer desenvolvedor DeFi interessado pode pegá-lo e experimentar a linguagem de programação de contrato inteligente por si mesmo!

Compare Exchanges de Criptomoedas Lado a Lado com Outras

Você sabia?

Compare Exchanges de Criptomoedas Lado a Lado com Outras

As Exchanges de Criptomoedas podem parecer similares para você, mas elas NÃO são todas iguais!

Sim! Mostre-me o Gráfico de Comparação

Análise do Radix: CONTRAS

Então, até este ponto da análise Radix, nós cobrimos todos os principais recursos do protocolo DeFi em questão. Com certeza, esse é um projeto muito específico voltado para um grupo específico de pessoas - assim, a lista de recursos do Radix é um tanto específica também!

Depois disso, porém, devemos examinar alguns dos lados menos positivos do projeto. Isso te ajudará a ter uma visão completa do que esperar do projeto Radix e como sua própria experiência pessoal pode ser com o ecossistema em questão.

O Scrypto Ainda Não Está Totalmente Disponível

Ao falar sobre os lados “menos positivos” do Radix, o ponto mais encontrado e mencionado em alguns textos de análise do Radix deve ser o fato de que o Scrypto - a linguagem de programação para desenvolvimento de contratos inteligentes - não está lançado ainda.

O que significa estar “lançado” neste contexto?

Bem, o Scrypto está hoje em seu estágio de acesso antecipado. Ou seja, se for um desenvolvedor que deseja trabalhar com DeFi, de uma forma ou de outra, e está procurando soluções inovadoras de fazer isso, é possível experimentar a linguagem em seu próprio projeto.

Análise do Radix: introdução ao Scrypto.

Isso pode ser feito por meio de um pacote específico do cargo do Rust no GitHub. Contudo, como mencionado, já que o Scrypto está no estágio de acesso antecipado, isso também significa que não é possível iniciar seu projeto ou realizar qualquer trabalho de desenvolvimento de ponta nele.

Por um lado, este é um grande benefício e uma vantagem: ter a chance de estar entre os primeiros desenvolvedores a experimentar o Scrypto. Por outro lado, porém, o lançamento completo da linguagem de programação de contrato inteligente está definido para algum momento no final do primeiro trimestre de 2023. Isso ainda vai demorar algum tempo!

Para ser justo, isso não é um “contra” propriamente dito, em especial se considerar que há um prazo bem específico definido para quando o Scrypto estará disponível por completo. Dito isso, se quiser começar a criar projetos dApp legítimos, de alta escala com versão ao vivo com o Scrypto, esses planos terão que esperar um pouco mais.

Um Modelo Difícil para Usuários Mais Casuais

Se for um entusiasta de criptomoedas casual - ou seja, se possuir criptomoedas e conhecer o setor, mas não for muito experiente em tecnologia quando se trata de desenvolvimento de tecnologias de criptomoedas -, já deve ter percebido isso. De fato, o Radix DLT não é mesmo muito acessível, no que diz respeito ao usuário casual.

Este é um problema interessante de se ter. De certa forma, o projeto Radix, juntamente com Scrypto e a Radix coin, fazem parte do mesmo grande ecossistema que visa tornar a DeFi mais simples e muito mais acessível. No entanto, isso só é verdade para desenvolvedores - e isso faz sentido! Afinal, o público-alvo (a clientela) do Scrypto é esse: desenvolvedores com experiência em DeFi que procuram otimização de processos e soluções inovadoras de desenvolvimento de dApp.

Análise do Radix: compartilhe e seja recompensado, via Scrypto.

Aliás, é possível se argumentar que, embora os usuários “mais casuais” possam não ter facilidade em interagir com o Radix em si, eles com certeza apreciariam os dApps e outros projetos construídos com a ajuda desta rede, em termos de escalabilidade, otimização geral e assim por diante.

É justo supor tudo isso, mas o argumento original ainda permanece! Imagine que deu uma olhada nos textos de análise do Radix e ficou super intrigado com a rede - você configurou uma carteira Radix, conseguiu algumas moedas XRD, começou a fazer staking delas e tudo parece bem simples. No entanto, e se quiser participar de atividades adicionais relacionadas ao projeto?

Análise do Radix: Alexandria stage.

Bem, a menos que tenha experiência em desenvolvimento de aplicativos, é provável que tenha uma curva de aprendizado bastante difícil.

Mais uma vez, este é, sem dúvidas, um “problema” bem específico, quando se trata de textos de análise do Radix. A magnitude real e o significado deste ponto dependerão da sua situação pessoal!

Conclusões

Nesta análise do Radix, falamos sobre um dos projetos de criptomoedas mais interessantes e exclusivos do mercado atual. Claro, existem várias razões pelas quais pode ver a plataforma dessa maneira - o fato de ser um ecossistema DeFi avançado (ainda em desenvolvimento), suas abordagens exclusivas para resolver alguns dos problemas mais significativos da tecnologia blockchain, a Radix coin 1+1, a linguagem de programação de contratos inteligentes Scrypto e assim por diante.

De fato, há muito o que falar quando se trata do projeto Radix DLT! Como também deve ter notado ao longo desta análise, é um pouco difícil pintar o projeto em preto ou branco - existem prós e contras.

Quando se trata de benefícios, o Radix tem muitos. É uma rede já bem estabelecida que utiliza sua própria blockchain, tokens nativos, lógicas de ecossistema e muito mais. O objetivo do projeto, embora bastante ambicioso, também é muito claro e os casos de uso são muitos.

Além de tudo isso, há o Scrypto - uma abordagem superexclusiva para tornar o desenvolvimento da DeFi e de dApps mais inovador, simples de entrar e focado em objetivos específicos. Isso se destaca bastante!

No que diz respeito às desvantagens do projeto, não há muitas coisas específicas que chamem a atenção! Você deve ter em mente que, ao escrever esta análise do Radix, a linguagem de programação Scrypto ainda não foi lançada - porém, os desenvolvedores já podem experimentá-la por meio de privilégios de acesso antecipado.

E mais, também vale a pena mencionar que o Radix pode não ser o projeto de criptomoedas mais acessível que existe, se você for apenas um investidor casual ou um entusiasta novato - se leu esta análise do Radix por completo, já deve ter percebido isso.

Mas, tudo isso dito, eu recomendaria dar uma olhada no Radix? Absolutamente! Se gostar de DeFi, mesmo que apenas um pouco, e estiver procurando alguns projetos interessantes e únicos para conferir, o Radix com certeza deve estar nessa lista!

Os conteúdos publicados neste site não têm como objetivo dar qualquer tipo de aconselhamento financeiro, de investimento, de negociação ou qualquer outra forma. A BitDegree.org não endossa ou sugere que você compre, venda ou mantenha qualquer tipo de criptomoeda. Antes de tomar decisões de investimento financeiro, consulte seu consultor financeiro.

Deixe a sua análise honesta sobre Radix

Deixe sua opinião genuína e ajude milhares de pessoas a escolher a melhor exchange de criptografia. Todos os comentários, positivos ou negativos, são aceitos, desde que sejam honestos. Não publicamos comentários tendenciosos ou spam. Então, se você quiser compartilhar sua experiência, opinião ou dar conselhos - o espaço é seu!


3 Melhores e Mais Populares Códigos de Cupons

Verificado

EARN UP TO 23%

By Staking on Kraken - Black Friday Deal
Classificação
5.0
Verificado

CLAIM $600 BONUS

Exclusive $600 Binance Offer
Classificação
5.0
EXCLUSIVE COINGATE DEAL
Verificado

EXCLUSIVE COINGATE DEAL

Get 1% OFF Your $30 Shopping Cart
Classificação
5.0

Perguntas Frequentes

O que é Radix?

O Radix é um ambiente de rede descentralizado. O ecossistema de blockchain foi criado com o objetivo de melhorar todos os aspectos da DeFi, finanças descentralizadas. As ferramentas para fazer isso incluem uma estrutura complexa da própria rede Radix, uma moeda Radix coins que dá para fazer staking, bem como o Scrypto - uma linguagem de programação de contrato inteligente dedicada. Essencialmente, o Radix visa simplificar e agilizar o processo de desenvolvimento de vários dApps focados em ativos diferentes.

O que é Scrypto?

Se estiver se perguntando o que é Scrypto, a maneira mais simples de resumir é: o Scrypto é uma linguagem de programação construída em Rust dedicada a melhorar os processos de desenvolvimento de aplicativos DeFi-nativos - dApps. O Scrypto permite que os desenvolvedores se concentrem nas partes monetárias de seus projetos e exclui o trabalho de desenvolvimento difícil e muitas vezes complicado relacionado aos estabelecimentos da (rede de) blockchain. É aqui que o ecossistema Radix também entra - o Scrypto é apenas uma parte do projeto maior.

Como escolher a melhor exchange de criptomoedas?

Ao escolher a melhor exchange de criptografia , você deve sempre se concentrar em manter um equilíbrio entre os recursos essenciais que todas as principais exchanges de criptografia devem ter e aquelas que são importantes para você, pessoalmente. Por exemplo, todas as melhores exchanges devem possuir recursos de segurança de alto nível, mas se você deseja negociar apenas as principais criptomoedas, provavelmente não se preocupa muito com a variedade de moedas disponível na exchange. É tudo uma situação caso a caso!

Qual exchange de criptomoedas é a melhor para iniciantes?

Ao ler várias das melhores análises de exchanges de criptografia online, você notará que uma das coisas que a maioria dessas exchanges têm em comum é que elas são muito simples de usar. Enquanto algumas são mais diretas e mais acessíveis para iniciantes do que outros, você não deverá encontrar nenhuma dificuldade com nenhuma das exchanges mais bem cotadas. Dito isso, muitos usuários acreditam que a KuCoin é uma das exchanges mais simples do mercado atual.

Qual é a diferença entre uma exchange de criptomoedas e uma corretora?

Em termos leigos, uma exchange de criptomoedas é um lugar onde você encontra e negocia criptomoedas com outra pessoa. A plataforma de exchange (ou seja, a Binance) atua como um intermediário - conecta você (sua oferta ou solicitação) à outra pessoa (o vendedor ou o comprador). Com uma corretora, no entanto, não há “outra pessoa” - você apenas negocia suas criptomoedas ou moeda fiduciária com a plataforma em questão, sem a interferência de terceiros. Ao considerar as classificações de exchange de criptomoedas, no entanto, esses dois tipos de negócios (bolsas e corretoras) são normalmente incluídos no termo - exchange. Isso é feito por uma questão de simplicidade.

Todas as melhores exchanges de criptomoedas baseadas nos Estados Unidos?

Não, definitivamente NÃO! Embora algumas das principais exchanges de criptomoedas sejam, de fato, baseadas nos Estados Unidos (ou seja, KuCoin ou Kraken), existem outros líderes da indústria muito conhecidos que estão localizados em todo o mundo. Por exemplo, a Binance está sediada em Tóquio, no Japão, enquanto a Bittrex está localizada em Liechtenstein. Embora haja muitos motivos pelos quais uma exchange preferiria ser baseada em um local em vez de outro, a maioria delas se resumem a complexidades de negócios e geralmente não têm efeito sobre o usuário da plataforma.

Dias
Horas
Minutos
Segundos